Publicidade

Estado de Minas CROSSOVER

Com K ou C, o Renault Kaptur brasileiro vem aí!

Renault apresentou na Rússia o Kaptur, modelo que será produzido no Brasil sobre a plataforma do Duster e chegará ao mercado em 2017, com duas opções de motor e tração


postado em 05/04/2016 08:00

(foto: Renault/Divulgação)
(foto: Renault/Divulgação)
Na contramão da crise financeira que abala a economia mundial, o presidente do grupo Renault, Carlos Ghosn, anunciou, recentemente, que a marca lançará 10 modelos no mercado europeu. Um deles, o crossover Kaptur, foi apresentado esta semana na Rússia, onde o segmento vem crescendo significativamente. E não é por acaso que a notícia desse lançamento fez rebuliço por aqui, já que as linhas do Kaptur russo são muito próximas do modelo que será produzido no Brasil, denominados por alguns de Captur. O detalhe da letra inicial do nome pode parecer não ter muita importância, mas o K indica dimensões maiores, opção mais provável para o Brasil.

O desenho do Kaptur foi baseado na flor de seis pétalas da Renault, que simboliza o ciclo da vida humana. Com linhas modernas e formas aerodinâmicas, o modelo russo tem 4,33m de comprimento, 1,81m de largura e 2,67m de medida entre-eixos, com porta-malas de 387 litros. O espaço interno é generoso, proporcionando conforto para cinco pessoas. Por lá, o crossover será comercializado apenas com tração 4x4 e sistema de bloqueio do diferencial.

Traseira arredondada confere ainda mais robustez ao crossover, que tem desenho equilibrado(foto: Renault/Divulgação)
Traseira arredondada confere ainda mais robustez ao crossover, que tem desenho equilibrado (foto: Renault/Divulgação)
Enquanto isso, a Renault do Brasil prepara o Kaptur nacional, que poderá ser também Captur. O certo é que o modelo tupiniquim usará a base do Duster 4x4, a mesma da picape Oroch. Com status de modelo topo de linha da gama Renault no mercado brasileiro, o crossover será lançado no primeiro semestre de 2017 e chegará inicialmente com o mesmo motor 2.0 16V que equipa Duster e Oroch, com as opções de tração 4x2 e 4x4. Posteriormente, a Renault deverá lançar versões de entrada com motor 1.6 e tração 4x2.

Modelo russo tem linhas modernas e formas aerodinâmicas(foto: Renault/Divulgação)
Modelo russo tem linhas modernas e formas aerodinâmicas (foto: Renault/Divulgação)
Outro detalhe importante herdado da família Duster é a suspensão traseira multilink, que garante mais estabilidade e conforto no rodar. Cogita-se também a possibilidade de o modelo nacional ter uma versão de sete lugares, além da de cinco. A Renault deve apostar suas fichas no Kaptur (ou Captur), já que o segmento cresce cada vez mais por aqui também. Por isso, o modelo nacional deverá ter acabamento de melhor qualidade e tecnologia para segurança e entretenimento. Resta saber se terá preços atrativos.

Interior espaçoso e acabamento de boa qualidade são as principais características do Kaptur(foto: Renault/Divulgação)
Interior espaçoso e acabamento de boa qualidade são as principais características do Kaptur (foto: Renault/Divulgação)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade