Publicidade

Estado de Minas LANÇAMENTO

Nissan lança Versa 2015 com opção de motor 1.0 de três cilindros

Nissan reestiliza visual do modelo e passa a fabricá-lo no país com motor três cilindros


postado em 23/03/2015 09:00 / atualizado em 23/03/2015 09:57

Design frontal ficou diferente e o ronco do motor está mais sonoro(foto: Anderson Malagutti/DP/D.A Press)
Design frontal ficou diferente e o ronco do motor está mais sonoro (foto: Anderson Malagutti/DP/D.A Press)

Mogi das Cruzes (SP) - No mundo automotivo, existem vários segmentos de carros. Cada um com suas características. Para quem tem família e precisa de espaço e um bom porta-mala, mas ainda não pode gastar muito, a opção é o sedã compacto. E entre os modelos a disposição no mercado, um ganha raízes brasileiras e espera conquista um pouco mais a preferência. O Nissan Versa ganha repaginada no visual e deve atrair novos motoristas. A frente mudou. Você gostou? Bem diferente.


Atrasadinho, o carro era aguardado para o início do ano mas só agora chegará às lojas. Antes fabricado no México, o modelo chega com produção nacional, direto de Resende (RJ). É o segundo modelo a nascer na planta da Nissan (o March foi o pioneiro).

O Nissan Novo Versa aposta no espaço interno para conquistar os consumidores. São 2,60 m de entre-eixos e 460 litros no porta-mala. Serão cinco versões: 1.0, 1.0 S, 1.6 SV, 1.6 SL e 1.6 Unique (grande novidade). Os preços partem de R$ 41.990 até R$ 54.990. A grande aposta também do sedã é o novo e inédito motor 3 cilindros de 1.0 litros, que também equipa o New March. O Vrum testou duas versões: 1.0 S e o 1.6 Unique. Confira nossas impressões.

Porta-malas tem capacidade de 460 litros para alegria das famílias(foto: Anderson Malagutti/DP/D.A Press)
Porta-malas tem capacidade de 460 litros para alegria das famílias (foto: Anderson Malagutti/DP/D.A Press)


Na onda dos 3 cilindros


O Novo Versa com inédito motor 1.0 de três cilindros quer ser econômico. A tentativa é válida. Mas para um sedã, que tem tendência a andar sempre lotado (e com o porta-mala cheio), é preciso dosar o pé para economizar. O espaço interno é ótimo. Há quase um palmo livre entre o joelho do passageiro (de 1,70 m) e o banco dianteiro. Os acabamentos são relativamente bons e o motor ronca alto (pode soar desconfortável, mas acaba se acostumando). O Inmetro divulgou o consumo médio com etanol de 9,3 km/l, sendo 8,5 km/l urbano e 10,4 km/l na estrada.

Acabamento agrada, mas faltou o câmbio automático (foto: Nissan/Divulgacao)
Acabamento agrada, mas faltou o câmbio automático (foto: Nissan/Divulgacao)


Um pouco de requinte

Todo o espaço interno também está na versão 1.6 Unique. A diferença está nos detalhes. Tem acabamento Piano Black no painel central, ar-condicionado automático digital, sistema de navegação integrado ao painel com o sistema NissanConnect (o mesmo do March) e até bancos em couro. Ficou faltando só um câmbio automático. O motor corresponde e tem o mesmo ronco do 1.0.

Na sua casa por:
1.0: R$ 41.990
1.0 S: R$ 44.990
1.6 SV: R$ 46.490
1.6 SL: R$: 49.490
1.6 Unique: R$ 54.990

*Viajou a convite da Nissan

Aposta é para o conforto interno, com 2,60 metros de entre-eixos (foto: Nissan/divulgação )
Aposta é para o conforto interno, com 2,60 metros de entre-eixos (foto: Nissan/divulgação )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade