Portal Vrum

Toyota/Divulgação
Toyota/Divulgação

FICHA TÉCNICA
MOTOR
Dianteiro, longitudinal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 2.982 cm3 de cilindrada, com sistema de alimentação por injeção direta, intercooler e eletrônica common rail e turbo de geometria variável, que gera 163 cv de potência máxima a 3.400 rpm e torque máximo de 35 kgfm entre 1.400 e 3.200 rpm
TRANSMISSÃO
Câmbio manual de 5 marchas; tração 4x2, com opção de engate 4x4 por alavanca
DIREÇÃO
Tipo pinhão e cremalheira com assistência hidráulica
SUSPENSÃO
Dianteira Independente, com braços duplos triangulares e barra estabilizadora
Traseira Eixo rígido e molas semi-elípticas de duplo estágio
RODAS / PNEUS
6,5 x 15 polegadas (em liga leve) / 255/70 R 15
FREIOS
Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS nas quatro rodas
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
80 litros
PESO
1.735 kg
EQUIPAMENTOS DE SÉRIE
Pára-barro dianteiro e traseiro, vidros verdes, ar-condicionado, aviso sonoro de faróis ligados e chave na ignição, regulagem
de altura do banco do motorista, coluna de direção regulável em altura, abertura interna da tampa do tanque de combustível, desembaçador do vidro traseiro, estribos laterais, controle automático de velocidade, porta-luvas com chave, porta-óculos no teto, rádio com CD com MP3 e capacidade para seis discos, air bag duplo, faróis de neblina, freios ABS, imobilizador de motor na chave, sistema de alarme e travas elétricas.
OPCIONAL
Não há.
TOYOTA HILUX SRV 3.0 X CONCORRENTES
TOYOTA HILUX FORD RANGER CHEVROLET S10 NISSAN FRONTIER MITSUBISHI L200 SRV LIMITED 3.0 LIMITED 3.0 TORNADO SE STRIKE 2.8 SPORT HPE 2.5
Potência (cv) 163 163 132 132 141
Dimensões 5,25X1,83X1,81 5,14X2,02X 5,25X2,04X1,66 5,07X1,82X1,84 5,00X1,81X1,80
(AxBxCxDxE) (m) (*) X3,08X0,21 1,82X3,19X0,36 X3,12X0,22 X2,95X0,21 X2,96X0,23
Ângulos entrada/saída ND 30°/20° 26°/22° 32°/24° 36°/26°
Capacidade de carga (kg) 1.025 1.020 1.034 1.000 1.080
Velocidade máxima (km/h) (**) ND 165 171 164 ND
Aceleração ND 12,9 13,2 13,9 ND
de 0 a 100 km/h (s) (**)
Consumo cidade/estrada ND ND 10,4/13,8 11,4/14,6 ND
(km/l) (**)
(*) A comprimento, B
(**) Dados fornecidos pelos fabricantes
POSITIVO
* Dirigibilidade
* Motor
* Espaço interno
NEGATIVO
* Falta protetor de cabine
* Diâmetro de giro
* Falta terceiro apoio de cabeça no banco traseiro
* AVALIAÇÃO TÉCNICA
+ BOM
++ REGULAR
+++ RUIM
ACABAMENTO DA CARROCERIA
Tem quatro ganchos para fixar cargas. A qualidade final da pintura é baixa, pois contém alguns pontos com impurezas. A montagem dos acabamentos plásticos envolvendo a curvatura dos pára-lamas é boa, assim como a montagem dos estribos e párabarro. As portas, capô e tampa traseira têm boa centralização e nivelamento em relação à carroceria. (++)
VÃO DO MOTOR
O espaço e o acesso à manutenção, em geral, são bons. O isolamento acústico nas partes internas do capô e painel de fogo proporciona bom resultado para motorização a diesel. (+)
ALTURA DO SOLO
Não foram notadas interferências com o solo, mesmo com carga máxima. Tem chapa em aço para o cárter, caixa de transferência e tanque de combustível. (+)
CLIMATIZAÇÃO
Apresentou bom funcionamento, com tempo satisfatório para climatizar todo o habitáculo. A vedação é boa, evitando a entrada de gases e fumaça. O nível de ruídos de funcionamento é satisfatório. (+)
FREIOS
O sistema ABS (que atua nas quatro rodas) tem boa sensibilidade e reações equilibradas nos dois eixos. O espaço percorrido até a imobilização, em frenagem de emergência sobre piso de terra cascalhada, é bem razoável. O freio de estacionamento apresentou bom funcionamento. O sistema não indicou superaquecimento. (+)
CÂMBIO
A qualidade do engate é boa para esse tipo de veículo, com precisão satisfatória. O curso da alavanca é longo. As relações de marchas são eficientes no uso misto. O sistema de tração apresentou bom funcionamento nas opções 4x4H e 4x4L. As operações de
engate e desengate são fáceis de operar. A embreagem é macia, mas o curso morto do pedal é grande. (+)
MOTOR
Sua performance é excelente para um motor a diesel 3.0 de quatro cilindros. Apresentou boa dirigibilidade na cidade e na estrada. Mesmo quando está carregado (com carga útil de cinco adultos, mais 450 quilos de carga) e com o ar-condicionado ligado, o rendimento satisfaz. O nível de ruídos é baixo e as vibrações são mínimas. (+)
VEDAÇÃO
Boa contra água e poeira. (+)
NÍVEL INTERNO DE RUÍDOS
Os ruídos no habitáculo são poucos, inclusive quando o carro trafega sobre paralelepípedo, terra e asfalto ruim. O efeito aerodinâmico (do ar sobre a carroceria) é facilmente percebido a partir de 110 km/h, e incomoda em alta velocidade. (++)
SUSPENSÃO
O conforto de marcha é limitado só com o condutor. Nessa condição, as imperfeições do solo são transferidas para dentro. Mas melhoram muito quando o veículo está carregado. A estabilidade é limitada para uso esportivo, mas é bem razoável numa condução usual. Sobre estrada de terra cascalhada e com costelas é bom usar a 4x4H, pois o veículo é bastante instável, devido à grande força de tração das rodas traseiras. (++)
DIREÇÃO
Os pneus homologados são de uso misto (asfalto e terra). A coluna de direção tem regulagem em altura, mas o curso é limitado para cima. Apresentou boa precisão na reta e em curvas. O diâmetro de giro não é bom em manobras de estacionamento. (++)
ILUMINAÇÃO
Os faróis são eficientes no baixo e no alto, mas pecam por não terem ajuste interno elétrico em altura, pois incomodam e prejudicam os motoristas que vêm em sentido contrário e quando se trafega atrás de outro veículo. Não há luz de cortesia em nenhum local. Tem faróis auxiliares de neblina embutidos no pára-choque e a iluminação do teto é satisfatória, com duplo spot fixo na frente e uma lanterna na zona central. (+++)
LIMPADOR DE PÁRA-BRISA
Ao esguichar água no pára-brisa, as palhetas varrem uma área satisfatória. É fácil o reabastecimento d’água no reservatório, dentro do vão do motor.(+)
ESTEPE/MACACO
O macaco e o kit de troca (chave de roda e extensões) estão acondicionados abaixo do assento traseiro. A operação de troca é ruim, cansativa e não é limpa. Se for feita à noite, será necessário uma lanterna para achar o ponto de apoio da extremidade da extensão que ativa o sistema de basculamento do pneu (que fica abaixo do vão de carga) e, também, para abrir o cadeado antifurto. Os pontos de apoio do macaco (tipo garrafa) estão sob a travessa da suspensão dianteira e no alojamento do eixo traseiro. A única facilidade é que os seis prisioneiros são fixos nos cubos, o que ajuda no apoio da roda/pneu, que é pesado (roda de aço). (+++)
FERRAMENTAS
Dispões de chave de fenda combinada com Phillips, uma chave de boca (10x8mm e 12x14mm) e um alicate tipo papagaio. (+)
ALARME
A chave de ignição tem sistema de imobilização do motor. Tem ainda sensor de impacto, que monitora as partes móveis em caso de arrombamento. Não inclui sensor volumétrico no habitáculo e nem sobe os vidros automaticamente ao dar comando de travar as portas. (++)
* Estas avaliações foram realizadas para o Caderno de Veículos do jornal Estado de Minas do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Fonte: Fabricante

Encontre seu veículo