Mercado

Hyundai desiste de importar o Veloster para o Brasil

Caoa suspende importação do "esportivo" por tempo indeterminado. Importadora estuda o reposicionamento do modelo no mercado com a chegada de versões com motores repaginados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/02/2014 13:50 / atualizado em 13/02/2014 14:03 Portal Vrum

Motor 1.6 de  128 cavalos não combina com a proposta do carro - Marcello Oliveira/EM/D.A Press Motor 1.6 de 128 cavalos não combina com a proposta do carro

Durante evento na Fábrica da Hyundai/Caoa em Anápolis (GO), a marca anunciou que deixará de importar o Veloster para o Brasil por tempo indeterminado. O presidente da importadora, Antônio Maciel Neto, disse que não há mais unidades do cupê nas lojas - apesar de haver demanda pelo modelo. Segundo a Caoa, a importadora estuda o reposicionamento do modelo no mercado com a chegada de versões com motores repaginados (entenda maiores).

VEJA FOTOS DO HYUNDAI VELOSTER!

O Veloster sempre foi visto como um carro de imagem da Hyundai e revolucionou o segmento com um visual superesportivo e por possuir três portas. O problema é que a decepção com a motorização foi diretamente proporcional à empolgação causada pelo design. O propulsor 1.6 de 128 cavalos é o mesmo que puxa o pequeno HB20 e não corresponde à proposta esportiva do modelo.

Em outros mercados, a Hyundai oferece o Veloster com motor 1.6 turbinado, que entrega bons 186 cv de potência. A expectativa é que essa versão venha para o Brasil. A questão é saber o tamanho desse reposicionamento que a Hyundai vai fazer. Se a versão aspirada era vendida por R$ 75 mil, quanto custará a turbinada?

 

 

 

 



Até algum dia, Veloster! - Hyundai/Divulgação Até algum dia, Veloster!

Tags: brasil

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
04 de julho de 2015
03 de julho de 2015
02 de julho de 2015