AVIAÇÃO

Anac veta uso do Airbus A380 no Brasil

Empresas queriam operar o maior avião de passageiros no Brasil até a Copa do Mundo, mas agência reguladora diz que aeroportos brasileiros ainda não estão preparados para operações regulares

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/02/2014 16:20 / atualizado em 10/02/2014 19:53 Marcello Oliveira /Portal Vrum

Teste do Airbus A380 realizado no Aeroporto de Guarulhos em 2012 - H. Gousse/ Divulgacao Teste do Airbus A380 realizado no Aeroporto de Guarulhos em 2012
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), vetou a operação regular do maior avião de passageiros do mundo, o Airbus A380, em aeroportos brasileiros. Algumas empresas solicitaram o uso do equipamento visando a alta demanda para a Copa do Mundo deste ano, porém, segundo a agência, nenhum aeroporto do Brasil está apto para receber operações regulares do A380.


A Air France, que hoje voa para São Paulo com Boeing 777, solicitou a troca pelo Airbus A380 na rota Paris-São Paulo e a Emirates, que também usa o Boeing 777-300, pediu para usar o Airbus nas rota Dubai-São Paulo. A Infraero confirmou que as duas empresas chegaram a solicitar autorização de uso do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro como alternativa de pouso para uma possível rota regular para São Paulo, mas que os estudos ainda estão em andamento.

Em nota, a Anac informou que o Aeroporto de Guarulhos é o mais adiantado em termos de certificação para receber o A380. Entretanto, em vistoria realizada na última quarta-feira (05), técnicos da agência, acompanhados do operador aeroportuário e das empresas interessadas na operação desse tipo de aeronave, verificaram que o aeroporto ainda não cumpriu todos os requisitos mínimos e essenciais de segurança para esse tipo de aeronave, em especial a ampliação da largura do acostamento externo da pista de pouso e decolagem em 7,5 metros além da área atualmente pavimentada de cada lado e em toda a extensão da pista a ser utilizada para operação do A380, que pode transportar até 845 passageiros. Dessa forma, ainda não será possível operar esse tipo de aeronave em Guarulhos.

Isso só será possível quando os requisitos forem cumpridos pelo operador aeroportuário, no caso a concessionária do aeroporto de Guarulhos. A Infraero se defendeu, alegando que o Aeroporto do Galeão (Rio de Janeiro) já possui a estrutura técnica necessária para aeronaves de categoria F, como o A380 ou o Boeing 747-800, com a maior pista pública do Brasil, de 4.000 metros de comprimento por 60 metros de largura.
747-800,o maior avião da Boeing, já está autorizado a operar em Guarulhos - REUTERS 747-800,o maior avião da Boeing, já está autorizado a operar em Guarulhos

 

A GRU Airport, empresa que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo informou que já está trabalhando para cumprir todas as exigências da ANAC para que o terminal receba a autorização de operações regulares do A380. A concessionária também informou que o terminal já está pronto para as operações com o Boeing 747-800 e que um teste realizado pela Lufthansa com passageiros já foi feito com sucesso. A companhia alemã, deverá ser a primeira a introduzir o equipamento no Brasil, provavelmente na rota Frankfurt-São Paulo, que já usa a versão -400 do jumbo, um pouco menor do que a versão -800, que pode levar quase 500 passageiros.

 

Veja mais fotos do Boeing 747-800

Tags: aeroportos

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
30 de junho de 2015
29 de junho de 2015
27 de junho de 2015