Mordomias para todos os gostos

Volkswagen Tiguan 2.0 TSI tem sistema de tração integral 4Motion, detector de fadiga e Park Assist, que ajuda a estacionar. Desempenho é muito bom no asfalto e na terra

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/11/2011 09:00 / atualizado em 05/11/2011 09:40 Enio Greco /Estado de Minas
Traseira tem formas arredondadas, com lanternas verticalizadas - Marlos Ney Vidal/EM/DA Press Traseira tem formas arredondadas, com lanternas verticalizadas

Quem gosta do estilão dos utilitários-esportivos, mas fica incomodado com as dimensões exageradas que geralmente caracterizam esses modelos, deve prestar atenção na proposta do Volkswagen Tiguan. Construído sobre a plataforma do Golf, o carro chega ao mercado nacional com modificações estéticas, assumindo o DNA da marca. Com medidas mais compactas, o Tiguan preserva a robustez, mas garante versatilidade no trânsito conturbado. Seu conjunto mecânico (motor e câmbio) não é o que o fabricante tem de mais moderno lá fora, mas certamente não compromete o desempenho.

Retoque


Já virou lugar-comum: as montadoras querem dar a mesma cara a seus modelos, criando uma identidade para a marca. A VW segue a mesma cartilha e para isso mexeu no visual do Tiguan, dando ao modelo o padrão da família. Com linhas um pouco mais retas, o utilitário-esportivo foi modernizado, com vincos que descem do capô e vão ao encontro dos faróis de desenho horizontal. Opcionalmente, os faróis podem ser de xênon com luzes de LEDs. Tem ainda farol direcional e grade de barras paralelas cromadas, com estreita abertura na parte inferior do para-choque, onde estão abrigados os faróis de neblina. Nas laterais, vincos e frisos cromados, no teto, barras de alumínio, e na traseira, formas mais arredondadas, com lanternas invadindo a tampa do porta-malas.

Espaço


E, se a questão é espaço para passageiros e bagagens, o Tiguan não decepciona por ser um pouco menor. O porta-malas, apesar de levar o estepe dentro, tem bom volume e pode ter a área ampliada, já que o banco traseiro pode ter o encosto rebatido e ainda se movimenta longitudinalmente. Na frente, os bancos confortáveis e envolventes garantem conforto, sendo que o do motorista conta com todos os ajustes elétricos, proporcionando o melhor posicionamento. O banco traseiro tem bom espaço, apoia bem as pernas, mas no meio o túnel no assoalho atrapalha. Cintos de segurança de três pontos e apoios de cabeça para os três ocupantes são de série.

Por dentro

O acabamento interno é feito em couro marrom de boa qualidade, com material emborrachado macio e detalhes em alumínio. O painel avançado deixa todos os comandos à mão do motorista, que pode acessar algumas funções (som, computador de bordo) por meio de teclas no volante, onde encontra ainda aletas para troca de marchas. Os instrumentos de fundo preto têm fácil visualização e no centro do painel uma tela sensível ao toque transmite informações do áudio, navegação e de toda a tecnologia disponível no modelo. E nesse quesito o Tiguan dá um show. O modelo conta com detector de fadiga, que avalia o comportamento do motorista ao volante. Percebendo algum desvio, emite um alerta, sugerindo uma parada. Mas tem também o Park Assist, que estaciona o veículo automaticamente em vagas transversais.

Segurança

Se a preocupação é garantir a integridade da família, o Tiguan conta com seis airbags, sistema Isofix para acomodação de cadeirinhas infantis no banco traseiro e controles eletrônicos de tração e estabilidade. O modelo tem ainda o providencial Auto-hold, que não deixa o carro voltar nas arrancadas em subidas. O freio de estacionamento é eletrônico, com acionamento em tecla no console. O volante, que tem boa pega, pode ser ajustado em altura e distância. A visibilidade traseira é ruim, mas os retrovisores de bom tamanho e o sensor de estacionamento resolvem o problema.

Desempenho

Na Europa, o novo Tiguan conta com um conjunto mecânico mais moderno, com motor de 210cv e câmbio de sete marchas automatizado de dupla embreagem. Para o Brasil, porém, a VW trouxe o modelo com o motor anterior de 200cv e câmbio automático de seis marchas, alegando questão de custo. O conjunto não compromete o desempenho, que poderia ser um pouco melhor. O motor tem funcionamento áspero, mas garante bom torque e potência, com ágeis arrancadas e retomadas de velocidade. A performance é prazerosa e o câmbio Tiptronic garante trocas suaves, sem trancos, com kick-down esperto. O computador de bordo apontou um consumo médio de 5,7km/l na cidade e 10,2km/l na estrada.

Na medida


A direção foi bem calibrada, com diâmetro de giro pequeno, que garante facilidade em manobras. As suspensões proporcionam equilíbrio entre conforto e estabilidade, privilegiando a performance em curvas. Os freios contam com ABS e demais sistemas eletrônicos, garantindo total segurança em situações de emergência. Tudo isso faz do Tiguan uma interessante opção no segmento, comprovando que utilitário-esportivo pode ser robusto sem ser exagerado.

O painel tem oito difusores de ar que giram 360 graus  - Marlos Ney Vidal/EM/DA Press O painel tem oito difusores de ar que giram 360 graus

Avaliação técnica

- Acabamento da carroceria:
A qualidade da pintura é boa. A porta traseira esquerda está desnivelada, mas as outras têm montagem aceitável. O capô tem montagem satisfatória, mas a tampa traseira está descentralizada. REGULAR

- Vão do motor:
O capô é sustentado aberto por vareta manual. O acesso à manutenção em geral é razoável. O resultado da insonorização do vão é aceitável em relação ao habitáculo para esta motorização em alta rotação. Os itens de verificação permanente têm fácil identificação e acesso, sendo mais limitado ao reservatório de fluido de freio. POSITIVO

- Altura do solo:
Não houve interferências com o solo no percurso misto de provas. No uso off-road leve passa bem sobre trilhas usuais, onde os ângulos de ataque e saída são aceitáveis. Toda a parte inferior do motopropulsor e do agregado da suspensão dianteira têm proteção por chapa integral de aço. POSITIVO

- Climatização:
É automático digital. O painel tem oito difusores de ar que giram 360 graus e proporcionam ótimo fluxo e direcionamento do ar, além de ter auxílio de difusor específico para os passageiros de trás, instalado no final do console central. Apresentou excelente funcionamento e está bem vedado, mas a cortina integral perfurada do teto deixa passar muita incidência da luz solar, causando excesso de claridade nos olhos e sensação de calor
na cabeça. REGULAR

- Freios:
O freio de estacionamento tem acionamento elétrico por meio de tecla no console central. Estão muito bem dimensionados e calibrados, com ABS eficiente. O pedal de freio tem boa sensibilidade e as reações dos sistemas são equilibradas nos dois eixos. Apresentaram ótima desaceleração pelo espaço percorrido até a imobilização, e em frenagem simulada de emergência sobre piso misto manteve a trajetória. POSITIVO

- Câmbio:
A tração é integral 4Motion e a caixa automática tem seis marchas, com opção de troca manual sequencial Tiptronic, por meio de toques na alavanca principal e aletas incorporadas ao volante. As relações de marchas têm ótimo escalonamento e, ajudada pelo turbo compressor e curva de torque do motor, a transmissão proporciona excelente dinâmica ao automóvel. As trocas são suaves e a resposta em kick-down imediata. Tem opção de uso esporte e no quadro de instrumentos conta com display informando o modo e a marcha selecionada. POSITIVO

- Motor:
É brilhante a performance. A aceleração merece destaque pela cilindrada do motor e peso. O turbo atua sem trancos e é bem progressivo e com respostas imediatas. As retomadas de velocidade são excelentes, independentemente da topografia e carga no veículo. POSITIVO

- Vedação:
Boa contra água e poeira. POSITIVO

- Nível interno de ruído:
Ao trafegar sobre pisos irregulares, surgem vários pequenos ruídos em todo o habitáculo. O efeito aerodinâmico é contido, mesmo em velocidade elevada. REGULAR

- Suspensão:
A estabilidade é boa e contorna curvas sobre piso de terra batida e asfalto liso, feitas em velocidade, com precisão e pouca inclinação da carroceria. No uso esportivo, no limite da aderência lateral, apresentou ótimo handling, onde além do auxílio da tração permanente integral atua o sistema eletrônico de estabilidade e tração. O conforto de marcha é razoável, sendo o nível das transferências das imperfeições do solo para dentro aceitáveis. POSITIVO

- Direção:
A coluna de direção tem ajuste manual em altura e distância, com ótimo curso, e o volante tem boa pega e tamanho. A assistência é elétrica e proporciona conforto e leveza no uso urbano e firmeza com segurança em rodovias. Apresentou ótima precisão na reta e em curvas, com reações homogêneas. O efeito retorno tem boa velocidade e o diâmetro de giro é razoável. POSITIVO

- Iluminação:
Tem sensor crepuscular e luz de cortesia na base inferior dos retrovisores externos, área dos pés do condutor e passageiro, porta-luvas, porta-malas e para-sóis. No teto, tem plafonier com duas lanternas/spot fixos junto ao retrovisor e duas lanternas nas laterais traseiras para os passageiros de trás. O grupo óptico dianteiro é bixênon, com regulagem automática de altura e esguichos para lavar as lentes. Conforme o grau do esterçamento da direção, tem auxílio de faróis focando o canto da curva/situação. Apresentaram ótima eficiência em iluminação no baixo e no alto, além de ter faróis de neblina embutidos no para-choque. POSITIVO

- Limpador do para-brisa:
O sistema tem sensor de chuva. Os esguichos são do tipo spray em V, com boa abertura e vazão. As palhetas têm ótima qualidade e varrem uma área excelente. No vidro traseiro, o sistema é também eficiente. É fácil o acesso ao reservatório de água instalado dentro do vão do motor. POSITIVO

- Estepe/macaco:
O estepe está instalado dentro do porta-malas, no fundo do assoalho. É do tipo especial para pequenos deslocamentos e com velocidade limitada a 80km/h. A roda/pneu de uso danificada não cabe em altura no local específico, o que vai desnivelar o plano inferior do porta-malas. Esta solução não é prática no Brasil, devido à baixa qualidade de rodovias e ruas. A operação de troca é normal, mas é necessário retirar as tampas plásticas de acabamento que encobrem a cabeça das porcas. Tem porca autoadaptadora antifurto. REGULAR

- Ferramentas:
Tem chave de fenda combinada com Philips. POSITIVO

- Alarme:
O sistema é completo. A chave de ignição é do tipo canivete, com transponder. Tem proteção perimétrica das partes móveis contra abertura forçada das portas, capô e tampa traseira, e proteção volumétrica contra invasão do habitáculo pela quebra dos vidros. Ao dar comando para travar as portas, os vidros só sobem se continuar pressionando a tecla, porém tem função um toque nas quatro, onde o sistema antiesmagamento atuou com precisão. POSITIVO

- Volume do porta-malas:
O declarado pela fábrica é de 360 litros, sendo 320 litros o volume encontrado com o banco traseiro na posição normal e a tampa do bagagito fechada. -


Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan
: 'Parece um sedã'

"É muito agradável de dirigir e, pelas suas dimensões, prático no uso diário na cidade e estacionamentos. Vai muito bem em estradas de terra batida, mesmo com algumas imperfeições. A tração permanente e os controles de tração e estabilidade mantêm o automóvel na trajetória imposta e são fundamentais quando se roda sobre piso de baixo atrito, mas os pneus são limitados nesta condição. Sobre asfalto liso nada fica a dever a um Jetta ou Passat, com a mesma motorização, pelo conforto e comportamento dinâmico proporcionados. Tem três anos de garantia, um excelente pacote de segurança passiva e ativa, além de vir da Alemanha e não do Mercosul."

Tags:

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação