Nos mínimos detalhes

Volvo V60 T5 R-Design Dynamic - Perua sim, mas com estilo

Modelo sueco esbanja esportividade no visual e no desempenho, além de apresentar uma extensa lista de equipamentos de segurança. Mas suspensão transfere irregularidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/11/2012 10:00 / atualizado em 15/11/2012 10:01 Enio Greco /Estado de Minas
Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


Elas andam um tanto quanto apagadas no cenário automotivo, mas algumas marcas ainda insistem em preservar a espécie. As peruas, ou stationwagon, perderam espaço para os utilitários-esportivos e crossovers, porém há quem aprecie as qualidades desse tipo de automóvel. Pensando nisso, a Volvo está trazendo para o Brasil o modelo V60 T5 R-Design, equipado com motor 2.0 turbo, que impressiona pelo desempenho esportivo, acabamento de qualidade e completa lista de equipamentos. Porém, a perua raspa a frente em rampas e transfere as irregularidades em pisos irregulares.

Clique aqui e veja mais fotos do V60!


VISUAL O Sportswagon V60 R-Design já está disponível nas concessionárias da marca em três versões: T5 Comfort, T5 Dynamic e T6 AWD. Testamos a versão intermediária, T5 Dynamic, que já mostra pelo visual que está longe de ser uma perua comportada. A frente longa e baixa, marcada pelos faróis com desenho espichado, e os vincos no capô conferem aspecto aerodinâmico. A área envidraçada mais restrita, o teto arqueado e a linha de cintura elevada enfatizam a robustez da perua. Na traseira, o teto tem uma forte descaída e as lanternas verticais emolduram o vidro e invadem as laterais, formando um conjunto harmonioso. A esportividade fica reforçada pelos spoilers, saída dupla do escapamento e belas rodas de alumínio de 18 polegadas.

Interior tem acabamento sofisticado, com materiais de qualidade - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Interior tem acabamento sofisticado, com materiais de qualidade


ESPAÇO Mas o desenho da perua traz algumas complicações no dia a dia. A pouca área envidraçada prejudica a visibilidade traseira, problema que é amenizado pelo sensor de estacionamento. E a frente muito baixa faz com que o carro raspe em entradas e saídas de rampas e em lombadas. O espaço interno é bom para um automóvel de proposta familiar, com bancos confortáveis, sendo o do motorista com ajustes elétricos e memória. Falha apenas na regulagem lombar manual, que está mal localizada. No banco traseiro tem todos os equipamentos de segurança necessários, inclusive Isofix para fixar cadeirinhas para criança. Porém, o espaço para quem vai no meio é limitado. O porta-malas é de bom tamanho e dá conta da bagagem da família.

POR DENTRO Seguindo o padrão Volvo, a perua V60 tem acabamento sofisticado, com materiais de qualidade e arremates perfeitos. Os bancos são revestidos em couro e os detalhes em alumínio, como nas pedaleiras, reforçam o aspecto esportivo. O painel de instrumentos de fundo azul é de fácil visualização e o console central flutuante é uma interessante característica da marca. Uma tela digital central expõe aos ocupantes todas as informações necessárias, com sistema multimídia, e o equipamento de áudio impressiona pela fidelidade do som. A versão Dynamic traz ainda entre os itens de série ar-condicionado digital, volante esportivo revestido em couro e com ajustes de altura e distância, sensores crepuscular e de chuva, faróis de xênon adaptativos, que aumentam a visibilidade do motorista em curvas, e teto solar elétrico.

Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


SEGURANÇA Todas as versões do Volvo V60 T5 trazem de série o sistema City Safety, que atua em velocidades de até 50km/h, evitando impactos frontais, airbags laterais e dianteiros, freios ABS com EBA, controles anticapotamento (RSC), de tração e de estabilidade (DSTC), além do freio de estacionamento elétrico. O modelo tem ainda o sistema de proteção contra impactos laterais. É tecnologia de sobra para garantir a segurança dos ocupantes.
 
DESEMPENHO Outro destaque da perua é o conjunto mecânico. O motor é um eficiente quatro cilindros turbo, com injeção direta de combustível, que tem funcionamento suave, garantindo força e potência sempre que necessário. As arrancadas e retomadas de velocidade são sempre seguras e o desempenho não decepciona quem exige esportividade da perua. Basta acelerar que ela responde na hora. O câmbio automatizado de dupla embreagem e seis velocidades completa o conjunto, com a possibilidade de trocas manuais e relações de marchas bem escalonadas. As mudanças são suaves e na hora certa.

Com 4,63 metros de comprimento e 1,5 tonelada, a perua impressiona pela robustez e estilo - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Com 4,63 metros de comprimento e 1,5 tonelada, a perua impressiona pela robustez e estilo


PERFORMANCE Dirigir a perua é uma missão prazerosa, pois o motorista sente o carro na mão, com muita segurança em curvas, graças ao ajuste das suspensões, que privilegia a estabilidade. Por outro lado, a perua transfere as irregularidades do solo, causando certo desconforto. A direção é um pouco pesada em baixas velocidades, mas garante segurança em alta. O sistema de freios atua de forma precisa, amparado por sistemas eletrônicos. Nos testes o computador de bordo apontou consumo médio de 5,5km/l na cidade e 10,5km/l na estrada. Na prática, a perua Volvo é uma excelente relação custo/benefício para quem procura desempenho, sofisticação e tecnologia.

Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


FICHA TÉCNICA


» MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 1.999cm³ de cilindrada, comando duplo variável, com turbo e injeção direta de gasolina, que desenvolve potência máxima de 240cv a 5.500rpm e torque máximo de 32,6kgfm entre 1.800rpm e 5.000rpm

» TRANSMISSÃO
Tração dianteira, com câmbio automatizado de dupla embreagem e seis velocidades Powershift

» DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica

» FREIOS
Com discos ventilados nas quatro rodas, sistema ABS e EBA (distribuidor eletrônico de frenagem), controles dinâmicos de estabilidade e tração, sistema City Safety

» SUSPENSÕES/RODAS/ PNEUS
Dianteira independente, do tipo McPherson, com barra estabilizadora; e traseira independente, com braços múltiplos e barra estabilizadora / 7 x 18 polegadas, de liga leve / 235/40 R18

» CAPACIDADES
Do tanque, 67,5 litros; de carga (bagagens e passageiros), 430 quilos


Motor 2.0 com turbo e injeção direta garante boa performance  - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Motor 2.0 com turbo e injeção direta garante boa performance

 

» EQUIPAMENTOS

DE SÉRIE
Conforto/conveniência – Ar-condicionado, direção com assistência hidráulica, vidros elétricos com sistema antiesmagamento, sistema de áudio de alta performance com oito alto falantes, MP3, WMA, entrada auxiliar, iPod, USB, bluetooth, controle de áudio no volante, assento do motorista com regulagem elétrica e memória, assento do passageiro da frente com regulagem manual, bancos revestidos em couro esportivo R-Design, apoio de braço traseiro com porta-copos e porta-objetos, cinta para fixação de objetos no porta-malas, computador de bordo, controlador de velocidade (piloto automático), sensores de chuva, crepuscular e estacionamento traseiro, retrovisores externos elétricos retráteis com desembaçador, faróis xênon adaptativos, freio de estacionamento elétrico e kit selante para pneus.

Aparência – Detalhes em alumínio R-Design, tapetes esportivos, manopla do câmbio com revestimento em couro, pedais esportivos, porta-objetos no console frontal e nas portas dianteiras, teto solar elétrico, volante com revestimento em couro e detalhes em alumínio, spoilers frontal e traseiro, luzes sinalizadoras dianteiras com LED e rodas de alumínio de 18 polegadas. 

Segurança – Airbags frontais e laterais, sistema de proteção contra impactos laterais (Sips), sistema que evita impactos frontais em baixas velocidades (City Safety), controle remoto com alarme e travamento central, cortinas infláveis e pré-tensores dos cintos de segurança, iluminação auxiliar temporizada, sistema de fixação de cadeiras infantis (Isofix), luzes de aproximação, sistema de freios ABS e EBA, sistema de proteção contra lesões na coluna cervical (Whips), sistema inteligente de informação (Idis), trava elétrica nas portas traseiras para crianças, vidros frontais e laterais laminados, luz traseira de neblina, controle anticapotamento (RSC) e controle dinâmico de estabilidade e tração (DSTC).

» OPCIONAIS
Não tem.


V60 tem detalhes esportivos como as rodas aro 18 polegadas - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press V60 tem detalhes esportivos como as rodas aro 18 polegadas

 

» NOTAS (0 a 10)

Desempenho    10
Espaço interno    8
Suspensão/direção    8
Conforto/ergonomia    8
Itens de série/opcionais    10    Segurança    10
Estilo    9
Consumo    7
Tecnologia    10
Acabamento    9
Custo/benefício    10

 

» QUANTO CUSTA?

O Volvo V60 T5 é vendido na versão Comfort R-Design por R$ 130.900. Já a versão testada, a Dynamic R-Design, tem preço de R$ 149.900, enquanto a mais brava, a T6 R-Design (motor seis cilindros e tração integral), custa R$ 199.900.

 

Palavra de especialista

Daniel Ribeiro Filho

 

Uma senhora perua

É notável o seu comportamento dinâmico e proporciona uma dirigibilidade irretocável. É muito gostosa de dirigir, com excelente fluidez e dinâmica no uso misto. Os sistemas de direção e freios têm fina e esmerada calibração e dimensionamento. As suspensões, pneus, geometria, controle dinâmico de estabilidade e tração homologados a transformam em um autêntico esportivo com alta estabilidade lateral e direcional, sendo difícil colocar esse automóvel em crise. O design é lindo e o acabamento interno e os materiais empregados são excelentes. Quanto à segurança passiva e ativa disponíveis, dispensa comentários pela tradição da Volvo. 


Banco traseiro tem todos os itens de segurança necessários - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Banco traseiro tem todos os itens de segurança necessários

 

Avaliação técnica

 

» Acabamento da carroceria
As quatro portas têm pontos com desnivelamento entre si e a carroceria. A tampa traseira está descentralizada. A qualidade da pintura é boa e o capô tem montagem aceitável. Regular

» Vão do motor
O capô tem ótimo ângulo de abertura. O vão tem aspecto organizado e é fácil a identificação e o manuseio dos itens de verificação constante, exceto o reservatório de fluido de freio, que fica encoberto pela cobertura do painel de fogo, mas tem tampa superior. O motor preenche bem o vão, mas o acesso à manutenção é razoável. O reservatório do fluido da direção hidráulica está mal fixado no painel frontal e uma barra une as duas torres dos amortecedores. Positivo

» Altura do solo
A parte inferior do motopropulsor tem chapa integral plástica de resistência limitada. Raspa com frequência a frente em saídas de garagem com desnível. Trafegando com cautela sobre piso irregular usual misto não ocorreram interferências significativas. Regular

» Climatização
É automático digital. No painel são quatro os difusores de ar que, somados a mais dois embutidos nas colunas B, distribuem bem o ar climatizado dentro do habitáculo, proporcionando uma sensação de conforto em pouco tempo. São nove as velocidades da caixa de ar e três as opções conjugadas variadas de direcionamento do fluxo. Apresentou ótimo funcionamento e está bem vedado. Positivo

» Freios
O sistema tem a eficiente função Hill holder. Merecem destaque dinâmico no comportamento pela altíssima eficiência, precisão e sensibilidade. A desaceleração é absurda e balanceada e sem afundamento exagerado do eixo dianteiro com o veículo em alta velocidade. Em uma condução bem esportiva permite frear forte no limite, mantendo a trajetória da curva. O freio de estacionamento é eletrônico. Positivo

» Câmbio
É automatizado com seis marchas e dupla embreagem. No pomo da alavanca tem identificação luminosa da opção selecionada e também no display do quadro de instrumentos. As relações de marchas estão muito bem escalonadas, proporcionando uma dirigibilidade muito prazerosa e segura. As trocas são imediatas, sem trancos, e tem a opção de uso manual sequencial com toques na alavanca principal. Positivo

» Motor
É brilhante a sua performance para a cilindrada. A curva de torque é generosa e a de potência máxima está na medida certa. No uso urbano tem muita agilidade e traz conforto dinâmico e segurança. Em rodovias é extremamente rápida com manutenção de alta e constante velocidade. Positivo

» Vedação
Boa contra água e poeira. Positivo

Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


» Nível interno de ruído
O efeito aerodinâmico é muito baixo, mas ao trafegar sobre piso irregular surgem vários pequenos ruídos no habitáculo. Regular

 

» Suspensão
A estabilidade é notável. A aderência lateral é altíssima, contornando curvas de raios variados com excelente precisão e inclinação mínima da carroceria. Os pneus homologados apresentaram ótima performance sobre piso seco e molhado. O conforto de marcha é limitado, mas está em um nível aceitável. Positivo

» Direção
A coluna de direção tem ajuste manual em altura e distância, com bom curso. O diâmetro de giro é longo e é lenta a velocidade do efeito retorno. Os pneus da série 40 são impróprios para utilização no Brasil, onde a manutenção de várias ruas urbanas e rodovias estaduais e federais são precárias. A precisão na reta e em curvas é ótima, e apresentou baixa rumorosidade em curvas sob piso irregular. Em manobra simulada de forte desvio com o veículo em velocidade e imediato retorno à faixa original, surpreendeu a sua reação precisa. Regular

» Iluminação

Tem sensor crepuscular, luz de cortesia para porta-malas, porta-luvas, para-sóis e região dos pés do condutor e passageiro. No teto tem uma lanterna com dois spots fixos na frente e duplo spot fixo na central para os passageiros de trás. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente, fácil leitura, assim como o console central, interruptores elétricos instalados nos painéis de porta e no plafonier do teto. Os faróis com xênon no baixo auto direcionais, e halógenos no alto são eficientes, mas quando pode-se usar ambos a qualidade em iluminação é superior. Não tem auxílio de faróis de neblina, mas tem regulagem automática de altura e lavador. Positivo

» Limpador do para-brisa

Tem sensor de chuva. Os esguichos são eficientes (vazão e pressão), as palhetas têm boa qualidade e varrem uma ótima área no para-brisa e no vidro traseiro. É fácil o acesso ao reservatório de água no vão do motor. Positivo

» Estepe/ macaco

Não tem estepe. Se o pneu furar e o furo for comum, tem kit reparador com compressor elétrico e cola sigilante. Se amassar a roda em um buraco e o pneu se salvar, só no reboque. Tem macaco e chave de rodas, essa última com a zona do sextavado com material fraco que deforma fácil e tem fabricação made in Turquia. Isso não funciona no Brasil. Negativo

» Alarme
A chave de ignição é especial do tipo de inserir em local no painel, onde libera o acionamento do botão start/stop. Tem proteção volumétrica com quatro sensores ultrasom e a perimétrica das partes móveis. As quatro portas têm função um toque para descer/subir os vidros e o sistema antiesmagamento atuou com precisão. Positivo

» Volume do porta-malas
O declarado pela fábrica é de 430 litros e o encontrado foi de 385 litros, com o banco traseiro na posição normal e sem ultrapassar o mecanismo montado e a cortina esticada. 

 

Clique aqui e veja mais fotos do Volvo V60 T5 R-Design Dynamic - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Clique aqui e veja mais fotos do Volvo V60 T5 R-Design Dynamic

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação