Publicidade

Estado de Minas

Sema 2006 - Maluquices do Tio Sam

Feira de tuning nos Estados Unidos tem presença de montadoras que não querem ficar de fora do filão. Carros modificados e conceitos são destaques no evento


postado em 08/11/2006 16:04

GM EcoJet usa motor a biodiesel, enquanto Volvo Carestro é movido a etanol: ambos foram apresentados pela primeira vez no Sema e evidenciam importância da mostra de tunados para as grandes montadoras(foto: General Motors/Divulgação - Volvo/Divulgação)
GM EcoJet usa motor a biodiesel, enquanto Volvo Carestro é movido a etanol: ambos foram apresentados pela primeira vez no Sema e evidenciam importância da mostra de tunados para as grandes montadoras (foto: General Motors/Divulgação - Volvo/Divulgação)
Um cupê, com tecnologia de ponta, design moderno e muita potência. Uma máquina que não faria feio como carro-conceito em salão de automóvel. O GM EcoJet surgiu de uma conversa entre Jay Leno (apresentador de TV e colecionador de carros de alto desempenho) e o mecânico de sua coleção, Bernard Juchli, que discutiam a possibilidade de um esportivo ecológico. O resultado é um carro equipado com turbina de 650cv movida a biodiesel. O estilo, que tem como base os modelos angulosos da Cadillac, tem elementos de inspiração aeronáutica.

Caresto

Outro conceito que escolheu o Sema como palco para a sua estréia foi i Volvo Caresto V8 Speedester, montado por Leif Tufvesson, um dos maiores especialistas em carros fora-de-série da Europa. O Caresto tem motor central e roda com etanol. O desenho é inspirado nos carros da década de 1930, mas foram aplicadas tecnologias de ponta. O teto removível é feito em fibra de carbono e há três câmaras de vídeo para auxiliar em manobras. Uma particularidade do Caresto é que foi fabricado outro exemplar, na cor branca, que ficou na Suécia.

Feast

Com pequeno motor de 660cm³ turbo de 70cv, o desempenho não é o forte do Mistsubishi i Feast, mas a aparência é digna de qualquer tunado. Foram colocados aerofólios e spoilers em fibra de carbono, rodas de liga leve exclusivas e pintura personalizada com decalques. Duas telas de cristal líquido para reprodução de DVD ficam no pequeno painel.
Pequeno Mitsubishi i Feast tem apenas 70 cv, mas exterior é digno de tunado radical. Colocaram até piscina na caçamba da picape(foto: Mitsubishi/Divulgação - Ford/Divulgação)
Pequeno Mitsubishi i Feast tem apenas 70 cv, mas exterior é digno de tunado radical. Colocaram até piscina na caçamba da picape (foto: Mitsubishi/Divulgação - Ford/Divulgação)

Armada

A Nissan elaborou uma versão exclusiva do SUV Armada personalizada por Marc Ecko, estilista especializado em moda jovem. As modificações, além de acessórios como aerofólios e rodas, também incluíram uso de cores chamativas e pouco convencionais, além do interior com materiais nobres e costuras aparentes.

Golf GTI R

O tradicional esportivo da Volkswagen ganhou tratamento feito em casa. O motor 2.0 turbo de 200cv passou para 375cv. Para acompanhar as alterações no coração, o exterior também ganhou roupagem mais agressiva. A principal modificação está na grade, em que o novo mas já tradicional V da marca ficou mais pronunciado. As rodas são de 19 polegadas, com pneus 265/30.

Dodge Challenger

Com linhas nostálgicas no estilo dos anos de 1970, o Callenger Super Stock concept comemora os 50 anos do motor HEMI que surgiu em 1957. O carro foi construído fora da fábrica, pelo fabricante de acessórios Mopar.

Ford F250 Tiki Truck

A picapona da Ford foi transformada em uma área de lazer sobre rodas. A caçamba virou piscina e na traseira há um pequeno deck com geladeira e até churrasqueira. O exotismo também passa pelas faixas nas laterais e um painel decorativo de gosto duvidoso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade