AUDI S3

Feito para acelerar

Versão esportiva do A3 Sportback foi feita sob medida para quem curte adrenalina e velocidade, com muita segurança. O preço pago é o desconforto gerado pela suspensão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/01/2011 14:08 / atualizado em 19/01/2011 14:32 Eduardo Aquino /Estado de Minas

Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A PRESS
Ver uma letra S estampada em carros da Audi é como enxergar um AMG em uma Mercedes-Benz ou um M em uma BMW. É sinal de veneno de fábrica, e dos bons. Assim, o S3 é a opção apimentada (mas pode pôr muita pimenta nisso!) do A3 Sportback, que veio para ocupar o espaço deixado pelo antigo A3 (lembram!), aquele que chegou a ser produzido no Brasil, na unidade de São José dos Pinhais (PR), e que tinha uma opção com motor (1.8 turbo, de 150cv) que agradava bastante a quem gosta de pressionar mais o pedal da direita. Importada da Alemanha, essa versão esportiva vai muito além, tanto em termos de adrenalina como em sofisticação tecnológica, equipada com motor 2.0 TFSI (turbo e injeção direta), sistema de tração integral e um amplo pacote de equipamentos de segurança.

 

Veja a galeria completa de fotos do novo Audi S3!


ELEGÂNCIA ESPORTIVA
As diferenças entre a versão normal do A3 Sportback e a S3 não são muito sutis, mas o suficientes para deixá-la com um ar elegante e esportivo. Por fora, o que mais se destaca são a grade dianteira, com moldura e barras verticais cromadas; os olhos (faróis de xenônio) e as sobrancelhas (com sete luzes de LEDs); o teto de vidro escuro, que faz um bonito contraste com a cor branca da carroceria na versão avaliada (existem também as opções vermelho, prata, amarelo e dois tons de azul e preto), mas há uma cortina que não barra de forma eficaz a entrada de sol no ambiente, deixando os ocupantes com a cabeça um pouco quente nos dias de sol a pino.

PERFIL BAIXO Ao ser visto de lado, o S3 deixa à mostra alguns dos componentes da receita que o transforma praticamente em um carro de corrida, como a suspensão rebaixada e endurecida, os pneus de perfil bem baixo (225/40 ZR 18) e os enormes discos e pinças de freio. Somado ao eficiente sistema Quattro de tração integral, o resultado desse pacote é uma incrível e fantástica estabilidade, mesmo nas curvas mais fechadas e de piso irregular, e uma impressionante eficiência na frenagem. O carro está sempre na mão, seja para acelerar ou para parar. Outros itens também ajudam, mas na parte aerodinâmica, como as saias laterais e o extrator de ar traseiro. O lado ruim dessa fórmula é que os pneus de perfil baixo ficam muito expostos à buraqueira das ruas, avenidas e estradas brasileiras e a suspensão detona com o conforto de todos os ocupantes. É importante lembrar que o estepe é de emergência e que, ao ser usado, limita bastante a velocidade e a estabilidade.

POR DENTRO Internamente, o S3 é facilmente identificado pela sigla, estampada na soleiras das portas, na base do volante, no conta-giros e no pomo da alavanca de marchas; pelos bancos esportivos revestidos em couro, com camurça no centro, que prendem bem os ocupantes (isso é fundamental para segurar o corpo nas curvas mais fechadas); pelo volante esportivo, de três raios e base achatada; e pelo sistema de som Bose de altíssima qualidade, que é uma atração à parte. Painel tem instrumentos de fácil visualização (números brancos com fundo preto) e uma tela central com informações do computador de bordo, do sistema de som e da posição da alavanca de marchas. O espaço interno proporciona conforto para quatro adultos, pois quem senta no meio é incomodado pelo descanso de braço embutido e pelo túnel central. Porta-malas tem capacidade (302 litros) compatível com a de um hatch médio e a vantagem do banco traseiro rebatível e vazado, possibilitando ampliar o espaço e transportar objetos compridos.

Interior requintado inclui volante esportivo de base achatada - Interior requintado inclui volante esportivo de base achatada


PISANDO FUNDO Uma das principais atrações do S3 está sob o capô: o moderno e eficiente motor 2.0 TFSI, com turbo e injeção direta de combustível, que libera uma tropa de 256cv, com uma força de 33,6kgfm, mostrando um vigor impressionante nas acelerações (chega aos 100km/h em menos de seis segundos) e retomadas (ultrapassa com uma facilidade impressionante). Como o peso do carro não chega a uma tonelada e meia, a relação peso/potência é fantástica: 5,2kg/cv. O desempenho também é favorecido pelo câmbio automático (S-Tronic) de seis velocidades, com possibilidade de trocas manuais (no volante ou na alavanca), que proporciona mudanças muito rápidas e suaves. Tudo com muita segurança.

VEREDICTO Se você quer um carro de rua com desempenho e confortos próximos de um bólido de corrida, então seu veículo é o Audi S3. Não tem como assumir o volante do esportivo e não acelerar. Ele foi feito para isso, ele pede por isso. Agora, é preciso lembrar que o desconforto é gritante, pois a suspensão não absorve as irregularidades do piso e transfere tudo para dentro; e que os pneus não foram feitos para as péssimas condições das estradas brasileiras.

 

Pisando fundo

 

AVALIAÇÃO TÉCNICA
ACABAMENTO DA CARROCERIA

A qualidade da pintura é boa. As quatro portas têm pontos com desnivelamento entre si e a carroceria. A tampa traseira está descentralizada e o capô, desnivelado. Regular

VÃO DO MOTOR

O motor e seus componentes externos preenchem todo o vão, limitando o acesso à manutenção de vários itens. O resultado do isolamento acústico, em relação ao habitáculo, é bom. O capô tem bom ângulo de abertura e é sustentado, quando aberto, por mola a gás. Regular

ALTURA DO SOLO

Toda a parte inferior do conjunto motopropulsor tem proteção por chapa integral de aço. Ocorreram pequenas interferências com o solo na zona anterior e central do chassi, ao transpor quebra-molas salientes e em saídas de garagem com desnível, o que é aceitável devido à configuração esportiva das suspensões rebaixadas. Regular

CLIMATIZAÇÃO

O sistema é automático digital, com regulagem individual de temperatura para motorista e passageiro. Os difusores de ar do painel têm formato circular, com ótima vazão e boa angulação das aletas. Mesmo na velocidade máxima, o nível de ruídos de funcionamento é satisfatório. Conjunto apresentou-se bem vedado e o tempo gasto para climatizar todo o habitáculo, depois de meia hora trancado ao sol, foi bom. Não tem difusor de ar específico para os passageiros de trás. O teto solar duplo (somente o dianteiro abre) tem cortinas perfuradas que não minimizam a incidência solar nos olhos quando o sol está alto e transferem calor para as cabeças dos ocupantes. Regular

FREIOS

Estão muito bem dimensionados e calibrados, proporcionando ótimo comportamento dinâmico na cidade e na estrada. As suas reações são uniformes, com excelente desaceleração e sem alteração da trajetória. No uso mais severo e esportivo, em longa decida sinuosa, não apresentou superaquecimento com perda de eficiência frenante. O freio de estacionamento atuou normalmente. Sistema ABS é preciso. O conjunto homologado favorece e é seguro numa condução bem esportiva. O pedal de freio tem boa sensibilidade, com ótima resposta. Bom



CÂMBIO

É automático com seis marchas e duas opções de troca manual sequencial, pela própria alavanca principal ou por meio de aletas localizadas atrás dos raios superiores do volante. A transmissão tem tração integral permanente (Quattro), com distribuição variável da força motriz entre os dois eixos, conforme exigido pelas situações de condução. Apresentou ótimo funcionamento, com trocas muito rápidas (dupla embreagem) e perda mínima de rotação do motor. Quadro de instrumentos tem display informando o modo e a opção da marcha selecionada. As respostas em kick-down (pressionar o pedal do acelerador até o fundo para reduzir) são eficientes a partir das 3.000rpm. Câmbio tem opção de programação eletrônica esportiva, por meio de tecla S, com resposta dinâmica refinada. Bom

MOTOR

A performance é brilhante, com notável aceleração e excelentes retomadas de velocidade. Tem sofisticado sistema de injeção direta de combustível e turbo e intercooler muito bem calibrados e dimensionados. A dirigibilidade é extremamente prazerosa e sem trancos, com ótima progressividade a partir das 2.500rpm. É muito rápido e seguro na estrada. O nível de ruídos de funcionamento é baixo. A dinâmica proporcionada no uso misto proporciona excelente dirigibilidade, com acerto e calibração irretocáveis. O carro é suave e ágil no uso normal, e especialmente louvável numa condução esportiva. Bom

VEDAÇÃO

Boa contra água. Bom

NÍVEL INTERNO DE RUÍDOS

O efeito aerodinâmico é contido mesmo em alta velocidade. Mas, ao trafegar sobre paralelepípedo e asfalto mal conservado, surgem vários pequenos ruídos no habitáculo. Regular

SUSPENSÃO

Merece destaque a estabilidade, devido à altíssima precisão e rapidez em curvas de raios variados, estando o veículo em velocidade elevada, com inclinação neutra da carroceria. O sistema Quattro atuou com eficiência, proporcionando grande prazer numa dirigibilidade muito esportiva. Destaque também para o handling sobre piso de asfalto liso, lavado e molhado, no qual os pneus atuaram também com precisão. É quase impossível colocar o veículo em crise. No limite da aderência lateral e direcional, contam com os controles eletrônicos de tração e estabilidade (não observados nos dias de prova, devido ao excelente comportamento dinâmico). O conforto de marcha para um automóvel realmente esportivo, com pneus de alta performance da série 40, é aceitável, apesar das evidentes transferências das imperfeições do solo para dentro, quando se roda sobre pisos comuns de baixa qualidade. A absorção a impactos usuais no uso em geral é apenas aceitável devido ao ruído provocado pelas suspensões. As suspensões, principalmente a dianteira, apresentaram pequenos ruídos, conforme o tipo de imperfeição do solo. Regular

DIREÇÃO

É do tipo direta e rápida, com reações balanceadas e ótima sensibilidade. Em aceleração máxima, tem ótima precisão com manutenção da trajetória imposta. A precisão na reta e em curvas é excelente. O nível de ruídos do conjunto em curvas sobre calçamento e estrada de terra batida é baixo. A velocidade do efeito retorno é boa, assim como o diâmetro de giro em manobras. A coluna de direção tem regulagem manual em altura e distância e o volante, boa pega. Os pneus homologados da série 40 aro 18 são muito eficientes, mas excessivamente vulneráveis a buracos (muito comuns no Brasil). Bom

ILUMINAÇÃO

Tem sensor crepuscular. O grupo óptico dianteiro é muito eficiente, tem regulagem automática de altura e conta com auxiliares de neblina. Com sete LEDs de cada lado, sistema tem iluminação automática permanente durante o dia/noite. No habitáculo, há um plafonier na parte dianteira do teto e uma lanterna sobre os passageiros de trás, com resultado satisfatório em iluminação. Existem luzes de cortesia no porta-malas, porta-luvas e para-sois. Bom

ESTEPE/MACACO

O estepe está instalado dentro do porta-malas, no assoalho. Roda e pneu são diferentes dos de uso, sendo apenas para pequenos percursos e em baixa velocidade. Esta solução europeia não é prática nem funcional no Brasil. Com porca autoadaptadora antifurto, a operação de troca é normal, mas é necessário retirar as tampas plásticas de acabamento da cabeça dos parafusos. Ao ser colocado no local específico dentro do porta-malas, o conjunto roda/pneu (de uso) danificado altera bastante o nivelamento do assoalho. Ruim

LIMPADOR DO PARA-BRISA

O sistema tem sensor de chuva. Ao esguichar seis jatos de água no para-brisa, palhetas de boa qualidade varrem automaticamente uma área satisfatória. No vidro traseiro, o sistema de limpeza é também eficiente com esguicho acoplado no braço do limpador. O reservatório de água, instalado dentro do vão do motor, tem fácil acesso. Bom

FERRAMENTAS

Tem chave de fenda combinada com Phillips. Bom

ALARME

A chave de ignição é codificada, com imobilizador do motor. Ao dar comando para travar as portas, por meio de controle remoto inserido na chave de ignição, os vidros sobem automaticamente se a tecla for pressionada continuamente. O sistema antiesmagamento atuou bem. Existe proteção perimétrica das partes móveis e volumétrica, dentro do habitáculo. Bom

VOLUME DO PORTA-MALAS
O declarado pela fábrica é de 280 litros e o encontrado foi 289 litros, com o banco traseiro na posição normal e a tampa do bagagito fechada e apoiada nos suportes laterais.


(*) Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

 

Roda aro 18 e pneu perfil baixo deixam a suspensão desconfortável - Roda aro 18 e pneu perfil baixo deixam a suspensão desconfortável
 

 

FICHA TÉCNICA

MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.984cm³ de cilindrada, turbo e injeção direta de combustível, que desenvolve 256cv de potência máxima a 6.000rpm e torque máximo de 33,6kgfm entre 2.500rpm e 5.000rpm

TRANSMISSÃO

Sistema de tração integral, com câmbio S-Tronic de seis velocidades, com possibilidade de troca manual

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente, do tipo McPherson, com duplo braço e barra estabilizadora; e traseira, independente, do tipo multibraço, com barra estabilizadora / 7,5 x 18 polegadas (em liga leve) / 225/40 R18

DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica

FREIOS
A disco nas quatro rodas, sendo ventilados na dianteira, com sistema ABS e EBD

CAPACIDADES
Tanque, 60 litros; e capacidade de carga (passageiros e bagagem), 560 quilos

EQUIPAMENTOS
DE SÉRIE
Conforto/conveniência
- Apoio de braço dianteiro, apoio lombar com ajuste elétrico para os bancos dianteiros, ar-condicionado automático de duas zonas, bancos dianteiros esportivos com ajustes elétricos, computador de bordo, controle automático de velocidade, espelho retrovisor interno com função antiofuscante, sensores crepuscular e de chuva e indicador de temperatura externa, espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis, rebatíveis e aquecíveis, teto solar panorâmico e volante multifuncional, com alavancas para trocas de marchas.

Segurança - Airbags frontais, laterais e de cortina, alarme antifurto, assistente de partida, cintos de segurança com sensor de afivelamento no banco do motorista, controle eletrônico de estabilidade e faróis com ajuste automático de altura.

Aparência - Alavanca de câmbio em couro, acabamento interno em alumínio escovado fosco, bancos com combinação couro/couro Alcântara, acabamento das soleiras das portas em estilo exclusivo, capa do retrovisor externo em alumínio, frisos decorativos, rodas de liga leve, spoiler traseiro S Line e emblemas S3.

OPCIONAIS
Pintura metálica/perolizada.

EQUIPAMENTOS
O Audi S3 Sportback 2.0 TFSI é vendido como um pacote fechado, pelo preço básico sugerido de R$ 208.700. Com o opcional da pintura metálica, sobe para R$ 210.601.

NOTAS (0 A 10)
Desempenho 10
Espaço interno 8
Porta-malas 7
Suspensão/direção 9
Conforto/ergonomia 9
Itens de série/opcionais 9

Desenho atraente da traseira proporciona harmonia ao conjunto - Desenho atraente da traseira proporciona harmonia ao conjunto

Segurança 10
Estilo 10
Consumo 8
Tecnologia 9
Acabamento 9
Custo/benefício 9

 

Tags: teste

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação