Anda bem, mas bebe

Fiat Toro ganha outro fôlego com o motor 2.4 e o câmbio AT9, mas consumo ainda é alto

Versão intermediária da picape agrada pelo bom desempenho proporcionado pelo motor e câmbio automático de nove velocidades. Mas não é econômica e tem preço bem salgado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/06/2017 17:35 / atualizado em 08/06/2017 14:31 Enio Greco /Estado de Minas

O estilo é um dos pontos fortes da picape da marca italiana - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press O estilo é um dos pontos fortes da picape da marca italiana
 

A Fiat vai bem no segmento de comerciais leves com suas duas picapes campeãs de vendas: a compacta Strada e a intermediária Toro. A segunda foi lançada no início do ano com um motor 1.8 fraco (que já foi retrabalhado) e um 2.0 a diesel mais eficiente. Para oferecer um meio-termo ao consumidor, a montadora ampliou o leque de opções da picape com o propulsor 2.4 Tigershark Multiair flex associado ao câmbio automático de nove velocidades. A Toro ficou bem interessante com esse conjunto, principalmente no que diz respeito ao desempenho. Mas não trouxe ganhos significativos no consumo, apesar de toda a tecnologia aplicada.

A traseira é mais alta, o que compromete um pouco a visibilidade - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press A traseira é mais alta, o que compromete um pouco a visibilidade

O motor 2.4 que equipa a Toro é produzido no México, na mesma fábrica de onde saem outros famosos propulsores da FCA, como o HEMI 5.7 e o Hellcat 6.2. Com bloco de alumínio e soluções internas para reduzir o atrito, o motor casou bem com a picape, que vem equipada de série nesta versão com o sistema start/stop, que desliga e religa o propulsor para economizar combustível. Quando alimentado com etanol, ele despeja 186cv de potência, dando outra dinâmica à Toro, que ficou mais esperta, com arrancadas e retomadas de velocidade mais vigorosas, graças ao bom torque em baixas rotações. O motor tem sistema de partida a frio sem o tanquinho e apresenta funcionamento eficiente associado ao câmbio AT9, tanto no modo automático quanto no manual.

CONSUMO As trocas de marchas são suaves, sem trancos, e o escalonamento possibilita o melhor aproveitamento da força do motor. Para otimizar o desempenho, a picape conta ainda com a tecla Sport no painel, que muda o mapa de calibração do motor e confere uma pegada mais esportiva. Fica ainda melhor se o motorista optar por fazer as trocas de marchas nas aletas atrás do volante, o que deixa as respostas mais imediatas. A Fiat adotou uma série de recursos para reduzir o consumo de combustível, mas, na prática, o resultado não é nada empolgante. Com etanol, a picape não passou dos 5,5km/l na cidade, e com gasolina, ficou na faixa dos 7,5km/l. Números próximos aos registrados pelo Inmetro.

O modelo tem linha de cintura elevada, reforçando o aspecto aerodinâmico - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press O modelo tem linha de cintura elevada, reforçando o aspecto aerodinâmico

A Toro 2.4 Freedom tem suspensões que favorecem a estabilidade, desde que não haja abusos em curvas, situação em que a inclinação da carroceria pode assustar. Além disso, como a maioria das picapes, as suspensões transferem as irregularidades do solo e fazem a picape pular muito quando vazia. A direção foi bem calibrada e, apesar do tamanho do veículo, o bom diâmetro de giro favorece as manobras. O sistema de freios, com discos na dianteira e tambores na traseira, atuou de forma eficiente com o auxílio da eletrônica.
Interior tem acabamento de boa qualidade, mas sistema multimídia é bem simples - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press Interior tem acabamento de boa qualidade, mas sistema multimídia é bem simples

ESTILO Desde que foi lançada, a picape Toro divide opiniões sobre o seu estilo, que é bem ousado. A frente em cunha e o para-brisa inclinado, com as luzes diurnas em destaque sobre os faróis, conferem ao modelo um visual diferenciado. A versão Freedom tem um rack de teto que forma interessante conjunto com o defletor de ar. Na traseira, a porta de duas faces facilita o acesso à caçamba, que tem proteção de plástico e cobertura marítima.

O motor 2.4 litros tem 186cv e 24,9kgfm de torque quando alimentado com etanol - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press O motor 2.4 litros tem 186cv e 24,9kgfm de torque quando alimentado com etanol

Por dentro, a picape tem bom espaço, com bancos dianteiros confortáveis, que contam com abas laterais para firmar o corpo. O do motorista conta com ajuste de altura, mas não tem a regulagem lombar. O banco traseiro oferece conforto para dois adultos. Para três fica um pouco apertado, apesar do túnel no assoalho ser mais baixo. Mas ali os passageiros contam com cintos de segurança de três pontos retráteis e apoios de cabeça.

O espaço no banco traseiro é ideal para dois adultos, mas tem itens de segurança para três - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press O espaço no banco traseiro é ideal para dois adultos, mas tem itens de segurança para três

Todos os comandos estão bem localizados no painel e nas portas, e o motorista ainda conta com o volante muiltifuncional, por meio do qual ele acessa o som, o controlador de velocidade, o computador de bordo e o telefone. O painel é moderno e tem instrumentos de fácil visualização. A posição de dirigir é boa, mas como a picape tem a caçamba arrebitada, a visibilidade traseira fica comprometida, tornando bem útil o sensor de estacionamento. O acabamento interno é de boa qualidade, apesar do excesso de plástico duro. Já os bancos são revestidos em couro, dando um toque de sofisticação ao modelo.

Abertura dupla da porta da caçamba facilita o acesso ao compartimento - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press Abertura dupla da porta da caçamba facilita o acesso ao compartimento

A picape Toro 2.4 Freedom tem como concorrente a Renault Oroch 2.0 Dynamique, que não tem tantos equipamentos, mas custa um pouco menos. Em termos de desempenho, o modelo da Fiat leva vantagem, já que tem mais potência e torque e um câmbio automático mais moderno. Mas no quesito espaço interno a picape da Renault agrada mais.

CONECTIVIDADE
O sistema multimídia da versão testada da Toro é o Uconnect Touch Nav 5, com tela tátil de cinco polegadas, opcional. É um sistema básico, com tela bem pequena. Não tem leitor de CD, obrigando o proprietário a armazenar as músicas preferidos em um pendrive. As mídias disponíveis são rádio, duas entradas USB, uma auxiliar e o Bluetooth, que permite acessar conteúdo em streaming. É bem fácil de interagir. A telefonia reconhece comandos de voz e oferece leitura de mensagens SMS. O navegador tem funcionamento correto e acusa a aproximação de radares, porém necessita de atualização. O sistema conta ainda com relógio e búsola.


As rodas de liga leve são de aro de 17 polegadas com pneus 225/65 - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press As rodas de liga leve são de aro de 17 polegadas com pneus 225/65

FICHA TÉCNICA

MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16V, 2.360cm³ de cilindrada, flex, que desenvolve potências de 174cv (gasolina)/186cv (etanol) a 6.250rpm e torques de 23,5kgfm (g)/24,9 (e) a 4.000rpm

TRANSMISSÃO
Tração 4x2 e câmbio automático de nove marchas

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente, tipo MacPherson, com braços oscilante fixados ao subchassi e barra estabilizadora; e traseira independente, tipo multilink, com barra estabilizadora/ 6,5 x 17 polegadas (liga leve)/ 225/65 R17

DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica

FREIOS
A discos ventilados na frente e tambores na traseira, com ABS

CAPACIDADES
Tanque, 60 litros; capacidade de carga (passageiro e carga), 750kg


FIAT TORO 2.4 FREEDOM AT9 x CONCORRENTE

        Fiat Toro 2.4 Freedom AT9 Renault Duster Oroch Dynamique 2.0

Potência (cv)     174(g)/186(e)                143(g)/148(e)
Torque (kgfm)     23,5(g)/24,9(e)            20,2(g)/20,9(e)
Peso (kg)     1.276                     1.346
Capacidade de carga (kg) 750                 650
Dimensões (A x B x C) (m) (*) 4,91x1,84x1,73         4,69x1,82x1,69
(D x E) (*)     2,99 x 0,21                 2,83 x 0,20
Ângulos de entrada/saída (graus) 25,7/28,3         26/19,9
Volume da caçamba (litros) (**) 820             ND
Velocidade máxima (km/h) (**) ND/200(e)             178(g)/186(e)
Aceleração até 100km/h (s) (**) ND/9,9(e)         10,6(g)/9,7(e)
Consumo cidade km/l (**) 8,6(g)/5,9(e)             9,2(g)/6,4(e)
Consumo estrada km/l (**) 10,8(g)/7,4(e)         10,6(g)/9,7(e)
Preço (R$)             98.790             80.590

(*) A: comprimento; B: largura; C: altura; D: entre-eixos e E: altura do solo
(**) Dados dos fabricantes
(***) Medição do caderno Vrum
G: gasolina; E: etanol
ND Não disponível

Tags: fiat toro 2.4 freedom at9 automática vrum estado de minas enio greco picape

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação