Um SUV bom de briga

Teste: Volvo XC60 D5 Kinetic com novo motor 2.4 diesel é robusto e eficiente

Volvo XC60 D5 Kinetic não tem design dos mais modernos, mas agrada pelo bom desempenho do motor turbodiesel, espaço interno e suspensões com boa calibragem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/10/2016 16:30 / atualizado em 24/10/2016 17:03 Enio Greco /Estado de Minas
Edésio Ferreira/EM/D.A Press
O Volvo XC60 D5 é a opção para quem curte os SUVs da marca sueca, mas quer a robustez e economia proporcionadas pelo motor turbodiesel. O modelo não tem a modernidade do design do irmão maior XC90, passando despercebido com seu estilo mais discreto. O bom espaço interno para passageiros e bagagens é outro atrativo do utilitário-esportivo, que mostra boa dirigibilidade tanto na cidade quanto na estrada.

De olho nos consumidores que ainda apreciam a ideia de ter um SUV equipado com motor a diesel, visando à economia de combustível e ao desempenho robusto, a Volvo resolveu aumentar sua gama de modelos no Brasil trazendo o Volvo XC60 D5 em duas versões de acabamento. Testamos a Kinetic, de entrada, que tem uma lista de equipamentos razoável, mas deixa de lado alguns itens importantes. O motor turbodiesel e o câmbio automático de seis velocidades garantem a boa desenvoltura do utilitário-esportivo, que conta ainda com tração integral e alguns auxílios da eletrônica. Pode não ter um visual dos mais modernos, mas o conjunto agrada.

O XC60 já vinha sendo comercializado no Brasil em versões equipadas com motor a gasolina. Agora, com o motor turbodiesel, passa a ter uma opção a mais diante da concorrência. E o seu opositor direto com esse tipo de motorização é o Land Rover Discovery Sport, que é mais bem equipado, mas tem o preço um pouco mais salgado. O XC60 é um modelo com design mais discreto, que chama menos a atenção nas ruas, mas apresenta uma relação custo/benefício interessante.

DESIGN O SUV sueco tem carroceria com linhas sóbrias e formas robustas, ligeiramente arredondadas. Na frente, o destaque fica com a grade de barras cromadas e faróis de xênon direcionais, além dos auxiliares com LEDs. É um automóvel com linha de cintura elevada, acentuada por vincos marcantes, e traseira robusta com lanternas verticais emoldurando a tampa do porta-malas. As saídas de escape largas e o spoiler no teto conferem um toque de esportividade.

Edésio Ferreira/EM/D.A Press
POR DENTRO A versão Kinetic não tem chave presencial, mas ao acionar a tecla para abrir a porta o ar-condicionado é automaticamente ligado. Porém, é preciso inserir a chave no painel e acionar o botão start/stop para ligar e desligar. O banco do motorista conta com ajustes elétricos, com três memórias, mas não tem o lombar. O volante também pode ser ajustado em altura e distância e traz ainda os comandos para acesso ao áudio, celular e controlador de velocidade.

O espaço interno é bom principalmente para quem vai na frente, com bancos confortáveis. A posição de dirigir é boa, exceto pela visibilidade traseira ruim, prejudicada pelas colunas largas e vidro menor. Mas o sensor de estacionamento ajuda a minimizar o problema. O modelo não tem os sensores dianteiros nessa versão. O espaço no banco traseiro é bom para duas pessoas, já que no meio é muito desconfortável devido ao túnel elevado no assoalho e saliência no encosto. Mas, mesmo assim, o modelo tem ali três cintos de segurança de três pontos retráteis, três apoios de cabeça e assentos elevados para crianças (booster), além de saídas de ar-condicionado. Outro detalhe interessante é que o encosto do banco traseiro reclina e é dividido em três partes, possibilitando diferentes configurações para o transporte de objetos compridos no porta-malas, que tem bom volume e ainda conta com compartimento fechado para pequenos objetos.

Painel tem acabamento de boa qualidade, mas tela multimídia não é tátil - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Painel tem acabamento de boa qualidade, mas tela multimídia não é tátil


Banco traseiro tem bom espaço para duas pessoas e assento de elevação infantil - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Banco traseiro tem bom espaço para duas pessoas e assento de elevação infantil
ACABAMENTO Uma das características marcantes dos modelos Volvo é a boa qualidade do acabamento interno. E com esse XC60 não é diferente. O painel é revestido com material emborrachado, agradável ao toque, e os bancos com couro bege. Muito bonito, mas pouco funcional, já que suja facilmente. Os comandos estão bem posicionados, mas o painel não é dos mais modernos, com controles giratórios para áudio e ar-condicionado. Os instrumentos analógicos e digitais são de fácil visualização. O computador de bordo pode ser acessado por uma tecla na manete de seta.

TECNOLOGIA O XC60 D5 Conetic traz como itens de série o controle de estabilidade e o City Safety, que detecta o risco de uma colisão a baixa velocidade e alerta o motorista com alarme sonoro e luminoso. Tem ainda o sistema EcoDriving, que visa a uma condução voltada para a economia de combustível, e controle da pressão dos pneus.

DESEMPENHO O principal destaque do modelo é o motor turbodiesel de 223cv e 44,8kgfm de torque. Pode não parecer muito para um carro tão pesado, mas ele trabalha de forma silenciosa e eficiente, garantindo desempenho muito bom. O bom torque em baixas rotações garante agilidade nas arrancadas e retomadas de velocidade, tornando a condução prazerosa e segura. As ultrapassagens são feitas com tranquilidade. O câmbio automático tem seis marchas bem escalonadas e proporciona trocas suaves, sem trancos. É possível fazer trocas também na alavanca na posição S ou nas aletas atrás do volante. Nesta condição, o carro fica ainda mais esperto.

Com 495 litros, porta-malas tem compartimento fechado para objetos menores - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Com 495 litros, porta-malas tem compartimento fechado para objetos menores
Trata-se de um SUV equilibrado, com tração integral AWD, que fica a maior parte do tempo concentrada no eixo dianteiro. Mas dependendo da demanda, pode ser dividida igualmente entre os dois eixos. As suspensões garantem boa estabilidade em curvas, desde que não haja abusos, e filtra bem as irregularidades do solo, proporcionando rodar macio. A direção elétrica, porém, é bem pesada em baixas velocidades, mas se mostra segura em alta. E independentemente do Safety City, o sistema de freios auxiliado pela eletrônica atua de forma eficiente. O XC60 diesel é um SUV valente no asfalto e sobre pisos irregulares, mas não tem tração 4x4 e não deve ser usado em off-road radical.

Multimídia

A central multimídia do modelo não é das mais modernas. Não tem tela tátil e nem câmera de ré, mas conta com GPS, Bluetooth, entradas auxiliares, USB e iPod, comandos de voz e emparelhamento fácil com o celular e acesso à internet. O equipamento de áudio, como sempre nos modelos da marca, tem qualidade impecável. O modelo traz também o Volvo On Call, que é integrado ao sistema Sensus Connect, com opções de entretenimento e conectividade. Ele oferece serviços de streaming de música, rádio e podcasts on-line, navegação e serviços. Por meio do sistema, o motorista e passageiros podem fazer buscas por pontos de interesse, como postos de gasolina, estacionamento e outros estabelecimentos comerciais.

Motor turbodiesel com injeção direta de combustível apresenta baixo consumo - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Motor turbodiesel com injeção direta de combustível apresenta baixo consumo
FICHA TÉCNICA

» MOTOR
Dianteiro, cinco cilindros em linha, 2.400cm³ de cilindrada, 16V, turbodiesel, com injeção direta de combustível, que desenvolve potência máxima de 223cv a 4.000rpm e torque máximo
de 44,8kgfm de 1.500rpm a 3.000rpm

» TRANSMISSÃO
Tração integral AWD e câmbio automático de seis velocidades,
com opção de troca manual

» SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente, McPherson; e traseira do tipo multilink e barra estabilizadora / 7,0 x 18 polegadas (alumínio) / 235/65 R18

» DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica

» FREIOS
A discos ventilados na dianteira e na traseira, com sistema ABS, distribuição da força de frenagem (EBD) e assistência de frenagem
de emergência (BAS)

» CAPACIDADES
Tanque de combustível, 70 litros; capacidade de carga
(passageiro e carga), 785kg

EQUIPAMENTOS

» DE SÉRIE
Banco dianteiro elétrico com memória para o motorista, ar-condicionado digital de duas zonas com sistema de controle de qualidade do ar multiativo (Clean Zone), função start/stop, espelhos retrovisores elétricos retráteis com desembaçador e memória, faróis de xênon com acendimento automático e controle direcional ativo, luzes sinalizadoras dianteiras de LED, piloto automático, freio de estacionamento elétrico, rodas de alumínio de 18 polegadas, sistema de entretenimento com display central com tela de 7 polegadas, áudio de alta performance com oito alto-falantes, sistema City Safety (que evita colisões em baixas velocidades), seis airbags, controle avançado de estabilidade (ASC), controle dinâmico de estabilidade e tração (DSTC), monitoramento de pressão dos pneus, sistemas de proteção contra lesões na coluna cervical e de impactos laterais, Isofix para fixação de cadeiras infantis e assentos integrados para crianças e Volvo On Call (serviço de segurança, proteção e conveniência).

OPCIONAIS
Não tem

NOTAS

» Desempenho     9
» Espaço interno     8
» Porta-malas     8
» Suspensão/direção     9
» Conforto/ergonomia     10
» Itens de série/opcionais     8
» Segurança     9
» Estilo     8
» Consumo     8
» Tecnologia     9
» Acabamento     9
» Custo/benefício     8

QUANTO CUSTA?
O Volvo XC60 D5 é vendido na versão Kinetic por R$ 215.950 e na Momentum, R$ 241.950.

Edésio Ferreira/EM/D.A Press
VOLVO XC60 D5 KINETIC x CONCORRENTE

                                                              Volvo XC60 D5 Kinetic                        Land Rover Discobery Sport SE  
Potência (cv)                                                         220                                                    190
Torque (kgfm)                                                      40,8                                                   42,8
Dimensões (A x B x C x D) (m) (*)                         4,64x1,89x1,71                                   4,59x2,06x1,72
(D x E) (m) (*)                                                     2.77x0,23                                           2,74x0,22
Peso (kg)                                                            1.903                                                  1.863
Porta-malas (litros)                                              495                                                     981
Capacidade de carga (kg)                                     785                                                    777
Velocidade máxima (km/h) (**)                            230                                                    188
Aceleração de 0 a 100 km/h (s) (**)                      8,2                                                      8,9
Consumo cidade (km/l) (***)                               9,5                                                      9,3
Consumo estrada (km/l) (***)                              12,4                                                    10,4

Preço (R$) 215.950 230.196(*) A: comprimento; B: largura; C: altura; D: entre-eixos; e E: altura em relação ao solo
(**) Dados dos fabricantes
(***) Medição do Inmetro
(g) gasolina; (e) etanol

Tags: suv sueco teste vrum Volvo XC60 D5 Kinetic XC60 diesel novo motor diesel Um SUV bom de briga Estado de Minas

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
16 de janeiro de 2018
08 de janeiro de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação