Estado de Minas

CRASH TEST »

Chevrolet Onix, Fiat Palio e Peugeot 208 são avaliados no Latin NCAP

Nenhum dos modelos testado obteve nota máxima, mas carro da Peugeot teve melhor avaliação


Portal Vrum

Publicação: 20/08/2014 14:39 Atualização: 20/08/2014 16:38

Palio recebeu três estrelas na proteção para adultos e duas para crianças (Latin Ncap/divulgação)
Palio recebeu três estrelas na proteção para adultos e duas para crianças
O Latin NCAP, órgão da FIA encarregado de avaliar a segurança dos veículos na América Latina, divulgou esta samana o resultado do seu novo teste envolvendo Fiat Palio, Chevrolet Spark, Onix e Peugeot 208. Os modelos foram provados nas versões com ou sem airbag na chamada "Fase 5" dos testes que garante pontuação máxima de cinco estrelas para o melhor desempenho.

 

Dos quatro carros testados, três vendidos no Brasil (Palio, Onix e 208), nenhum alcançou a contagem máxima. Palio e Onix receberam três estrelas na proteção para adultos e duas para crianças. Segundo a Latin NCAP, o carro da Fiat teve a nota prejudicada pelo fato do modelo não ter cinto de três pontas para todos os ocupantes e sugeriu que o fabricante adotasse pontos de ancoragem para cadeirinhas do tipo Isofix para conseguir elevar a nota. Com o Onix a situação foi parecida e a organização citou a falta de Isofix e a ausência do cinto de três pontas como pontos determinantes no score.

 

Do outro lado está o Peugeot 208 que, do trio, foi o mais bem avaliado. O possante obteve como quatro estrelas na categoria de proteção para adultos e três para crianças.  A estrutura do veículo rendeu elogios e foi classificada como estável. Porém, a falta de equipamentos como Isofix e airbags laterais, presentes na versão básica européia, impediram que o 208 ganhasse nota máxima.

O Fiat Palio e Chevrolet Spark sem airbags não alcançaram nenhuma estrela na avaliação para adultos e atingiram apenas duas na categoria de proteção para os pequenos.Os carros foram submetidos a uma colisão frontal, a 64 km/h, e impacto lateral, a 50 km/h.

 

Confira abaixo os vídeos do crash-test:

 

 

 

 

 

 

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: marcelo alkmim
Da crítica realizada pelo teste, pode-se extrair o seguinte: os fabricantes "nacionais", esmeram-se pelo lucro e nisso economizam um mísero cinto de 3 pontos. Por co ta disso, são participes na mortandade de trânsito no país. Não é só o motorista que é inconsequente, o fabricante também é. | Denuncie |

Autor: Jorge Magalhães
Esse resultado negativo prova que , no Brasil, a qualidade dos automóveis é bastante duvidosa. Aqui, na Republiqueta das Bananas Brasil, a equação que impera no mercado de automóveis é a de que "estou vendendo, então não me preocupo com qualidade". Nos países sérios, vide EUA, a situação é diferente. | Denuncie |

Autor: Fábio Wagner Da Silva Lima
Acho que deveriam detalhar melhor o que foi avaliado nesses carros, dizer só de cintos e air bags não ajuda muita coisa, e com relação a deformação das carrocerias, qual o grau de proteção do habitáculo, projeção de motores. Acho que foi intencional e direcional essa divulgação. | Denuncie |

Autor: geraldo silveira
tô muito interessado é no teste do novo ford ka e ka mais!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque