Discreto que agrada

Passat 2.0 TSI tem padrão de automóvel de luxo, mas suspensão é barulhenta

Sedã de estilo sóbrio tem padrão de automóvel de luxo, com muitos equipamentos de conforto e segurança

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/08/2011 10:24 / atualizado em 20/08/2011 11:53 Enio Greco /Estado de Minas
Estilo sizudo germânico esconde a vocação de alta performance do sedã equipado com câmbio DSG de seis marchas - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Estilo sizudo germânico esconde a vocação de alta performance do sedã equipado com câmbio DSG de seis marchas

Se você quer um automóvel completo, com bom desempenho e que não chame tanta atenção na rua, o novo Volkswagen Passat TSI é uma boa opção. O sedã tem estilo comportado, mas traz de série um amplo pacote de itens de conforto, conveniência e segurança, além de mimos como sistema de assistência para estacionar, que é opcional. Não fica devendo nada para modelos de pedigree. O motor 2.0 turbo aliado ao câmbio automatizado de seis marchas, com dupla embreagem, proporciona desempenho com uma pitada de esportividade. Trata-se de um sedã equilibrado, bom de curva, que peca somente pelos ruídos da suspensão.

O Volkswagen Passat 2.0 TSI tem preço sugerido de R$ 106.700. Com todos os opcionais chega a R$
138.262. - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press O Volkswagen Passat 2.0 TSI tem preço sugerido de R$ 106.700. Com todos os opcionais chega a R$ 138.262.

O novo Passat vem da Alemanha para o Brasil trazendo um pacote de inovações tecnológicas que até então eram oferecidas somente em modelos de alto luxo. O sedã não impressiona pelo visual e, com isso, acaba ganhando pontos com quem procura qualidade aliada a um estilo discreto. A frente tem desenho sóbrio, com grade de quatro filetes cromados que fazem a ligação entre os faróis bixênon, com luzes de LED diurnas. A parte inferior do para-choque tem entrada de ar sem tela protetora, deixando o sistema de refrigeração exposto. Nas extremidades estão os faróis de neblina e as luzes direcionais.

ROBUSTEZ
Vincos acentuados saem das extremidades da grade e passam pelas laterais do capô, conferindo ao modelo aspecto robusto. Nas laterais, vincos e frisos cromados compõem o visual. A traseira tem linhas ainda mais retas, com lanternas horizontais e detalhes cromados. O símbolo da marca serve de abertura para a tampa do porta-malas e ainda acomoda a câmera do sistema de estacionamento.

ESPAÇOSO
Como todo bom sedã, o novo Passat não decepciona no quesito espaço interno. Tem um porta-malas com bom tamanho e profundidade. O estepe dentro não chega a comprometer a área de bagagem. Dentro do carro o espaço também é generoso e só peca um pouco no meio do banco traseiro, onde o túnel do assoalho traz incômodo para quem senta ali. For a isso, tem cintos de segurança de três pontos retráteis e apoios de cabeça reguláveis para todos os ocupantes.
Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press

CONFORTO
Os bancos dianteiros são confortáveis e contam com ajustes elétricos, inclusive lombar. E para quem gosta de requinte, podem ter como opcional sistema de aquecimento ou resfriamento. O volante tem boa pega e conta com ajuste de altura e distância, além de trazer comandos do som e computador de bordo. O acabamento interno é em couro de boa qualidade, com material emborrachado no painel e detalhes em alumínio e aço escovado. O painel não tem desenho moderno, mas é funcional, com instrumentos de fundo preto e visor central sensível ao toque. Os comandos estão bem posicionados, facilitando as coisas para o motorista e o passageiro da frente.
Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press

DESEMPENHO
Além de toda a sofisticação no acabamento, o novo Passat conta com um eficiente conjunto mecânico. O motor 2.0 TSI tem muito torque e potência, esbanjando esperteza a partir de 2.000rpm. As retomadas e arrancadas são rápidas e o ruído de funcionamento do motor é baixo. O câmbio é automatizado de seis velocidades DSG (dupla embreagem) e possibilidade de trocas nas aletas atrás do volante. As mudanças de marchas são suaves e o câmbio ainda oferece a opção S, em um modo mais esportivo de condução. No console há também a tecla do Auto hold, que não permite que o carro ande para traz nas arrancadas em subidas. Quanto ao consumo, o Passat registrou no computador de bordo 6km/l na cidade e 11km/l na estrada.

TECNOLOGIA
Um detalhe que chama a atenção no novo Passat é o pacote de itens tecnológicos, que inclui freios ABS com controles de estabilidade e tração, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, controlador de velocidade e distância (ACC) e front assist, que detecta a possibilidade de colisão frontal, com função de frenagem de emergência urbana. Traz ainda bloqueio eletrônico do diferencial, que melhora a tração nas curvas, e o interessante Park assist, que estaciona o carro para o motorista.

BARULHO
Com toda essa parafernália, o Passat trafega firme e seguro mesmo em velocidades mais elevadas. As suspensões garantem equilíbrio entre conforto e estabilidade, mas são barulhentas quando se trafega sobre pisos irregulares. A direção tem bom diâmetro de giro e calibragem na medida, tornando o ato de dirigir ainda mais prazeroso. O sistema de freios com toda a sopa de letrinhas atuou de forma eficiente. Ou seja, um carro completo, com tudo de que o motorista precisa e mais umas frescurinhas.

Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press

Tags: passat

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe