BMW 540i combina como poucos a elegância de um sedã executivo e a esportividade típica da marca

Além do design e do desempenho, destaque da sétima geração do Série 5 são as tecnologias semiautônomas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/02/2018 13:58 / atualizado em 29/05/2018 14:28 Pedro Cerqueira /Estado de Minas


A sétima geração da BMW Série 5 foi lançada no ano passado. O modelo foi completamente reformulado. O resultado não poderia ser melhor, um veículo que combina como poucos a elegância de um sedã executivo com a esportividade presente no DNA da BMW. Testamos a versão 540i, a topo de linha vendida no nosso mercado, que traz o pacote M Sport, que acrescenta rodas de 19 polegadas, faróis Full LED adaptativos e uma porção de equipamentos.

Esta geração do Série 5 se destaca mesmo pela incorporação de diversas funções de direção semiautônomas. Tecnologias como o Controle de Cruzeiro Adaptativo – que cuida do acelerador e do freio de acordo com as configurações feitas pelo motorista – e o Assistente de Direção – capaz de fazer curvas sem o auxílio do motorista – já não são novidade, mas é impossível ficar indiferente ao ver o que um carro já pode fazer sem a interferência do motorista.

Traseira curta, elementos horizontais e dupla saída de escape conferem esportividade - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Traseira curta, elementos horizontais e dupla saída de escape conferem esportividade

Mas, calma! Não dá para esquecer do trânsito e cuidar de outras questões. O sistema exige que o motorista mantenha a atenção constante na direção. O assistente de direção, por exemplo, pede que o condutor toque no volante para provar que está atento. Já as câmeras e sensores que cuidam do entorno do veículo podem ficar “cegos” durante uma tempestade, cabendo sempre ao condutor a responsabilidade final e o controle do veículo. Também falta uma boa infraestrutura de trânsito, como sinalização adequada, para que os sistemas autônomos possam ter parâmetros para atuar melhor.

Capô alongado abriga com folga o motor com seis cilindros em linha - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Capô alongado abriga com folga o motor com seis cilindros em linha

O 540i ainda traz outras tecnologias autônomas, como um avançado Assistente de Estacionamento em que não é preciso comandar volante, acelerador ou freio. Na hora de manobrar esse veículo com quase 5 metros de comprimento, as câmeras dão um grande auxílio. Este sistema é tão inteligente, que reúne as imagens de todas as câmeras e constrói na tela o ambiente no qual o veículo está inserido, incluindo uma imagem aérea virtual. Já câmera de visão noturna ajuda a identificar pedestres e animais que podem não ter sido percebidos pelo motorista. Também existem funções que aumentam a segurança, como o Alerta de Pedestre e o Alerta de Colisão Frontal, onde, na falta de reação do motorista, o veículo pode acionar os freios para impedir ou minimizar os danos. Em outras situações o veículo intervem a partir do volante: ao sair involuntariamente da faixa, ao trocar de faixa ou em caso de colisão lateral.

Alavanca de câmbio tipo joystick traz mais agilidade nas manobras - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Alavanca de câmbio tipo joystick traz mais agilidade nas manobras

DIRIGINDO Mas tanta tecnologia semiautônoma pode deixar o motorista ansioso. É que o 540i traz sob o capô um motor 3.0 biturbo de seis cilindros em linha com 340cv que pedem para ser domados. O torque é de 45,9kgfm. Para acelerar até os 100km/h bastam 5,1 segundos, e a velocidade máxima está limitada a 250km/h. Apesar da força bruta, o 540i é muito dócil na cidade. Com todo o torque disponível em baixas rotações, o motor está sempre pronto para responder à altura, mesmo com o veículo pesando 1.782kg. É possível optar entre três temperamentos: econômico, que é chato porque interfere na climatização e não permite desligar o star/stop; conforto, com ajustes normais e ainda assim um consumo de combustível surpreendente; ou esportivo, para quando for possível esticar.

Obrigatoriedade do estepe reduz capacidade do porta-malas de 530l para 390l - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Obrigatoriedade do estepe reduz capacidade do porta-malas de 530l para 390l

O câmbio automático de 8 marchas é comandado por uma alavanca tipo joystick. As marchas podem ser trocadas manualmente por aletas. A tração é traseira. Os engenheiros da BMW conseguiram calibrar a suspensão com uma boa relação entre conforto e estabilidade. E olha que os pneus usados são de perfil baixo. A direção também varia sua carga de acordo com a situação, leve nas manobras e firme em alta velocidade.

Banco traseiro acomoda dois passageiros com muito conforto - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Banco traseiro acomoda dois passageiros com muito conforto

DENTRO Além de uma bela performance, um sedã executivo também deve se destacar na parte de dentro. O interior acomoda quatro passageiros com muito conforto, oferecendo espaço, climatização e iluminação irrepreensíveis. Esta versão conta com ar-condicionado com quatro zonas de temperatura. No banco traseiro, são três saídas de ar para cada passageiro, inclusive nos pés, cortinas e apoio de braço. Viajar no centro, só mesmo em pequenos trajetos, já que o túnel do assoalho é volumoso. O porta-malas tem bom espaço, 530 litros de volume, mas como a legislação brasileira obriga o veículo a carregar estepe (mesmo com pneus do tipo run flat), é preciso se contentar com os 390 litros que sobram.

O teto solar não é daqueles enorme, mas já cumprem a tarefa de integrar o interior do veículo com o mundo lá fora. Uma função legal é o fechamento das portas por sucção, bastando encostá-la. O Head up Display, que projeta na linha de visão do motorista informações como velocidade, alertas e navegação, cuida com que o motorista não tire os olhos da estrada. Para encontrar a melhor posição com comodidade, os bancos têm vários ajustes elétricos (incluindo lombar), o volante tem ajuste elétrico e o freio de estacionamento é acionado por botão.



CONECTIVIDADE

A nova central iDrive agora tem tela tátil de 10,25 polegadas. A conectividade é feita a partir de um chip, que permite acesso tanto à internet quanto à telefonia, já que a marca oferece serviços de assistência e conveniência. O sistema é compatível com Apple CarPlay, com conexão sem fio. Claro que a central oferece telefonia e navegação. Entre as mídias, destaque para o disco rígido de 20GB para armazenar música. O sistema de som é premium, da marca Harman Kardon, composto por 16 alto-falantes e com 600W de potência.


Fonte de diversão. motor 3.0 biturbo gera 340cv de potência e 45,9kgfm de torque - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Fonte de diversão. motor 3.0 biturbo gera 340cv de potência e 45,9kgfm de torque

FICHA TÉCNICA

MOTOR
Dianteiro, seis cilindros em linha, 2.998cm³ de cilindrada, biturbo, a gasolina, que desenvolve potência de 340cv entre 5.500rpm e 6.500rpm, e torque de 45,9kgfm entre 1.380rpm e 5.200rpm

TRANSMISSÃO
Tração traseira, com câmbio automático de 8 marchas

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, duplo A; e traseira multilink/de liga leve, 8x19 polegadas na dianteira e 9x19 polegadas na traseira/245/40 R19 na dianteira e 275/35 R19 na traseira

DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica

FREIOS
A discos ventilados na dianteira e na traseira

CAPACIDADES
Do tanque, 68 litros; e de carga útil (passageiros mais bagagem), não divulgada pela marca

Apesar do pneu de perfil baixo, o rodar do sedã é suave - Edésio Ferreira/EM/D.A Press Apesar do pneu de perfil baixo, o rodar do sedã é suave

EQUIPAMENTOS

DE SÉRIE
Alarme, ar-condicionado digital de quatro zonas, assistente de estacionamento, assistente de faróis, bancos dianteiros com ajuste elétrico e memória, airbags frontais, laterais dianteiras e de cortina, câmera traseira de manobras, chave presencial para acesso e partida, controle eletrônico de estabilidade e tração, faróis Full Leds, pacote M Sport, pneus run flat, rodas de alumínio de 19 polegadas, sistema multimídia, tampa do porta-malas com abertura e fechamento elétricos, assistente de faixa de rolamento, assistente de visão noturna, câmeras de visão externa em 360 graus, controle de cruzeiro adaptativo, faróis adaptativos, fechamento das portas por sucção, Head up Display, sistema de áudio Harman Kardon.


OPCIONAIS
Não tem.



QUANTO CUSTA
A BMW Série 5 é vendida em duas versões, começando pela 530i, por R$ 328.950. A versão testada foi a 540i, com preço sugerido de R$ 411.950.


Notas (0 a 10)

Desempenho 10
Espaço interno 9
Porta-malas 7
Suspensão/direção 9
Conforto/ergonomia 10
Itens de série/opcionais 9
Segurança 10
Estilo 9
Consumo 9
Tecnologia 10
Acabamento 9
Custo/benefício 9



BMW 540I X CONCORRENTES


BMW 540I M SPORT x AUDI A6 AMB. PLUS 3.0 S TRONIC QUATTRO x MERCEDES-AMG E 43 4MATIC

Potência (cv) 340 333 401
Torque (kgfm) 45,9 44,8 53
Dimensões (A x B x C x D) (m) (*) 4,93x1,86x1,48x2,97 4,93x1,87x1,45x2,91 4,94x2,06x1,44x2,94
Peso (kg) 1.782 1.750 1.840
Porta-malas (litros) (**) 530 530 540
Velocidade máxima (km/h) (**) 250 250 250
Aceleração até 100km/h (s) (**) 5,1 5,1 4,6
Consumo cidade (km/l) (***) 8,5 7,7 7,3
Consumo estrada (km/l) (***) 11,3 10,6 9,8
Preço (R$) 411.950 379.990 514.900

(*) A: comprimento; B: largura; C: altura; e D: entre-eixos
(**) Dados dos fabricantes
(***) Dados do Inmetro
(g) gasolina; (e) etanol

Tags: teste vrum cerqueira bmw série 5 540i

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação