TESTE: Audi TT Coupé 2.0 TFSI é um brinquedo de gente grande

Com visual redesenhado e cavalaria respeitável sob o capô, o esportivo da marca alemã faz muita gente virar a cabeça só para acompanhar essa obra da engenharia pelas ruas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 28/07/2015 15:30 / atualizado em 28/07/2015 15:58 Enio Greco /Estado de Minas

Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press

O que pode proporcionar mais prazer a um aficionado por carros: as belas formas de uma carroceria ou a adrenalina de pisar fundo no acelerador e sentir as costas pressionadas contra o encosto do banco do motorista? O Audi TT Coupé 2015 satisfaz nos dois quesitos, já que além de ser muito bonito, anda pra caramba. É um autêntico esportivo, com suspensões mais duras e conjunto mecânico eficiente, mas traz ainda acabamento sofisticado e tecnologia que garante segurança e diversão. Pena que o preço é proibitivo para muitos.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DO AUDI TT


Desde que foi lançado em 1998, o Audi TT vem aumentando sua legião de fãs e evoluindo tecnologicamente. Agora ele chega à terceira geração com basicamente o mesmo comprimento, mas um pouco mais largo e com a distância entre-eixos maior. Ficou mais robusto, com os balanços dianteiro e traseiro mais curtos e centro de gravidade mais baixo. A frente também ficou mais baixa, o que costuma ser problema em saídas de rampas, pois raspa mesmo.

 


ESTILO Mas as mudanças de estilo feitas no Audi TT foram muito positivas. A esportividade ficou ainda mais evidenciada com a grade tipo bocão e faróis de LEDs afilados, de série nesta versão Ambition. As rodas de 19 polegadas formam um belo conjunto com a silhueta do cupê, que tem tampa do tanque de combustível igual às dos carros de competição e um spoiler na traseira que pode ser acionado por meio de uma tecla no painel ou automaticamente quando se atinge 120km/h. O Audi TT 2015 tem carroceria feita com cinco tipos de aço e três de alumínio, combinação que resultou em redução de 50 quilos no peso total do veículo em relação à geração anterior.


E se por fora as mudanças foram significativas, por dentro também chamam a atenção. O painel passou por uma faxina geral, ficando mais limpo e funcional, sem perder a sofisticação. Os comandos do ar-condicionado agora estão integrados às saídas de ventilação. O volante multifuncional tem desenho esportivo e por meio dele é possível acessar os comandos do computador de bordo, dos sistemas de áudio, telefonia e navegação. Tudo muito fácil de operar. Mas o grande barato está no painel de instrumentos, que com a tela do sistema MMI forma uma unidade digital central. O motorista vê ali todas as informações do carro, com a opção de ampliar o mapa do GPS e aumentar ou diminuir o tamanho do velocímetro e do conta-giros.


Os bancos dianteiros têm desenho esportivo e seguram bem o motorista e passageiro, mesmo em curvas mais estusiasmadas. Já o banco traseiro é do tipo “não cabe ninguém”. Nem deveria estar lá. Em vez de ser um cupê 2+2, está mais para um 4-2. É carro pra curtir, não para levar a família para viajar. O porta-malas tem até tamanho razoável para um esportivo.

As linhas aerodinâmicas do esportivo foram mantidas, mas ele ganhou interessantes detalhes, como faróis e lanternas com LEDs e novas rodas aro 19 - As linhas aerodinâmicas do esportivo foram mantidas, mas ele ganhou interessantes detalhes, como faróis e lanternas com LEDs e novas rodas aro 19


ACELERANDO É um carro que pode até ser usado para um passeio mais tranquilo, mas é difícil conter a vontade de pisar fundo no acelerador e ouvir o agradável ruído do motor 2.0, principalmente quando o turbo entra em ação e as trocas de marchas do câmbio automatizado de dupla embreagem fazem o resto do serviço. Mas, se preferir, pode mudar as seis marchas nas aletas atrás do volante também. O carro acelera muito e rápido, pregando as costas do motorista no banco. Tem controle de estabilidade, que pode ser desligado, pra quem gosta de ter o carro mais na mão, e sistema auxiliar de partida em rampa, que segura o carro nas arrancadas em subidas.

Quer mais tecnologia? O Audi TT 2015 tem ainda sistema start/stop, que desliga o motor nas paradas mais longas, ajudando a economizar combustível. Depois é só tirar o pé do freio e acelerar para ligá-lo novamente. Outra coisa interessante é o Audi Drive Select, que controla as características do motor e a assistência da direção, proporcionando cinco diferentes condições de condução. O TT anda muito, freia muito e faz curvas com total segurança. Mas é duro mesmo, como a maioria dos esportivos. Só que isso não diminui o prazer de dirigi-lo. E para os mais afoitos, ele tem a velocidade limitada a 250km/h. E para quem ficou interessado, basta desembolsar R$ 230 mil, que é o preço dessa versão, para ter um igual na garagem de casa. Eu recomendo.

Distância entre-eixos maior e centro de gravidade mais baixo - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Distância entre-eixos maior e centro de gravidade mais baixo


UM AUTOMÓVEL IMPECÁVEL

AVALIAÇÃO TÉCNICA

Acabamento da carrocería
A qualidade da pintura é razoável. A porta do lado esquerdo tem boa montagem, mas a do outro lado está desalinhada em relação à carroceria. O capô tem boa montagem, assim como a tampa traseira. REGULAR

Vão do motor
O capô tem ótimo ângulo de abertura e é sustentado aberto por duas molas a gás. Os itens de verificação constante têm fácil identificação e manuseio. O motor tem difícil acesso à manutenção de vários componentes. O resultado da insonorização em relação ao habitáculo é positivo. REGULAR

Painel de linhas limpas é padrão atual Audi e comandos do ar estão inseridos nas saídas de ventilação - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Painel de linhas limpas é padrão atual Audi e comandos do ar estão inseridos nas saídas de ventilação


Altura do solo
É um automóvel mais baixo, característica de esportivos. Porém, se trafegar com cuidado e atenção na transposição de quebra-molas e saídas de garagem com desnivel, ocorrem somente leves raspadas, inclusive com dois adultos e bagagem. REGULAR

Instrumentos do moderno painel podem mudar de tamanho - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Instrumentos do moderno painel podem mudar de tamanho


Climatização
São cinco os difusores de ar do painel, todos de formato circular, em que o corpo aletado gira 360 graus. É automático digital e as funções de acionamento do sistema, velocidade, ajuste de temperatura e direção do fluxo ar estão distribuídas em três teclas incorporadas no centro dos três difusores centrais. Apresentou ótimo funcionamento. POSITIVO

Freios
O conjunto tem fino acerto e calibração. O pedal de freio tem relação e sensibilidade na medida. A desaceleração é eficiente, segura e balanceada, além de não provocar afundamento exagerado no eixo dianteiro em frenagens fortes. Apresentou boa resistência térmica depois de uso severo em longa descida sinuosa. O freio de estacionamento é do tipo eletrônico, acionado por meio de tecla instalada no console central. POSITIVO

Câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas


Câmbio
Apresentou ótimo funcionamento e proporciona dirigibilidade agradável e segura no uso misto. As trocas são muito rápidas, as respostas em kick down instantâneas e as relações de marchas são eficientes para uma condução normal e esportiva. No quadro de instrumentos tem display de bom tamanho informando a marcha selecionada e opção esportiva e normal. Em 4ª marcha, no modo manual sequencial, e com o motor na sua rotação máxima, a velocidade indicada no quadro de instrumentos é de 218km/h, assim como em 3ª marcha, onde atinge 148km/h, em 2ª marcha, 98km/h, e 58km/h em 1ª marcha. Em 6ª marcha, a 110km/h, o motor gira suave a 2.100rpm. POSITIVO

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DO AUDI TT

Motor
É brilhante a performance. A aceleração é notável e as retomadas de velocidade são excelentes. O turbo tem entrada suave e bem progressiva, trazendo prazer numa condução esportiva, sendo dócil no uso urbano. O seu funcionamento é elástico, com baixo ruído e a rotação máxima atinge quase 7.000rpm. POSITIVO



Vedação
Boa contra água e poeira. POSITIVO

Nível interno de ruídos
Ao trafegar sobre piso de paralelepípedo e asfalto em má conservação surgem vários ruídos no habitáculo. O efeito aerodinâmico é contido, mesmo em velocidade. REGULAR

Suspensão
Estão muito bem definidas e calibradas, sendo até aceitável em conforto de marcha, pelas dimensões dos pneus homologados de alta performance, que têm índice de velocidade Y, suportando máxima de 300km/h. O handling é destaque pelo seu excepcional comportamento dinâmico em curvas de raios variados e é quase impossível colocar o veículo em risco, tal a precisão e velocidade que é mantida na entrada e saída da curva, somada à mínima inclinação da carroceria. POSITIVO

Direção
É do tipo direta e rápida, com reações instantâneas ao menor esterçamento do volante, porém agradável e segura. Numa condução bem esportiva, tem resposta imediata e o eixo traseiro a acompanha até a alteração de trajetória em curva com dois raios. A precisão na reta e em curvas também merece destaque numa tocada esportiva. Merecia uma tropicalização para o Brasil da série 35 dos pneus homologados, que são extremamente vulneráveis a buracos e ruins na leitura do solo com imperfeições. O diâmetro de giro é aceitável e a velocidade do efeito retorno razoável pelas rodas de 19 polegadas. REGULAR

Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


Iluminação
Os faróis, muito eficientes, são full LED e contam com esguichos para lavar as lentes e regulagem automática em altura. Tem sensor crepuscular. Tem luz de cortesia no porta-luvas, porta-malas (2), parassóis, área dos pés do condutor e passageiro e porta-treco anterior no console central. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente e de fácil leitura. Ao longo da silhueta dos painéis das portas tem agradável iluminação permanente quando os faróis estão ligados. POSITIVO

Estepe/macaco
O estepe é do tipo temporário, com velocidade máxima limitada a 80km/h. Está instalado dentro do porta-malas, no fundo do assoalho. A operação de troca é normal, mas é necessário retirar a calota central com grampo fornecido. NEGATIVO

Limpador de para-brisa
As palhetas apresentaram boa qualidade e varrem uma área satisfatória no para-brisa. Os esguichos são do tipo spray em V, com ótima vazão e pressão. Tem sensor de chuva. É fácil a reposição de água no reservatório instalado dentro do vão do motor. POSITIVO


Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


Ferramentas
Tem uma chave de fenda/Philips. POSITIVO

Alarme
Não tem chave nem comutador de ignição. O botão start/stop instalado no console central reconhece a proximidade do controle remoto e libera o procedimento. Tem proteção perimétrica das partes móveis e a volumétrica dentro do habitáculo. Ao dar comando para travar as portas, os vidros sobem automaticamente com a tecla pressionada. Os vidros das portas têm função um toque para descer/subir, e o sistema antiesmagamento atuou com precisão. POSITIVO

Volume do porta-malas
O declarado é 305 litros e o encontrado foi 245 litros, sem ultrapassar a dupla tampa do bagagito.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan
www.danieltecnodan.com.br


Motor 2.0 de 230cv cumpre muito bem a sua missão - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Motor 2.0 de 230cv cumpre muito bem a sua missão
Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press


CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DO AUDI TT

Tags: teste audi tt coupé 2.0 tfsi fotos audi tt teste vrum

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação