Opção que deixa o modelo mais competitivo

Saiba como o Dodge Journey V6 2.7 na versão de entrada se saiu frente aos principais concorrentes e na avaliação ergonômica, e conheça seus principais itens de série

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/10/2010 17:29 Eduardo Aquino /Estado de Minas
Fotos: Beto Magalhães/EM/D.A PRESS

AVALIAÇÃO TÉCNICA JOURNEY

ACABAMENTO DA CARROCERIA
A qualidade final da pintura é boa. As quatro portas apresentam pontos de desnivelamento entre si e a carroceria. A tampa traseira e o capô estão descentralizados. As montagens dos para-choques, faróis, lanternas, espelhos retrovisores, pestana dos vidros e grade dianteira são boas. A chave que abre a tampa do gargalo do tanque de combustível fica inserida dentro do corpo da chave especial de ignição.  

VÃO DO MOTOR
Quando aberto, o capô é sustentado por vareta manual e tem bom ângulo de abertura. O resultado do isolamento acústico do vão em relação ao habitáculo é satisfatório. O acesso à manutenção é limitado, pois grande parte do motor e componentes externos ficam encobertos pelo painel de fogo e acabamento plástico superior. Os itens de verificação permanente têm boa identificação e manuseio.  

ALTURA DO SOLO
Em saídas de garagem com desnível, o carro raspa a base inferior do para-choque dianteiro. A altura, em relação ao solo do chassi, não é significativa para um crossover, com 2,89m de entre-eixos. Numa condução usual, sobre pisos irregulares não ocorreram interferências com o solo.  

CLIMATIZAÇÃO
É por comando manual. Apresentou bom funcionamento, com vazão e distribuição do ar pelos difusores do painel (não tem específico para os passageiros de trás) satisfatórias para a grande área interna do automóvel. O tempo gasto para climatizar o habitáculo, com sensação de conforto, foi razoável, depois de deixar o carro trancado ao sol por meia hora. A caixa de ar está bem vedada à admissão de gases/fumaça
vindos de fora.  

FREIOS
Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso na cidade e em rodovias. O ABS tem boa calibração e atuou com eficiência. O pedal de freio tem boa sensibilidade e o freio de estacionamento é por comando a pedal, com função on/off.  

CÂMBIO
É automático, de seis marchas, com possibilidade de trocas manuais. Tem display no quadro de instrumentos informando o modo e a marcha selecionados. Apresentou bom funcionamento e as relações de marchas satisfazem na dirigibilidade no uso misto. As trocas são suaves e tem resposta razoável em kick-down (pressionar o pedal do acelerador até o fundo para a redução de marchas).  

MOTOR
O torque máximo ocorre em rotação mais alta (4.000rpm). A sua performance é boa, mas sem brilho esportivo, devido aos 1.940 quilos de peso em ordem de marcha do automóvel. As retomadas de velocidade e aceleração satisfazem para uma utilização familiar, na qual proporciona bom rendimento. O seu funcionamento é suave, tem boa elasticidade e baixo nível de ruídos.  

VEDAÇÃO
Boa contra água e poeira.  

NÍVEL INTERNO DE RUÍDOS
O efeito aerodinâmico é contido em alta velocidade, mas, ao trafegar sobre pisos irregulares, surgem vários pequenos ruídos no habitáculo.  

SUSPENSÃO

O conforto de marcha é razoável para um crossover, com nível aceitável das transferências das imperfeições do solo para dentro. A estabilidade agrada numa utilização normal, com boa precisão em curvas de raios variados e inclinação moderada da carroceria. Numa condução mais esportiva, exige maior sensibilidade e experiência do motorista. No limite da aderência lateral e estabilidade direcional, atuaram com precisão os controles eletrônicos de tração, estabilidade e anticapotamento, trazendo muita segurança.

DIREÇÃO
A coluna de direção tem ajuste em altura e distância, com um ótimo curso. Apresentou boa precisão na reta e em curvas e as cargas do sistema assistido estão bem definidas para o uso urbano e em rodovias. A velocidade do efeito-retorno é razoável, mas o diâmetro de giro com 11,7 metros é limitado.  

ILUMINAÇÃO
Os faróis, que têm duplo refletor, apresentaram boa eficiência no baixo e no alto e contam com regulagem elétrica de altura em função da carga transportada. Não tem auxílio de faróis de neblina. No habitáculo tem plafonier junto ao retrovisor, com dupla lanterna/spots fixos integrados e uma lanterna na parte central do teto, com resultado satisfatório em iluminação para a grande área interna do veículo. Tem luz de cortesia nos para-sóis, porta-malas e porta-luvas. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente dia/noite e fácil leitura.  

LIMPADOR DO PARA-BRISA
Não tem sensor de chuva. A área de varredura é boa no para-brisa e no vidro traseiro. As palhetas apresentaram boa qualidade e os esguichos são eficientes. O acesso ao reservatório de água, instalado dentro do vão do motor, é fácil.  

ESTEPE/MACACO
O estepe é especial para pequenos deslocamentos em baixas velocidades e está instalado embaixo do vão de carga, por fora. O kit de troca está instalado dentro do porta-malas, em fundo falso. Para abaixá-lo, há um mecanismo com acionamento dentro do vão de carga. A operação de troca é cansativa, suja e demorada. O pneu/roda de uso danificado terá que ir dentro do porta-malas, trazendo transtorno se o mesmo estiver cheio. Esta solução não é prática e funcional no Brasil, devido à baixa qualidade de manutenção em algumas ruas e rodovias.  

ALARME
A chave de ignição é especial e codificada. Tem proteção perimétrica das partes móveis, mas não há a volumétrica, dentro do habitáculo, contra a invasão através da quebra dos vidros.  

VOLUME DO PORTA-MALAS
O encontrado foi 460 litros, utilizando-se somente o plano superior do vão de carga sem ultrapassar a altura do encosto do banco traseiro e vidros laterais vigias.

(*) Avaliação do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.


Além de apoios de cabeça e cintos de três pontos para todos, banco traseiro tem encosto regulável - Além de apoios de cabeça e cintos de três pontos para todos, banco traseiro tem encosto regulável


NOTAS (0 A 10)

Desempenho - 7
Espaço interno - 9
Porta-malas - 9
Suspensão/direção - 8
Conforto/ergonomia - 8
Itens de série/opcionais - 9
Segurança - 9
Estilo - 8
Consumo - 7
Tecnologia    7
Acabamento    7
Custo/benefício    8

QUANTO CUSTA

O Dodge Journey SE tem preço sugerido de R$ 82,9 mil. O crossover também é vendido nas versões SXT
(R$ 99,9 mil) e R/T
(R$ 107,9 mil), todas com motor V6 2.7.

EQUIPAMENTOS

DE SÉRIE

Conveniência/conforto – Porta-luvas duplo refrigerado; bancos revestidos em tecido Yes Essentials; CD Player com disqueteira para seis discos, MP3; três pontos de força (de 12V); porta-óculos; descansa-braço central; direção hidráulica; e ar-condicionado

Aparência – Calotas full cover; para-choques na cor da carroceria; e defletor de ar na tampa traseira.

Segurança – Freios ABS, com assistência de frenagem de emergência (BAS); controle eletrônico de tração e estabilidade; controle anticapotamento; apoios de cabeça ativo nos bancos dianteiros; airbags frontais, laterais e do tipo cortina; sistema de ancoragem de assentos infantis; e terceira luz de freio.

OPCIONAIS
Não tem.

 

FICHA TÉCNICA

  • MOTOR
  • Dianteiro, transversal, seis cilindros em V, 2.736cm³ de cilindrada, 24 válvulas, que desenvolve potência máxima de 185cv a 5.500rpm e torque máximo de 25,2kgfm a 4.000rpm
  • TRANSMISSÃO
  • Tração dianteira, com câmbio automático de seis velocidades, com possibilidade de trocas manuais
  • DIREÇÃO
  • Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
  • FREIOS
  • A disco nas quatro rodas, sendo ventilado na dianteira, com ABS e assistência de frenagem de emergência (BAS)
  • SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
  • Dianteira, do tipo McPherson, independente, com barra estabilizadora; e traseira, do tipo multilink, com barra estabilizadora / 6,5 x 16 polegadas, em aço / 255/65 R16
  • CAPACIDADES
  • Tanque, 77,6 litros; e carga útil (passageiros e carga), 440 quilos
  • PESO
  • 1.940 quilos

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação