Mercado

Brasil mantém o quarto lugar nas vendas mundiais de carros em 2014

Entre as montadoras, a Volkswagen ultrapassou a Toyota com 526.299 unidades vendidas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/03/2014 10:00 / atualizado em 24/03/2014 10:52 Portal Vrum

O mercado brasileiro de automóveis começou o ano de 2014 mantendo o quarto lugar do ranking mundial na comercialização de veículos. Os dados de janeiro foram divulgados pela Jato Dynamics do Brasil. A China permanece no topo das vendas do mundo com mais de 2 milhões de veículos, um aumento de 7,6% se comparado com o mesmo período de 2013. A segunda posição é dos EUA, mesmo com uma queda significativa de 2,2% nas vendas em relação a 2012. Já o Japão mantém a terceira colocação com um crescimento de 29,1% no mês.

 

Em quarto lugar, o Brasil permanece na quarta posição com alta de 1,0%, nas vendas do mês em relação a 2013 e logo em seguida vem a Índia com uma queda de 9,6%. Na sexta e sétima posição, a Alemanha e Grã Bretanha registraram alta de 7,1% e 8,1%, respectivamente. A França apresentou uma queda de 1,1% na oitava colocação e a Rússia iniciou o ano em nono lugar com queda de 5,8% e a Itália fecha o ranking com 3,3% de aumento nas vendas.

JatoDynamics/divulgação


Marcas

 

Entre as marcas, a Volkswagen iniciou o ano com o pé direito já que ultrapassou a Toyota nas vendas mundiais. A montadora alemã obteve um crescimento de 3,03% e 526.299 unidades vendidas. Já a fabricante japonesa segue em segundo lugar com um aumento de 6,88% de veículos se comparado ao mesmo mês de 2013. Já a Honda fecha o pódio com a alta de 25,44% nas vendas de janeiro.

JatoDynamics/divulgação

Tags: mundial

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Luciano
Luciano - 24de Março às 15:12
Assim como na autosuficiência do petróleo, energia elétrica, água potável, isso não beneficiará em nada os brasileiros, que continuam com os carros mais caros do mundo, bem como os modelos mais defasados em relação ao restante do mundo.
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
01 de agosto de 2015
31 de julho de 2015