No mundo da fantasia

Chevrolet Onix Activ 2019 tem boa lista de equipamentos de série, mas o preço assusta

Versão aventureira do Chevrolet Onix tem design caprichado e muito conteúdo na linha 2019, mas seu preço parece conto de terror. Motor e câmbio deixam o modelo espertinho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/07/2018 14:32 Pedro Cerqueira /Estado de Minas

Versão aventureira do campeão de vendas tem detalhes como molduras nas caixas de rodas e rack de teto - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press Versão aventureira do campeão de vendas tem detalhes como molduras nas caixas de rodas e rack de teto
 

Já não é de hoje que as versões aventureiras enriquecem as opções de hatches compactos no mercado automotivo brasileiro. Esses modelos também enriquecem os fabricantes, que os oferecem a preços que obrigam o comprador a ter muita coragem para assinar o cheque. E existem tantos desses corajosos, que novos compactos aventureiros chegam a ser oferecidos como SUVs. Mas, felizmente, esse não é o caso do nosso teste desta edição, o Chevrolet Onix Activ, que tem preço sugerido de R$ 69.390.

O compacto tem linha de cintura elevada e teto arqueado, com laterais limpas - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press O compacto tem linha de cintura elevada e teto arqueado, com laterais limpas

Como de costume, a principal diferença aqui são os penduricalhos que remetem ao mundo do fora de estrada, e até da esportividade, apesar de o veículo não ter funcionalmente esses atributos. O design ficou caprichado, com as indefectíveis molduras de plástico nas caixas de roda, além de rack de teto, faróis com máscara negra, luzes de neblina, minissaias laterais, rodas pintadas de preto, assim como as capas dos retrovisores. Atrás, destaque para o defletor do para-choque, com a lanterna de neblina integrada.

 

 

A BORDO O interior traz bancos exclusivos da versão, que mesclam couro e tecido. O acabamento é simples (até demais para um carro que beira os R$70 mil), com excesso de plástico no painel, portas e colunas. Alguns encaixes entre essas peças deixam frestas, revelando comandos internos e fiação. Outros detalhes deixam a desejar, como falta de iluminação no porta-malas e para os passageiros de trás. Motorista conta com regulagem em altura do assento e do volante. Uma função muito interessante é o lembrete, sempre que o veículo é desligado, para conferir se algum objeto foi esquecido no banco traseiro, servindo principalmente para impedir que uma criança ou animal de estimação seja deixado ali.

Modelo 2019 não trouxe mudanças no visual, mas o estilo ainda é um de seus pontos fortes - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press Modelo 2019 não trouxe mudanças no visual, mas o estilo ainda é um de seus pontos fortes

Mas o hatch é espaçoso, umas das razões que explicam seu sucesso. O banco de trás acomoda com conforto dois passageiros, que não podem ser muito altos para não esbarrar a cabeça no teto. Ainda assim, há cinto de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos, além de sistema Isofix e Top Tether para fixar assentos infantis. O porta-malas tem bom tamanho para um compacto e ainda guarda o estepe. Para ampliar o compartimento de carga, é possível rebater o encosto do banco traseiro, mas não fracionado, perdendo-se em versatilidade. Faz falta uma maçaneta na tampa do porta-malas, que só pode ser aberto por um botão no painel ou um comando na chave.
O plástico predomina no acabamento interno e o sistema multimídia não tem GPS integrado - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press O plástico predomina no acabamento interno e o sistema multimídia não tem GPS integrado

DIRIGINDO O conjunto mecânico reúne motor 1.4 e câmbio automático de seis marchas, que deixam o Onix bastante esperto. Na cidade, as rotações tendem a ficar sempre abaixo dos 2.000rpm, contribuindo para reduzir o consumo de combustível, mas a gestão do câmbio não demora a perceber a necessidade de reduzir marchas nas subidas ou quando é preciso dar uma "esticada". O motorista pode optar pelas trocas de marchas manuais, que são feitas por meio de um botão na alavanca do câmbio. Uma opção pouco prática.

Banco traseiro tem bom espaço para duas pessoas e os itens de segurança para três - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press Banco traseiro tem bom espaço para duas pessoas e os itens de segurança para três

Na estrada, o compacto se mantém espertinho, mostrando bom ritmo para um veículo equipado com motor pequeno. Retomadas e ultrapassagens são satisfatórias, mas às custas de manter altas rotações, quando o motor se mostra bastante ruidoso. Elevada em relação à versão normal, a suspensão é um pouco rígida, mas não chega a ser desconfortável (os pneus de perfil alto contribuem para isso), assegurando também a estabilidade. Volante tem pesos adequados para cada situação, deixando o carro na mão do motorista.
Com seus 280 litros de capacidade, o porta-malas tem volume compatível com o segmento - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press Com seus 280 litros de capacidade, o porta-malas tem volume compatível com o segmento

CONCORRENTES É impossível não se assustar com o preço cobrado pelo Onix Activ, mas é fato que as versões aventureiras de seus principais concorrentes são vendidas por preços semelhantes. Como o Onix é o campeão de vendas, escolhemos como principais adversários o segundo colocado HB20X e o terceiro mais vendido Ford Ka Freestyle, todas versões aventureiras equipadas com câmbio automático. Quanto ao conteúdo, Onix Activ e HB20X trazem pacote de equipamentos muito parecidos. Quem se destaca nesse quesito é o Ka Freestyle, que traz itens interessantes – como airbags laterais e de cortina, controles de tração e estabilidade, e assistente de partida em rampa – pelo mesmo preço. É preciso ficar atento, pois, por um pequeno acréscimo, é possível comprar um SUV compacto básico (como um Nissan Kicks, vendido a partir de R$ 72.990), ou um jipe compacto 4x4 (como o Suzuki Jimny, a partir de R$ 69.990), ou outros compactos menos enfeitados, porém muito bem equipados.
Motor 1.4 desenvolve potência máxima de 106cv e torque de 13,9kgfm, com etanol - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press Motor 1.4 desenvolve potência máxima de 106cv e torque de 13,9kgfm, com etanol

CONECTIVIDADE O Onix Activ traz de série o MyLink, com tela tátil de sete polegadas. Faz falta a navegação GPS integrada, função que pode ser parcialmente substituída pelo uso de aplicativos com este fim (como o Waze), já que é possível espelhar o smartphone na tela do painel (por meio do Android Auto e Apple CarPlay). Mas é preciso deixar claro que o uso de aplicativos depende do sinal de telefonia (comum de faltar na estrada) e consome o pacote de dados do usuário. As mídias disponíveis são rádio, entrada USB e Bluetooth (com função streaming). O sistema também conta com o sistema OnStar, que oferece serviços de conveniência, segurança e até resgate do veículo.


As rodas de alumínio de 15 polegadas são calçadas com pneus 195/65 - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press As rodas de alumínio de 15 polegadas são calçadas com pneus 195/65

FICHA TÉCNICA

MOTOR (*)
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.398cm³ de cilindrada, oito válvulas, com potências máximas de 98cv (gasolina) e 106cv (etanol) a 6.000rpm e torques máximos de 13kgfm (gasolina) e 13,9kgfm (etanol) a 4.800rpm

TRANSMISSÃO (*)
Tração dianteira e câmbio automático de seis marchas

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS (*)
Dianteira, independente, do tipo McPherson, com barra estabilizadora; e traseira, semi-independente, com eixo de torção/ em alumínio, com 6J x 15 polegadas / 195/65 R15

DIREÇÃO (*)
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica progressiva

FREIOS (*)
Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS

CAPACIDADES (*)
Peso, 1.092 quilos; tanque, 54 litros; de carga (passageiros e bagagem), 375kg;porta-malas, 280 litros

DIMENSÕES (*)
Comprimento, 3,95m; largura, 1,73m; altura, 1,55m; distância entre-eixos, 2,52m; altura em relação ao solo, 20cm

VELOCIDADE MÁXIMA (*)
Não Disponível

ACELERAÇÃO DE 0 A 100KM/H (*)
Não disponível

CONSUMO (**)
cidade 11,2km/l(g)/7,7km/l(e)
Estrada 12,6km/l(g)/8,6km/l(e)

(*) Dados dos fabricantes
(**) Medição do Inmetro
(g) gasolina; (e) etanol

EQUIPAMENTOS

DE SÉRIE
Airbag duplo; alarme; sistema Isofix para fixação de assentos infantis; faróis e lanternas de neblina; monitoramento da pressão dos pneus; sistema de freios com ABS e sistema de distribuição de frenagem; adesivo de coluna na cor preta; faróis com máscara negra e detalhes em preto High Gloss; grade com detalhes preto High Gloss; luz de posição em LED; para-choques exclusivos da versão; rack de teto; rodas de alumínio aro 15 polegadas; ar-condicionado; câmera de ré; chave canivete; coluna de direção com regulagem em altura; computador de bordo; controlador de velocidade de cruzeiro; limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro; direção elétrica; retrovisores com ajustes elétricos; sensores de chuva e estacionamento traseiro; trava elétrica nas portas; vidro elétrico nas portas dianteiras e traseiras; bancos forrados em tecido exclusivo para a versão Activ; banco do motorista com regulagem de altura; sistema multimídia MyLink com tela de sete polegadas.

OPCIONAL
Pintura metálica (R$ 1.490)

QUANTO CUSTA?
O Chevrolet Onix Activ 1.4 com câmbio automático é vendido por R$ 68.390. Com a pintura metálica, a unidade testada custa R$ 69.880.


NOTAS

Desempenho 8
Espaço interno 7
Porta-malas 7
Suspensão/direção 8
Conforto/ergonomia 7
Itens de série/opcionais 7
Segurança 7
Estilo 8
Consumo 7
Tecnologia 7
Acabamento 7
Custo/benefício 5


Tags: líder vendas campeão aventureiro compacto hatch 2109 modelo 1.4 activ onix chevrolet

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação