Concessionárias argentinas fazem promoção 'compre 1 e leve 2' em resposta à crise cambial

Revendas autorizadas de pelo menos quatro marcas oferecem veículos 0km de 'presente' para quem comprar determinados modelos. Crise levou governo a aumentar os impostos para carros importados no país

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/02/2014 20:18 / atualizado em 12/02/2014 20:48 Marcello Oliveira /Portal Vrum , Marina Rigueira /Estado de Minas

Para amenizar efeitos da alta dos impostos, Renault oferece um Clio de 'brinde' na compra do SUV Koleos - Reprodução da internet/Autoblog Argentina Para amenizar efeitos da alta dos impostos, Renault oferece um Clio de 'brinde' na compra do SUV Koleos

 

Com a crise cambial que assola a Argentina, o mercado viu despencar o consumo dos moradores do país vizinho. A presidente Cristina Kirchner resolveu mexer na alíquota de impostos de carros importados de médio e alto luxo depois da supervalorização do dólar, fazendo com que os preços destes modelos aumentassem de 50% a 100% do valor original. O país que tinha os carros mais baratos da América do Sul, agora ganha fama de ter os preços mais salgados da região.

 

Para reduzir os efeitos negativos dessa mudança, concessionárias argentinas, em uma atitude de desespero, apelaram para uma promoção quase inacreditável. Na compra de um determinado modelo 0km, o consumidor leva outro para casa, sem nenhum custo adicional.


A estratégia foi adotada por revendedores de algumas marcas. Pelo menos quatro montadoras - Kia, Renault, Volkswagen e Chrysler - estão trabalhando desta maneira para amenizar os resultados negativos. Especialistas preveem uma queda de pelo menos 30% nas vendas de veículos na Argentina em 2014.


Por telefone, a reportagem do Vrum apurou a situação em algumas concessionárias da capital portenha e confirmou a ação promocional. Na Renault, quem comprar o SUV Koleos 4x4 Privilège, leva para a casa um Clio duas portas com ar condicionado de 'presente'. De acordo com o vendedor da concessionária autorizada Lumiere, Eduardo Iuturbe, o valor do Koelos saltou de 380 mil pesos argentinos (R$ 117,8 mil) para 715 mil pesos (R$ 221,9 mil) . “A promoção começou há uma semana e neste pequeno período já tivemos uma grande demanda e estamos satisfeitos com o resultado”, disse. O 'regalo' para quem levar o SUV da Renault, custa o equivalente a R$ 31 mil.

 

Veja fotos do 'presente' oferecido pela Renault

 

Em uma concessionária Kia de Buenos Aires, o consumidor que optar pelo Sportage 4x4 ganha um Picanto 0km. Segundo o vendedor Horacio Garcez, o SUV teve um sobrepreço de 200 mil pesos após a alteração na alíquota. “Se não fizéssemos essa promoção logo no primeiro fim de semana da nova regra, não conseguiríamos continuar com as operações normais, pois os custos para manter a concessionária são bem altos e essa estratégia foi uma forma de aguçar o desejo do consumidor”, explica.


Na Volkswagem, o presente é um Gol Trend 2 portas, oferecido para quem comprar um Passat 1.8 Tsi. Já uma concessionária Chrysler, que também controla uma revenda Volkswagen, oferece como 'brinde' uma picape Amarok para quem comprar o sedã 300C.

Anúncio em jornal argentino revela promoção que dá um Gol na compra de um Passat - Reprodução da internet/Autoblog Argentina Anúncio em jornal argentino revela promoção que dá um Gol na compra de um Passat


Segundo a imprensa argentina, a população pode ter encontrado nos automóveis uma maneira segura de reter seus investimentos. Com a crise cambial que afeta o país por causa da limitação da compra de dólares, os argentinos evitam deixar dinheiro nos bancos, lembrando ainda que o mercado imobiliário se encontra estagnado há pelo menos um ano. A compra de um carro pode parecer uma forma segura de proteger as finanças dos consumidores argentinos.


Carro de brinde também na Europa

Por causa da crise financeira na Europa, no ano passado, algumas revendas ofereciam um carro popular, no caso o Hyundai i10 por apenas 1 euro na compra de um iX35. Na França, o compacto custa o equivalente a R$ 30 mil e o SUV coreano, R$ 90 mil.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Alexandre
Alexandre - 12 de Fevereiro às 21:57
No Brasil também tem promoção, compre 2 e leve 1 ! Kkkkkkkkkk
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
28 de agosto de 2015
27 de agosto de 2015
26 de agosto de 2015