Pequeno pra lá de arisco

Teste: Peugeot 208 GT 1.6 THP impressiona pelo poder de aceleração, mas o preço...

Peugeot 208 GT 1.6 THP tem desempenho verdadeiramente empolgante e se diferencia dos esportivos de fachada, mas apesar de ser completo, seu preço salgado espanta a freguesia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/08/2016 15:23 / atualizado em 08/08/2016 15:57 Enio Greco /Estado de Minas
Jair Amaral/EM/D.A Press
Se você está cansado daquelas versões esportivas de fachada, não perca as esperanças. Existem opções no mercado que vão além dos adereços visuais e proporcionam a verdadeira emoção para quem gosta de pisar mais forte no acelerador. É o caso do surpreendente Peugeot 208 GT, equipado com motor 1.6 turbo, que impressiona pelo poder de aceleração. As linhas da carroceria do hatch compacto já sugerem esportividade, mas a versão traz detalhes que enfatizam ainda mais essa característica. Com um bom pacote de itens de série, que incluem alguns sistemas de segurança, o 208 GT está à venda com preço superior a R$ 80 mil. Um pouco salgado para um carro pequeno.

ESTILO Para não fugir à regra e manter sua tradição de fazer modelos esportivos – 205 GTi (1994), 206 RC (1999), 207 RC (2007) e 208 GTi (2013) –, a Peugeot fez algumas alterações no visual do 208 GT para deixá-lo como um autêntico hot hatch. O farol ganhou novo módulo elíptico e luz diurna com LEDs. A grade dianteira tem fundo preto e barras paralelas com detalhes em vermelho. O modelo traz outros detalhes na cor preta, como a moldura que envolve os faróis de neblina, as colunas das portas, capas dos retrovisores e aerofólio traseiro. As rodas de liga leve aro 17 polegadas e as ponteiras cromadas do escapamento completam o visual esportivo do hatch. Tudo bem discreto, sem chamar muito a atenção.

POR DENTRO
No interior predomina o tom escuro com detalhes em vermelho, presentes no painel e na costura dos bancos, que mescla couro e tecido, e do volante. O painel tem ainda elementos em alumínio e plástico imitando fibra de carbono. O volante tem diâmetro menor, com a base achatada e a inscrição GT, mas mesmo assim é difícil posicioná-lo de forma que não interfira na visualização dos instrumentos do painel, que ficam em posição elevada. Ele tem ainda comandos de acesso ao sistema multimídia e computador de bordo. O interior tem ainda pedaleiras de alumínio, maçanetas e saídas de ar em cromo acetinado, manopla do câmbio cromada e luzes internas com LEDs. Todos os comandos estão bem localizados e o espaço interno é ideal para quatro pessoas.

Jair Amaral/EM/D.A Press
ACELERANDO Deixando de lado os detalhes visuais, o grande destaque deste hatch apimentado é o motor flex 1.6 THP, que funciona de forma brilhante. A começar pelo seu ronco suavemente grave, que já prepara o motorista para o que está por vir. Basta dar a partida e acelerar, mas é preciso ter cuidado na dose, pois dependendo do peso do pé no pedal da direita o compacto levanta a frente e sai como um cabrito nervoso, com muita força na arrancada. O turbo é acionado e o motorista sente imediatamente as costas sendo pressionadas contra o encosto do banco, vendo no painel o giro do motor subindo rapidamente. O câmbio manual de seis velocidades contribui para a tocada esportiva, com curso curto da alavanca, engates precisos e marchas bem escalonadas. Tudo perfeito para quem gosta de mais adrenalina ao dirigir, com retomadas de velocidade seguras.

No interior do 208 GT predomina o tom escuro com detalhes em vermelho... - Jair Amaral/EM/D.A Press No interior do 208 GT predomina o tom escuro com detalhes em vermelho...
NO CHÃO O 208 GT é um carro equilibrado, devidamente preparado para um desempenho mais esportivo. As suspensões receberam nova calibração, assim como a direção com assistência elétrica, que ganha mais peso em velocidades elevadas, para garantir a segurança. O sistema de freios também foi redimensionado, ganhando discos maiores na dianteira, além de sistemas que atuam com o ABS, como repartidor eletrônico de frenagem, assistente à frenagem de urgência, controles de estabilidade e antiderrapagem de rodas. Tudo para manter o hatch colado ao chão mesmo em curvas feitas em velocidade. Os pneus são do tipo baixo atrito ao rolamento, que proporcionam economia de combustível. O carro anda como um kart, mais duro, deixando um pouco o conforto ao rodar de lado. É um modelo para quem curte dirigir e gosta de acelerar sem receio. O problema é que para tê-lo na garagem é preciso desembolsar mais de R$ 80 mil, uma grana boa para investir em um carro pequeno. A decisão fica por conta do tamanho da vontade e do bolso do cidadão.


...mas o principal destaque do carro é o motor 1.6 THP - Jair Amaral/EM/D.A Press ...mas o principal destaque do carro é o motor 1.6 THP
CONECTIVIDADE
Esperto e conectado
Não é só com a boa performance que o Peugeot 208 GT quer convencer o seu pretenso comprador. O hatch esportivo chama a atenção também pelo conteúdo, já que tem uma generosa lista de equipamentos, que incluem sistemas de segurança para conter o ímpeto do motorista que se entusiasma no acelerador. E para os que gostam de ficar conectados com o mundo enquanto dirigem, o modelo conta com uma central multimídia com tela tátil de sete polegadas e funcionamento bem intuitivo. Por meio dela, motorista e passageiros podem selecionar diferentes fontes de áudio, incluindo uma jukebox com 16GB de memória. O sistema conta ainda com GPS, câmera traseira, espelhamento para smartphones e o MyPeugeot, um aplicativo gratuito disponível tanto para Android quanto para iOS que possibilita monitorar o consumo de combustível, continuar a navegação depois de estacionar o carro e localizar onde o veículo foi estacionado.

FICHA TÉCNICA
» MOTOR
Dianteiro, transversal, turbo, quatro cilindros em linha, 1.598cm³ de cilindrada, 16 válvulas, que desenvolve potências de 166cv (gasolina) e 173cv (etanol) a 6.000rpm e torques de 24,5kgfm (g/e) a 1.400rpm

» TRANSMISSÃO
Tração dianteira, com câmbio manual de seis marchas

» SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente do tipo pseudo McPherson, com barra estabilizadora; e traseira independente, travessa deformável e barra estabilizadora/de liga leve de 7x17 polegadas/205/50 R17

» DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica variável

» FREIOS
A discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS, distribuição eletrônica de frenagem (REF)

» CAPACIDADES
Do tanque, 55 litros; e de carga útil (passageiros mais bagagem), 450 quilos


Jair Amaral/EM/D.A Press
EQUIPAMENTOS
» DE SÉRIE
Faróis elípticos com máscara negra e luz diurna (DRL) com LEDs, faróis e lanternas de neblina, lanternas indicadoras de direção nos retrovisores, lanternas traseiras com LEDs, rodas de liga leve diamantadas de 17 polegadas, aerofólio esportivo preto brilhante, dupla saída de escapamento com ponteira cromada, acabamento cromado no teto, teto solar panorâmico, console de teto com luzes de leitura com LEDs, painel de instrumentos em posição elevada com matriz LCD, acabamento dos mostradores com LED vermelho e ponteiros brancos, volante com diâmetro reduzido e revestido com couro, pedaleiras esportivas de alumínio, airbags dianteiros, laterais e de cortina, freios com ABS e distribuição eletrônica de frenagem, assistência à frenagem de urgência (AFU), antiderrapagem de rodas (ASR), controle dinâmico de estabilidade (CDS), acendimento automático das luzes de emergência após frenagem brusca, travamento automático das portas e do porta-malas em velocidade, alerta sonoro de não colocação do cinto de segurança do motorista, alerta sonoro de portas abertas com o carro em movimento, sensores crepuscular e de chuva, faróis de neblina direcionais, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, limitador e regulador de velocidade, comandos para troca de marcha atrás do volante, computador de bordo, chave canivete, função Follow me home, função lead me to the car, alerta sonoro de faróis acesos, limpador de para-brisas traseiro indexado à marcha a ré, alarme perimétrico e volumétrico, pneus ecológicos com baixo coeficiente de atrito, central multimídia touchscreen de sete polegadas integrada ao painel, navegação GPS touchscreen, comandos no volante para rádio e Bluetooth, entradas USB e auxiliar/Jack, conexão com Link MyPeugeot, ar-condicionado automático digital bizone com três modos de operação, direção elétrica com assistência variável, vidros, retrovisores e travas elétricos, volante com regulagem de altura e distância, banco do motorista com regulagem de altura e porta-luvas refrigerado.

» OPCIONAL
Pintura perolizada.

QUANTO CUSTA?
O Peugeot 208 GT 1.6 THP tem preço sugerido de R$ 80.290 e com pintura perolizada vai a R$ 81.880.


NOTAS (0 a 10)

» Desempenho 10
» Espaço interno 7
» Porta-malas 7
» Suspensão/direção 8
» Conforto/ergonomia 8
» Itens de série/opcionais 9
» Segurança 9
» Estilo 9
» Consumo 9
» Tecnologia 9
» Acabamento 8
» Custo/benefício 7

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe