Cavalaria Americana

Chevrolet Camaro 2014 atualiza visual e exibe novo pacote tecnológico

Mantendo a combinação motor V8, câmbio automático e estilo musculoso, que tanto agrada aos americanos, o esportivo mudou um pouco o visual e atualizou o pacote tecnológico

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/02/2014 08:20 / atualizado em 24/02/2014 08:33 Eduardo Aquino /Estado de Minas

 

Ao contrário do que acontece no mercado norte-americano, onde enfrenta a forte concorrência do Dodge Challenger e Ford Mustang, no Brasil o Chevrolet Camaro nada de braçada, pois é o único desta categoria importado oficialmente pela marca. Aproveitando a falta de competidores e o fato de que aqui qualquer importado com essa motorização e cavalaria é bem mais caro, a General Motors trouxe o novo modelo – que passou por pequena reestilização e ganhou atualização tecnológica em março do ano passado – na versão mais cara, a SS, que desembarca custando R$ 210 mil (R$ 10 mil a mais que a versão anterior). Mas a vida mansa do esportivo, que é pura curtição, pode estar com os dias contados, pois a Ford pretende trazer o novo Mustang (apresentado recentemente) ainda este ano.

CLIQUE AQUI E VEJA FOTOS DO TESTE COM O CAMARO!

 ESTILÃO Quem não tem muita intimidade com o Camaro pode passar batido nas alterações do visual externo. Na frente, por exemplo, os faróis deixaram o formato redondo para se tornarem retangulares; a grade manteve o quadriculado, mas ficou mais fina; a tomada de ar no capô saiu da parte frontal e foi para o meio, ganhando uma moldura na cor preta; a tomada de ar embaixo ficou maior e o para-choque foi redesenhado. Na lateral, o esportivo parece o mesmo, com a linha de cintura alta e para-lamas musculosos. Na traseira, as mudanças se concentram na lanterna, que foi redesenhada e, nos novos difusores de ar e aerofólio, que foram aperfeiçoados em túnel de vento. Tudo mantendo a inspiração que vem passando de geração em geração, desde a primeira, produzida de 1967 a 1969. O novo Camaro aposentou a cor prata e chega apenas nas opções branca, amarela, vermelha e preta.

POR DENTRO Internamente, uma das principais mudanças é o novo sistema multimídia MyLink, com tela de sete polegadas e do tipo sensível ao toque, que possibilita ouvir músicas, ver fotos, assistir a vídeos e trazer os aplicativos do celular para dentro da cabine do Camaro, além de fazer ligações pelo sistema Bluetooth e configurar diversas funções do veículo. As outras alterações incluem novas cores nos mostradores do painel e do console central e na projeção de dados no para-brisa pelo Heads-UP Display (HUD) – o motorista não precisa tirar os olhos da estrada para saber em que velocidade o carro está, em qual rotação gira o motor ou qual é a temperatura externa; comandos de voz para os sistemas de navegação e áudio, câmera de ré integrada e função áudio streaming, utilizando aplicativo Stitcher.

No painel, destaque para a tela de sete polegadas do sistema MyLink - Juarez Rodrigues/EM/D.A Press No painel, destaque para a tela de sete polegadas do sistema MyLink


O esportivo continua sendo equipado com o motor V8 6.2 Small Block da Chevrolet, que está acoplado ao câmbio automático de seis velocidades (exclusivo da versão SS), que tem “borboletas” no volante para facilitar as trocas manuais. O motor conta com sistema de desligamento automático de cilindros quando o motorista está passeando (velocidade de cruzeiro), o que ajuda a reduzir um pouco o alto consumo dos oito “canecos”. Os engenheiros também não mexeram na suspensão (do tipo multilink nos dois eixos). A direção com assistência elétrica é a mesma, com boa calibração: macia nas manobras e com “peso” adequado em altas velocidades.

VEJA FOTOS DO CAMARO!


APERTADO A ginástica começa na hora de entrar no Camaro. É preciso um pouco de contorcionismo. Mas, antes de criticar, é preciso entender o conceito do carro. Trata-se de um esportivo, uma máquina de diversão. Então, embora os ocupantes contem com uma ampla lista de equipamentos de conforto (bancos em couro, som de altíssima qualidade, ar digital etc.), somente motorista e passageiro da frente desfrutam de espaço. E atrás? Bem, é melhor reservar o banco traseiro para objetos pessoais, bagagens de mão, do que colocar seus filhos lá, principalmente se eles tiverem mais de 1,50m. O porta-malas até tem capacidade razoável (320 litros). O problema é a “boca”, que é muito pequena. E não espere encontrar lá estepe. Se o pneu furar, você vai ter que consertá-lo e enchê-lo com um compressor que fica alojado no lugar do pneu reserva. No Brasil, com as péssimas estradas que temos, é sinal de problema.

ACELERANDO Mas vamos ao que interessa no Camaro: acelerar. Você pode não estar enxergando muita coisa do lado de fora – ainda bem que o esportivo tem sensores de estacionamento e câmera de ré –, mas, ao entrar numa estrada e sentir o delicioso ronco do V8, vai querer mesmo é acelerar. Não dá para resistir. Você crava o pé, a frente se levanta e rapidinho o carro chega aos 100km/h… 200km/h… e pode bater nos 250km/h, quando entra o limite eletrônico. Na arrancada, o motor já mostra a sua força, gastando apenas 5,4s para chegar a 100km/h. E pode ficar tranquilo, pois os freios (Brembo, de competição) param com muita segurança e o pacote “anjo da guarda” inclui seis airbags e controles de tração e estabilidade. E se segure porque você vai descobrir rapidinho um dos defeitos do carro: os bancos não apoiam bem o corpo em curvas mais fechadas.

 



FICHA TÉCNICA
» MOTOR
Dianteiro, longitudinal, oito cilindros em V, 6.162cm³ de cilindrada, que desenvolve 406cv de potência a 5.900rpm e 56,7kgfm de torque a 4.600rpm

» TRANSMISSÃO
Tração traseira e câmbio automático de seis velocidades (com opção de troca manual)

» SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, multilink rebaixada, com suporte McPherson; e na traseira, multilink independente / de liga leve de 20 polegadas, sendo 8x20 na dianteira e 9x20 na traseira / 245/45 R20 (frente) e 275/40 R20 (atrás)

» DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica

» FREIOS
A disco ventilado nas quatro rodas, com ABS e EBD

» CAPACIDADES (**)
Peso, 1.790 quilos; tanque, 71 litros; porta-malas, 320 litros; e de carga (passageiros e bagagem), 332 quilos

» DIMENSÕES (metro)
Comprimento, 4,83m; largura, 2,08m; altura, 1,37m; entre-eixos, 2,85m

» DESEMPENHO (**)
Velocidade máxima de 250km/h (limitada eletronicamente) e aceleração até 100km/h em 5,4 segundos

» CONSUMO (***)
Cidade, 6,1km/l e estrada, 10km/l

(**) Dados dos fabricantes
(***) Medição do revista Quatro Rodas

Porta-malas é bom, mas boca é pequena - Juarez Rodrigues/EM/D.A Press Porta-malas é bom, mas boca é pequena



QUANTO CUSTA
O Chevrolet Camaro é vendido apenas na versão SS, que tem preço sugerido de R$ 219.990.

NOTAS (0 A 10)
Desempenho 10
Espaço interno 6
Porta-malas 7
Suspensão/direção 9
Conforto/ergonomia 7
Itens de série/opcionais 7
Segurança 9
Estilo 9
Consumo 7
Tecnologia 8
Acabamento 8
Custo-benefício 7

O V8 6.2, de 406cv, esbanja disposição - Juarez Rodrigues/EM/D.A Press O V8 6.2, de 406cv, esbanja disposição


AVALIAÇÃO TÉCNICA
ACABAMENTO DA CARROCERIA
As portas têm pontos com desnivelamento em relação à carroceria, além de folgas fixas desiguais. A tampa que dá acesso ao tanque de combustível tem tonalidade da tinta diferente da carroceria. A pintura contém alguns pontos com impurezas. A tampa do porta-malas está descentralizada em relação às laterais traseiras e lanternas. O capô está desnivelado em relação aos para-lamas. NEGATIVO

VÃO DO MOTOR
O acesso à manutenção é razoável para um V8. O capô tem bom ângulo de abertura e é sustentado por mola a gás. Os itens de verificação permanente têm fácil visualização e manuseio. O isolamento acústico em relação ao habitáculo é positivo. POSITIVO

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press


ALTURA DO SOLO

Raspa com facilidade a aba inferior do para-choque dianteiro em saídas de garagem com desnível e a parte central do chassi ao transpor quebra-molas. A altura livre do solo é de apenas 132mm. Com carga útil máxima (332kg) fica ainda mais crítico em algumas situações. Não tem proteção para o cárter, mas a distância do solo é boa. REGULAR

CLIMATIZAÇÃO
Funciona bem, com boa vazão de ar pelos difusores do painel, sendo que os das extremidades têm formato circular e giram 360°. Não há opção de regulagem de temperatura diferenciada para condutor e passageiro. Está bem vedado. POSITIVO

FREIOS
É bom o comportamento dinâmico numa condução esportiva, com muita eficiência frenante. O sistema foi eficiente na desaceleração, sem desvios de trajetória e com curto espaço percorrido até a imobilização em situação de emergência. O pedal tem ótima a sensibilidade e o conjunto apresentou boa resistência térmica. POSITIVO

VEJA FOTOS DO CAMARO!



CÂMBIO
As relações de marchas estão muito bem definidas. Um display projetado no para-brisa informa a marcha ou modo selecionado. Para facilitar a tocada esportiva, existe opção de trocas manuais por aletas no volante, com ótima sensibilidade na sequência crescente e decrescente, com função punta-taco incorporada. Não há troca automática quando o motor atinge a rotação máxima, deixando o condutor usufruir com a sua sensibilidade desse mecanismo. POSITIVO

MOTOR
É excelente as curvas de potência e torque. A aceleração é brutal, rápida e imediata. As retomadas de velocidade são excepcionais em qualquer situação (carregado ou em subida). Ele proporciona ótima dirigibilidade no uso urbano, sendo dócil e ágil na medida. Na estrada, é impressionante a sua dinâmica, trazendo segurança, conforto e prazer. POSITIVO

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press



VEDAÇÃO
Boa contra água e poeira. POSITIVO

NÍVEL INTERNO DE RUÍDOS
O efeito aerodinâmico é contido em alta velocidade, mas há ruídos no habitáculo em paralelepípedo e asfalto mal conservado. REGULAR

SUSPENSÃO
A estabilidade surpreendeu pela alta precisão em curvas de raios variados A inclinação da carroceria é mínima. O esportivo é muito rápido em curvas e é difícil colocá-lo em crise. No uso extremo, em curvas de baixa/média velocidade, atuaram com precisão os controles de tração e estabilidade. A suspensão dianteira apresentou-se ruidosa ao trafegar sobre piso usual (asfalto e calçamento) na cidade e em rodovias com pequenas imperfeições. O conforto de marcha é bom para um esportivo com pouca altura do solo, motor muito potente e pneus largos. REGULAR

DIREÇÃO
As reações são diretas, objetivas e a sensibilidade, excepcional. Na aceleração em asfalto seco nas retas, apresentou boa manutenção da trajetória e estabilidade direcional. O diâmetro de giro é longo. A velocidade do efeito-retorno é boa. As cargas do sistema de assistência (elétrica) estão muito bem definidas, tanto para manobras quanto para altas velocidades. A precisão na reta e em curvas é ótima. Os pneus são muito vulneráveis a buracos. REGULAR

ILUMINAÇÃO
Há sensor crepuscular. Luz de cortesia somente no porta-malas. Os faróis têm dupla parábola com lâmpadas halógenas, mas não têm regulagem elétrica em altura. É boa a eficiência no baixo e no alto e contam com auxiliares de neblina. No habitáculo há somente uma lanterna próxima ao retrovisor, com resultado discreto em iluminação. Os instrumentos do painel e os do console central têm fácil leitura e iluminação permanente. REGULAR

ESTEPE/MACACO
Não tem estepe, macaco e chave de rodas. O kit é composto por compressor com acionamento elétrico e material selante para furos normais. Não é uma solução prática no Brasil pela baixa qualidade de manutenção de várias estradas e algumas ruas. O carro tem sistema de monitoramento da pressão dos pneus. NEGATIVO

Clique para saber os pontos positivos e negativos da ergonomia do Camaro - Arte EM Clique para saber os pontos positivos e negativos da ergonomia do Camaro
 


LIMPADOR DE PARA-BRISA
Os esguichos são do tipo spray em V com boa abertura e vazão e, quando acionados, ativam o sistema de varredura por meio de palhetas de boa qualidade, que limpam uma ótima área. Não tem sensor de chuva. POSITIVO

ALARME
A chave de ignição é codificada e do tipo canivete. Existe proteção perimétrica das partes móveis, mas falta a volumétrica dentro do habitáculo contra a invasão pela quebra dos vidros. O sistema antiesmagamento atuou bem. Ao dar comando para travar as portas, os vidros não sobem automaticamente. REGULAR

VOLUME DO PORTA-MALAS
O declarado é de 320 litros, o mesmo encontrado em nossa medição.

(*) Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

www.danielribeirofilho.com.br

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press



VEJA FOTOS DO CAMARO!

Tags: teste

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação