Estado de Minas

Aviação »

Consultorias revelam ranking das melhores e piores companhias aéreas

Empresas especializadas fazem anualmente os rankings das empresas aéreas


Antônio do Nascimento - Estado de Minas

Publicação: 26/03/2014 09:35 Atualização: 26/03/2014 10:43

A Emirates foi eleita a melhor companhia aérea do mundo (Emmanuel Dunand -AFP/29/10/10)
A Emirates foi eleita a melhor companhia aérea do mundo

A primavera e outono no Hemisfério Norte são estações do ano apreciadas pelos turistas. Para os que podem viajar na primeira classe, a Skytrax Airlines classificou as dez melhores; e para quem vai de classe econômica, a Business Insider listou as quinze piores. Essas empresas especializadas em organizar os rankings das melhores e piores empresas aéreas ajudam os contumazes a evitar dissabores.

Entre as 10 melhores, basicamente, a listagem é repetitiva. A Skytrax World Airline Awards avaliou mais de 200 empresas nos quesitos serviço de bordo, check-in, conforto e comida, destacando as melhores. Em primeiro lugar foi eleita a Emirates, que ficou com o “Oscar da aviação.”

A empresa Qatar, que fora a melhor nos últimos dois anos, passou a ocupar a segunda posição. A Singapure Airlines manteve a terceira posição. Quem já voou de Barcelona para São Paulo tece elogios ao serviço prestado por essa empresa. A All Nippon Airways (ANA), que voa em parceria com a TAM, ocupa a quarta posição, mesmo enfrentando problemas com as baterias de lítio do Boeing 787. A quinta posição é ocupada pela Korean Airlines, que ainda não chegou à América do Sul. A Cathay Pacific, que foi estruturada inicialmente em Xangai e que depois mudou a sua sede para Hong Kong, é a detentora da sexta posição. Seguem-se a Etihad Airways, a Garuda Indonesia, a Turkish Airlines e a Quantas Airways.

As dez melhores do mundo, segundo a Skytrax:

1 Emirates

2 Qatar Airways

3 Singapore Airlines

4 ANA All Nippon Airways

5 Asiana Airlines

6 Cathay Pacific Airways

7 Etihad Airways

8 Garuda Indonesia

9 Turkish Airlines

10 Qantas Airways



Nessa listagem não há nenhuma empresa localizada a leste do Meridiano 10ºE. Mas, para não dizer que ela esqueceu o Hemisfério Sul, e sem se preocupar com a classe voada, a consultora Skytrax cita a LAN como a melhor companhia aérea dessa região, a Azul como a melhor entre as empresas de baixo custo do continente e a Avianca como a que oferece o melhor serviço de bordo.

As citações anteriores refletem a opinião de cerca de 18 milhões de passageiros, de mais de 160 países, que voaram nas diferentes empresas.

Para a classe econômica, agora oferecida pela empresa Business Insider, encontramos como a pior a Turkmenistan Airlines, do Turcomesnistão, que foi avaliada pelos requisitos de entretenimento a bordo, conforto das poltronas, eficiência dos serviços, resposta dos funcionários às solicitações dos passageiros e dificuldade com idiomas estrangeiros. A classe econômica da Sudan Airways a coloca como a segunda pior empresa aérea. Ela só superou a pior classificada devido ao conforto das poltronas.

A Ucrânia, que sofre com a intempestiva atitude do presidente da Rússia, sedia em sua capital, Kiev, a terceira empresa aérea mais mal classificada, que foi penalizada nos itens limpeza e segurança. A quarta pior posição é ocupada pela Uzbekistan Airways, da Ásia Central. Devido ao fato de suas viagens serem embaladas por música de marcha revolucionária e à qualidade dos alimentos servidos a bordo, a estatal norte-coreana Air Koryo ocupa a quinta posição. A sexta pior empresa aérea para se viajar na classe econômica é a Bulgaria Air. Pesou muito nessa classificação ruim a dificuldade dos funcionários de falar outros idiomas.

As dez piores companhias aéreas do mundo, segundo a Business Insider:
1. Turkmenistan Airlines

2. Sudan Airways
3. Ukraine International Airlines

4. Uzbekistan Airways
5. Air Koryo (Coreia do Norte)
6. Bulgaria Air
7. Rossiya Airlines (Rússia)
8. Iceland Express
9. Tajik Air (Tajiquistão)
10. Syrian Air


A Rússia sedia a sétima pior companhia aérea para se viajar na classe econômica: a Russian Airlines. A fusão com a Aeroflot não agregou melhorias. Seguem-se a Iceland Express, empresa de baixo custo que liga a capital da Islândia (Reykjavik) a cidades europeias e Boston, nos Estados Unidos; a Tajyk Air, que não proporciona boa interação dos tripulantes com os passageiros; a Syryan Air, que foi obrigada a reduzir os seus voos devido a sanções da União Europeia; a Spirit, classificada como empresa de ultrabaixo preço, mas que explora ao cobrar taxas absurdas por serviços adicionais; a Angola TAAG Linhas Aéreas de Angola, que, ao que tudo indica, não teve acesso aos empréstimos sigilosos fornecidos pelo governo petista; a Royal Air Marroc, devido à tripulação reduzida em seus voos, e a Nepal Airlines, que sacrificou animais para que um deus hindu contribuísse para a segurança de seus voos.

Com esses dados conhecidos, aproveitem as belezas da primavera do Hemisfério Norte.

 (AFP PHOTO / Greg WOOD )


BIRUTINHAS
SONECA EM VOO A imprensa divulga que os pilotos costumam se revezar para a tirada de um leve cochilo em voo. Isso é muito normal. Quando fazíamos voos intercontinentais, ficar acordado a noite toda não era problema. O mais difícil era suportar a vontade de um cochilo quando o Sol começava a nascer. Nessa fase do voo, o rodízio de cochilo era normal e a segurança nunca foi afetada.

NASP A sigla corresponde ao Novo Aeroporto da Cidade de São Paulo. As construtoras Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa afirmam que entregarão um novo aeroporto na Grande São Paulo até o ano de 2020 se a autorização para a construção for expedida neste semestre. A presidente prometeu, mas não sabe se poderá cumprir, pois há um impedimento legal para a construção de um aeroporto público para a aviação regular.

CRIATIVIDADE A indústria aeronáutica está incorporando nas pontas das asas de suas aeronaves os chamados wingtips. Esse dispositivo teve como motivação o winglet e tem se mostrado mais eficiente na economia de combustível. O vórtice gerado pelo winglet atua na região próxima da ponta da asa, enquanto aquele provocado pelo wingtip, por estar mais afastado dela, gera menor perturbação e possibilita economizar combustível.

EXTRAS No período da Copa do Mundo de Futebol da FIFA haverá um acréscimo de 16 mil voos em todo o Brasil. Os aeroportos que receberão mais voos extras estão localizados na cidade de São Paulo, seguidos por aqueles situados nas cidades do Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Os aeroportos da capital mineira receberão cerca de 800 voos extras, transportando cerca de 7 milhões de passageiros no período.

INTROMISSÃO Essa mania de governos se intrometerem na economia só tem dado resultados adversos. A intervenção para congelar os preços das passagens aéreas no governo Sarney resultou no pagamento pela União de R$ 3 bilhões à finada Varig. Os prejudicados pelo fracasso do plano de previdência Aerus vibram com a possibilidade de serem ressarcidos. É preciso olho vivo, pois há muito esperto na atual fase da vida brasileira.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque