Publicidade

Estado de Minas

Peugeot 508 - Um senhor automóvel

Sedã grande da marca francesa tem formas aerodinâmicas e estilo moderno, além de trazer muita tecnologia e eficiente conjunto mecânico que conta com o motor 1.6 THP, que garante bom desempenho


postado em 20/01/2013 16:11 / atualizado em 20/01/2013 16:51

Sedã grande da marca francesa tem formas aerodinâmicas e estilo moderno(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A PRESS)
Sedã grande da marca francesa tem formas aerodinâmicas e estilo moderno (foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A PRESS)
Quem gosta de sedã grande tem à disposição no mercado interessantes opções, que em geral agregam bom acabamento, conforto, tecnologia e conjunto mecânico muito eficiente. A Peugeot ataca nesse segmento com o 508 1.6 THP, um automóvel de linhas modernas, que agrada pelo amplo espaço interno, estilo moderno e bom desempenho. O motor turbo e o câmbio automático de seis marchas formam uma dupla perfeita, proporcionando condução prazerosa. O único porém do sedã é a visibilidade lateral e traseira, mas a tecnologia ajuda a minimizar o problema.

 


ESTILO O Peugeot 508 foi lançado para substituir o 407 na Europa. O sedã de dimensões generosas entrou no mercado com atributos suficientes para encarar concorrentes (ver quadro na página 2). E ele já se impõe pelo visual, que não chega a ser ousado, mas chama a atenção pela fluidez de suas linhas, que reforçam o aspecto aerodinâmico. A identidade da marca está evidente na grade tipo bocão e no formato dos faróis de duplo defletor com LEDs, que invadem os para-lamas. O capô tem vincos acentuados, o para-brisa forte inclinação e a linha de cintura é discretamente elevada. Porém, as colunas centrais largas e a traseira fechada prejudicam a visibilidade, tornando indispensável o sensor de estacionamento. Na traseira, um friso cromado e lanternas com LEDs completam o visual, mas o detalhe interessante é a abertura da tampa do porta-malas, que pode ser feita ao pressionar o zero do 508. E não é preciso levantar a tampa, pois ela abre sozinha.

ESPAÇO Sedã tem que ter espaço interno e neste quesito o sedã francês não decepciona. A começar pelo porta-malas, que tem bom tamanho e profundidade. Dentro do carro também há espaço suficiente para proporcionar conforto para todos os ocupantes. No meio do banco traseiro o assoalho é quase plano, oferecendo mais espaço para as pernas, porém o encosto ali é saliente e incomoda. 

No banco traseiro, apoios de cabeça e cintos retráteis para todos
No banco traseiro, apoios de cabeça e cintos retráteis para todos
Lá atrás tem ainda três apoios de cabeça e cintos de segurança retráteis de três pontos para todos os passageiros, além de sistema de ancoragem para cadeirinha infantil e saídas independentes de ar-condicionado.

ACABAMENTO O interior do 508, que é vendido no Brasil em única versão, tem acabamento que prima pela qualidade dos materiais, como o couro usado no revestimento. Os bancos dianteiros, confortáveis e anatômicos, têm ajustes elétricos, inclusive lombar. Os comandos estão bem localizados no painel e nas portas, facilitando a vida do motorista. O volante tem boa pega e traz os comandos para o som, computador de bordo e controlador de velocidade. Para ligar o carro basta estar com a chave no bolso ou no console e apertar o botão start/stop. O painel, revestido com material emborrachado e detalhes em plástico, tem instrumentos com fundo preto, de fácil visualização, incluindo marcador da temperatura do óleo do motor, além do GPS.
Painel com acabamento de qualidade e comandos bem localizados
Painel com acabamento de qualidade e comandos bem localizados


ELETRÔNICA O sedã tem um amplo pacote de itens de série, que inclui controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistência para estacionar e um detetor que passa o farol de alto para baixo ao cruzar com outro veículo. Além disso, o modelo conta com seis airbags e uma verdadeira sopa de letrinhas que garante toda a eficiência do sistema de frenagem.

DESEMPENHO O motor 1.6 parece pouco para esse sedã de dimensões avantajadas, mas as três letrinhas THP indicam que um eficiente turbo garante bom desempenho em rotações mais elevadas. Desenvolvido em parceria com a BMW e usado em outros modelos da marca francesa, o motor trabalha em silêncio, com muito torque e respostas rápidas em arrancadas e retomadas. O turbo entra de forma suave, sem trancos, e o câmbio automático tem seis marchas bem escalonadas, contribuindo para a boa performance. E o motorista tem ainda as opções da tecla S (modo esportivo) e trocas manuais no câmbio. Na cidade, o computador de bordo acusou consumo de 6,5km/l, enquanto na estrada foi de 10,7km/l.
As suspensões foram calibradas de forma a proporcionar o equilíbrio entre estabilidade e conforto, e o resultado foi positivo. O sedã é bom de curvas e filtra bem as imperfeições do solo. A direção, com assistência eletro-hidráulica, garante facilidade em manobras de baixa velocidade, com bom efeito-retorno e calibragem segura em velocidades elevadas. E o sistema de freios, amparado por muita tecnologia, não prega sustos no motorista, com total eficiência.

Luxo à francesa
Confira todos os detalhes do sofisticado sedã Peugeot 508 e compare-o com os concorrentes.


AVALIAÇÃO TÉCNICA
ACABAMENTO DA CARROCERIA

As quatro portas apresentam pontos com desnivelamento entre si e a carroceria. A tampa traseira está descentralizada em alguns pontos. A qualidade da pintura é boa, assim como a montagem dos vários componentes externos (espelhos, faróis, lanternas, para-choques etc.). O capô está descentralizado e desalinhado. REGULAR

VÃO DO MOTOR
O motor preenche bem o vão, mas o acesso à manutenção é razoável na parte frontal e nas laterais, sendo pior na posterior. A sistematização está benfeita, tem aspecto organizado e limpo. O resultado da insonorização em relação ao habitáculo é satisfatório, e até a parte superior das torres dos amortecedores é revestida. O capô tem bom ângulo de abertura. POSITIVO
Turbo usado no motor 1.6 atua de forma progressiva e sem trancos
Turbo usado no motor 1.6 atua de forma progressiva e sem trancos


ALTURA DO SOLO
A parte inferior do motopropulsor tem proteção por chapa em aço vazado. Em uma condução mais prudente sobre piso irregular, no uso misto, não foram reveladas interferências significativas com o solo. REGULAR

CLIMATIZAÇÃO
É automático digital. O sistema tem regulagem de temperatura diferenciada, velocidade da caixa de ar e opções de direcionamento do fluxo para todos os ocupantes. Apresentou ótimo funcionamento. No painel são quatro os difusores de ar, que, somados ao do fim do console central, proporcionam um excelente fluxo de ar climatizado, sendo baixo o tempo para dar a sensação de conforto do habitáculo. O teto solar tem correta vedação pela tampa deslizante, que é blindada ao sol. POSITIVO

FREIOS
O freio de estacionamento é eletrônico e atua automaticamente ao desligar o motor. Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso misto; o pedal de freio tem boa sensibilidade; as reações são uniformes nos dois eixos; tem boa desaceleração, ABS eficiente e resistência térmica satisfatória. Conta com Hill Holder muito prático. POSITIVO

CÂMBIO
Há opção de uso manual sequencial com toques na própria alavanca e por meio de aletas no volante. No quadro de instrumentos, pequeno display informa a marcha selecionada. Há programação eletrônica de uso esporte e sobre piso de baixo atrito por meio de teclas. As relações de marchas satisfazem na dirigibilidade e o conjunto apresentou bom funcionamento, com trocas suaves e rápidas, além de boa resposta em kickdown. POSITIVO

MOTOR
Apresentou ótimo funcionamento. A aceleração é eficiente e as retomadas de velocidade satisfatórias, mas o seu brilho esportivo sente um pouco os 1.410kg de peso. A entrada do turbo é progressiva e sem trancos. POSITIVO

VEDAÇÃO
Boa contra água e poeira. POSITIVO

NÍVEL INTERNO DE RUÍDO
Ao trafegar sobre pisos irregulares surgem vários ruídos no habitáculo. O efeito aerodinâmico é evidente a partir de 110km/h. NEGATIVO

SUSPENSÃO
A estabilidade é muito boa, com contorno de curvas de raios variados em velocidade elevada com precisão e pouca inclinação da carroceria. No limite da aderência lateral e direcional atua o eficiente controle eletrônico de estabilidade. O conforto de marcha é apenas aceitável, sendo muito prejudicado pelos pneus da série 45 com pressão única de 36lbs. Em algumas situações e impactos com imperfeições do solo a suspensão traseira passa a ser rumorosa. REGULAR

DIREÇÃO
O volante tem boa pega e a coluna de direção tem ajuste manual em altura e distância, com bom curso. A precisão na reta e em curvas é ótima. A velocidade do efeito retorno é razoável, mas o diâmetro de giro é grande. As reações são boas, com ótima sensibilidade e rapidez de resposta. As cargas do sistema assistido estão bem definidas para o uso urbano e em rodovias. REGULAR

ILUMINAÇÃO
Há sensor crepuscular. Os faróis são bixênon autodirecionais, com regulagem automática de altura. Conta com o auxílio de faróis de neblina e o resultado em iluminação é muito bom. Há luz de cortesia nos para-sóis, porta-luvas, porta-malas, zona dos pés de todos os ocupantes e base inferior das portas dianteiras e retrovisores externos. No teto tem plafoniê junto ao retrovisor, com uma lanterna integrada com dois spots fixos, e no final do teto duas lanternas/spot fixo, todas com LEDs e com ótima iluminação. POSITIVO

LIMPADOR DO PARA-BRISA
Há sensor de chuva. As palhetas, que apresentaram boa qualidade, trabalham cruzadas e varrem uma área satisfatória. Os esguichos são do tipo spray em V, com vazão e abertura razoáveis. É fácil a identificação e manuseio do reservatório de água instalado dentro do vão do motor. POSITIVO

ESTEPE/ MACACO
O estepe está instalado dentro do porta-malas, no fundo do assoalho. A roda é em aço e o pneu (215/60R16) diferente dos de uso (235/45R18) em medidas e especificações técnicas. A operação de troca é normal, mas é necessário retirar as tampas plásticas de acabamento da cabeça dos parafusos. Não tem porca autoadaptadora antifurto. REGULAR

ALARME
A chave de ignição é especial e não tem comutador de ignição no painel. O sistema reconhece a proximidade dela e libera a abertura das portas e ativa o botão de partida do motor (start/stop). Há proteção perimétrica das partes móveis, mas não tem a volumétrica contra invasão pela quebra dos vidros. As quatro portas têm função um toque para descer e subir os vidros e o sistema antiesmagamento atuou com precisão. Ao dar comando para travar as portas, os vidros só sobem pressionando-se as teclas. REGULAR

VOLUME DO PORTA-MALAS
O declarado pela fábrica é de 515 litros e o encontrado foi de 486 litros.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro, da Tecnodan
www.danieltecnodan.wordpress.com


FICHA TÉCNICA
Motor
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.598cm³ de cilindrada, a gasolina, que desenvolve 156cv de potência a 6.000rpm e torque máximo de 24,5kgfm entre 1.400rpm e 4.000rpm

Transmissão
Tração dianteira, câmbio automático de seis marchas

Direção
Pinhão e cremalheira, com assistência eletro-hidráulica

Freios
Discos ventilados nas quatro rodas, com ABS, auxílio a frenagem de urgência (AFU), repartidor eletrônico de frenagem (REF), controle eletrônico de estabilidade (ESP) e controle de tração (ASR)

Suspensão/Rodas/Pneus
Dianteira, independente, pseudo-McPherson; traseira, independente, com eixo multibraço/rodas de liga leve/7,5 x
18 polegadas/235/45 R18

Capacidades
Tanque, 72 litros; carga útil (passageiros + bagagem), 520kg


EQUIPAMENTOS
DE SÉRIE

Acendimento automático dos faróis, ar-condicionado automático digital Quadri-zone, freio de estacionamento elétrico, Hill Assist, limpador de para-brisa automático com sensor de chuva e indexado à velocidade, Park Assist, regulador de velocidade e limitador de velocidade, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, tela de sete polegadas colorida de alta definição, WIP Bluetooth, dois airbags de cortina, dois airbags frontais (motorista e passageiro), dois airbags laterais (motorista e passageiro), rodas de liga leve de 18 polegadas, teto solar elétrico, entre muitos outros.

OPCIONAIS
Não tem.

Notas (0 a 10)
Desempenho 10
Espaço interno 8
Porta-malas 9
Suspensão/direção 8
Conforto/ergonomia 9
Itens de série/opcionais 9
Segurança 10
Estilo 8
Consumo 7
Tecnologia 8
Acabamento 9
Custo-benefício 8

Quanto custa?
O Peugeot 508 é vendido em versão única por R$ 109.990.
Traseira tem detalhes como o friso cromado e a abertura da tampa do porta-malas no zero do 508
Traseira tem detalhes como o friso cromado e a abertura da tampa do porta-malas no zero do 508

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade