Publicidade

Estado de Minas CARRO ZERO

Montadoras e concessionárias criam ofertas para venda de carro neste sábado

Campanhas agressivas compensam aumentos consecutivos e consumidor volta a dar as caras no início do mês. Concessionárias aproveitam momento e investem para segurar clientes hoje


postado em 11/07/2015 08:00 / atualizado em 11/07/2015 18:20

Viviane dos Santos Guitti acompanhou o marido na revisão do Cadenza, na Automark, e namorou o Sportage (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)
Viviane dos Santos Guitti acompanhou o marido na revisão do Cadenza, na Automark, e namorou o Sportage (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)

“Estamos à procura de um carro bom, por um preço justo. E por isso estamos negociando bastante aqui”, afirma a fisioterapeuta Mariana Moraes, que junto com o marido, o comerciante Daniel Gomes, negocia um Ford New Fiesta na concessionária BHFor. Daniel conta que o casal optou pelo Fiesta em virtude do preço pedido em relação aos itens de série do modelo. E Mariana acrescenta que, durante a procura, o casal encontrou muitos modelos básicos a preços exorbitantes. E estão certos. Apesar das consecutivas quedas nas vendas de automóveis zero-quilômetro, o que em tese sinalizaria (ou pelo menos deveria sinalizar) um momento de preços baixos, a maior parte das montadoras tem imprimido altas nos preços, mês a mês.
E para compensar os aumentos nas tabelas (preço público sugerido), só mesmo com campanhas extremamente atraentes, o que desde o mês passado fábricas e revendas começaram a perceber e acentuaram nas chamadas este mês, saindo do lugar-comum e inovando nas promoções, que há até algum tempo se repetiam por tempo indeterminado.

CHEVROLET Caso da General Motors, que na quinta-feira deu início à campanha que anuncia as linhas Onix e Prisma a preço de 2014. Os descontos chegam a R$ 4 mil em relação ao preço sugerido atualmente e, de fato, os preços estão próximos aos do fim do ano passado. Assim, o Onix LS 1.0, com pintura sólida, custa R$ 36.990, enquanto o Prisma LT 1.0, também com pintura sólida, tem preço de R$ 42.990. Ambos ainda podem ser financiados com taxa zero (60% de entrada/36 meses). Outra oferta é para o Tracker, a partir de R$ 83.990, também com taxa zero (70%/24).

RENAULT Na compra dos modelos Sandero e Logan, ambos na versão Expression 1.0 com Techno Pack (media NAV), o cliente pode ter o usado avaliado pela Tabela Fipe (referência no mercado de seguros e usados). O usado, no entanto, tem que ser nacional (ou importado Renault), ano/modelo a partir de 2013, e ter rodado, em média, 12 mil quilômetros por ano, entre as principais condições. Outras ofertas da marca são os próprios Sandero e Logan 1.0 com media NAV grátis; Sandero StepWay a partir de R$ 51.990; Duster, de R$ 59.990; Fluence, de R$ 69.990. E a concessionária Valence, também com a proposta de não perder cliente, termina hoje a campanha que previa a venda de 100 carros em 10 dias. Entre as ofertas, a revenda dá câmera de ré na compra do Sandero StepWay e o IPVA na compra do Clio Expression. Todos os modelos citados já são 15/16.
Anunciados recentemente, o Sandero RS deve chegar às concessionárias em setembro e a picape Oroch em novembro.

FORD A marca mantém a campanha anunciada na semana passada, que prorroga os prazos para financiamento com taxa zero para 48 meses. Para o Focus (ainda modelo antigo), a entrada é de 60% em 48 meses, mas o preço do carro pode ser reduzido se o cliente optar pelo pagamento em 36 vezes. Já o EcoSport pode ser financiado com 60% de entrada em 36 meses ou com 72% em 48. A Ranger diesel, o Edge 14/14 e o New Fiesta hatch podem ser negociados com 60% de entrada em 24 meses ou com 80% em 48; e o Fusion – incluindo o 15/16 previsto para chegar ainda mês – também tem opção de 60% de entrada mais 24 prestações para o restante ou de 66% de entrada com prazo de 48 meses. Já o Ka continua com opção de pagamento em 30 meses se a entrada for de 60% e ganha a possibilidade dos 48 meses, com 75% de sinal; enquanto a Ranger flex cabine dupla pode ser financiada em 48 meses com entrada de 67% ou em 18 meses, com sinal de 60%. Vale reforçar que para prazos menores, em alguns casos, pode haver redução de preço no modelo. Para entradas menores, por exemplo de 20%, em 48 meses, a taxa é de 1,19%. Na BHFor, o emplacamento é grátis para toda a linha até o fim do mês.

 

VW Continua válida a taxa zero para o Voyage (60% de entrada/24 meses) e os bônus de R$ 6 mil para o Gol Trendline. Somente hoje, a concessionária Garra dá o emplacamento na compra de qualquer carro zero. A revenda também anuncia supervalorizar o carro usado que entra na troca. Conforme o estado de conservação e quilometragem, o modelo pode entrar valendo até o designado pela Tabela Fipe.

FIAT A marca criou condições de financiamento em 48 meses com parcelas regressivas para os modelos Palio Attractive 1.0 quatro portas (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos, além de airbag duplo e freios ABS), o Uno Vivace 1.0 quatro portas e o Siena EL 1.4. Como exemplo, no caso do Palio Attractive, que custa à vista a partir de R$ 35.560, a entrada é de R$ 21.600, sendo o restante dividido em 48 vezes, da seguinte forma: no primeiro ano as parcelas custam R$ 699; no segundo, R$ 502; no terceiro, R$ 344; e no último, R$ 187. A taxa é de 1,89%. Modalidade diferente é válida para o Palio Fire duas portas, com entrada de R$ 5,2 mil mais 48 pagamentos de R$ 608 à taxa de 1,19% (à vista custa a partir de R$ 25.990).

HYUNDAI HB Grande parte da linha HB20 tem opção de taxa zero: para a versão 1.0 Comfort, a entrada é de 50% e o prazo de 36 meses; para Comfort Plus e Style, é de 60%, em 24 meses. Já para o HB20 Comfort Plus e Style 1.6 automáticos, Premium e todas as versões do Sedan há taxa de 0,99% (entrada de 60%/prazo de 24 meses). Também somente hoje, a Caoa HB Cristiano Machado dá o emplacamento na compra de qualquer modelo zero-quilômetro.

KIA A marca continua com bônus de R$ 9,2 mil para o Soul, custando a partir de R$ 84.900. Na Automark, o Sportage (versão topo de linha) custa R$ 119.900 (já com frete). Já a Brisa continua com promoção para veículos 14/15: o Cerato custa R$ 69 mil; o Sportage, R$ 94.900; e o Picanto, R$ 43.900. Todos já com frete.

HONDA Banzai e Auto Japan continuam com ação conjunta, porém o Civic LXR 15/16 agora custa a partir de R$ 79.400 (preço sugerido) e pode ser financiado com entrada de R$ 51.760 mais 48 parcelas de R$ 899 (taxa de 1,73%). Além disso, a Banzai vende o Civic Si (pronta entrega) com desconto de R$ 8 mil, custando R$ 116 mil.

Obs.: Sempre que houver a expressão “a partir de” significa que o preço diz respeito à pintura sólida. Toda vez que a campanha menciona taxa zero, o termo se refere apenas à ausência de juros, porém, costuma haver outros encargos, como o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e a Tarifa de Crédito (TC), que incidem no valor da prestação. O mesmo vale para as demais taxas de juros divulgadas. Não havendo a informação de ano/modelo, trata-se de veículo 15/15.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade