Prova - No alto das montanhas

Etapa de rali da Toyota na Serra da Mantiqueira mistura trechos de terra e asfalto e reúne aventureiros de primeira viagem, que tentam manter regularidade no trajeto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/07/2007 16:52 Rafael Bozzolla /Estado de Minas
Mais de 120 carros reúnem pilotos e navegadores que aguardam pacientemente a vez na largada - Marlos Ney Vidal/EM - 21/07/07 Mais de 120 carros reúnem pilotos e navegadores que aguardam pacientemente a vez na largada
Campos do Jordão (SP) - Que a maioria dos proprietários de veículos 4x4 jamais vão utilizar todo o potencial de fora-de-estrada de seus veículos, isso não é novidade. A situação é particularmente verdadeira quando se trata de utilitários-esportivos, cujo principal atrativo é a posição elevada de dirigir e a aparente sensação de segurança que isso acarreta. No caso das picapes, há quem compre o veículo apenas porque gosta, mas alguns motoristas até usam o espaço de carga. O que não quer dizer que o veículo vai passar por trechos em que a característica fora-de-estrada seja realmente necessária.

Por isso, as montadoras procuram formas de estimular seus clientes a colocar os carros na terra. A iniciativa ajuda a aproximar os donos dos fabricantes, e incentiva a troca do carro por outro com tração nas quatro rodas. O exemplo mais extremo é o Mitsubishi Motorsports, que já entrou para o calendário automobilístico nacional.

A Toyota também tem seu calendário de provas de rali, a Hiluxexpedition. Realizada desde 2003, tem caráter mais recreativo e, apesar do nome, é aberto a proprietários de carros da marca com tração integral: Rav4, Land Cruiser Prado, Bandeirante, SW4, além da própria Hilux.

No último fim de semana, a prova teve como cenário a cidade serrana de Campos do Jordão (SP). Mais de 120 veículos, nas categorias Graduado e Turismo, além da imprensa convidada, passaram três horas dirigindo por trilhas e trechos de asfalto.

Cronômetro
A prova é do tipo de regularidade, em que a organização estabelece o tempo no qual os trechos devem ser percorridos, incluindo pontos de cronometragem surpresas na rota. Quem passar além do tempo, perde pontos; quem passar adiantado, também. Neste ponto, o navegador é peça chave. Além de 'cantar' as curvas e desvios do trajeto, é responsável por informar ao motorista o tempo correto para cada parte do trajeto, incluindo a velocidade recomendada para cravar o tempo.

O percurso em Campos do Jordão misturava trechos urbanos, de estrada secundária, terra batida, além de algumas partes em trilhas bastante acidentadas em que a capacidade todo terreno da Land Cruiser Prado usado por Veículos era fundamental para vencer os obstáculos. E aí aparecem algumas incongruências.

Os 17 km/h recomendados para vencer trilhas no alto da serra da Mantiqueira obrigam o motorista a passar de forma um tanto quanto afoita por buracos e curvas fechadas na beira de precipícios, enquanto os 33 km/h no qual deviam ser percorridos trechos sinuosos, mas de asfalto em perfeitas condições, fazem com que o condutor realmente tenha que maneirar para não passar acima do previsto no cronômetro.

Como resultado, principalmente em uma prova com grande número de novatos, não é difícil ver carros parados, esperando o tempo passar. Para quem está nesta situação, a torcida é para não estacionar à vista de um dos controladores de prova, pois aí são mais pontos perdidos. O consolo é admirar as belas paisagens.

Como na largada, o intervalo é de um minuto para cada veículo, a chegada também é estratificada. Os que cruzam a linha antes devem esperar para saber o resultado. Para evitar a monotonia, um mestre de cerimônias faz brincadeiras com o público, enquanto os resultados não saem. Até mesmo os 'zequinhas' (caronas que vão no banco de trás e não participam diretamente da prova) são premiados. Pode não ser o conceito ideal de diversão para todos, mas não deixa de ser uma boa oportunidade para passar um fim de semana diferente.

(*) Jornalista viajou a convite da Toyota

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
31 de janeiro de 2018
30 de janeiro de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação