Tecnológico

Nissan Kicks chega ao mercado em 5 de agosto com recursos inéditos

Construído sobre a plataforma de March e Versa, Nissan Kicks será inicialmente importado do México. Sensor de detecção de objetos e monitor com imagem em 360 graus são novidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/05/2016 14:34 Bruno Freitas/Portal Vrum
Nissan/Divulgação
Apresentado primeiramente por meio de fotos na rede social Instragam e nesta segunda-feira (2) à imprensa, no Rio de Janeiro, o Kicks já tem data confirmada para chegar às concessionárias: 5 de agosto, dia de abertura dos Jogos Olímpicos'2016. O evento patrocinado pela Nissan servirá de vitrine mundial para o lançamento do crossover, carro comando do revezamento da tocha olímpica e que inicialmente virá importado do México. Com investimento de R$ 750 milhões (US$ 192 milhões), a produção em Resende (RJ) começa até o final do ano, promete a Nissan.

Visual repleto de recortes segue estilo mundial da Nissan - Nissan/Divulgação Visual repleto de recortes segue estilo mundial da Nissan


Especificações técnicas, versões e preços serão anunciados em data próxima ao lançamento, mas é certo que o Kicks terá motor 1.6 flex e o novo câmbio automático CVT que estreia na dupla March e Versa em junho. A estimativa de preços começa em R$ 70 mil, valor próximo aos dos rivais Ford EcoSport, Honda HR-V e Jeep Renegade.

Como a Fiat, que lançou o Mobi ainda com o motor Fire e não o novo 1.0 três cilindros, a Nissan decidiu antecipar as vendas do Kicks importado fabricado em Aguascalientes, no México, para não perder a chance do lançamento durante o maior evento do esporte. Além do Brasil, o pequeno crossover será vendido em 79 países, incluindo mercados latino-americanos ainda em 2016. Daí a importância de mostrá-lo ao mundo.

Volante de base reta e revestimento caramelo reforçam tom jovial - Nissan/Divulgação Volante de base reta e revestimento caramelo reforçam tom jovial
VISUAL A versão final do Kicks mantém basicamente o design do estudo Kicks Concept exibido no Salão do Automóvel'2014, com simplificações para a produção em série. A plataforma é a mesma utilizada pelos compactos da Nissan, mas com medidas (veja abaixo) próximas à do EcoSport e o mesmo entre-eixos do HR-V. A aposta em conforto segue o mote de vendas adotado pela Nissan nos sedãs Versa e Sentra, apesar de a linha de teto do Kicks ser baixa e remeter a um cupê.

Nissan promete porta-malas com uma das maiores capacidades entre SUVs e crossovers - Nissan/Divulgação Nissan promete porta-malas com uma das maiores capacidades entre SUVs e crossovers
POR DENTRO Fora o design repleto de recortes, bem ao gosto da Nissan, e o teto bicolor, o Kicks promete bom nível de equipamentos de série. O interior é colorido, seguindo a tendência de cor caramelo já vista em lançamentos recentes como o Hyundai HB20 reestilizado. A tela multimídia colorida terá sete polegadas e nas versões mais equipadas virá somada a sensores de detecção de objetos – recurso dotado de quatro câmeras integradas chamado pela Nissan de Moving Object Detection – e monitor com imagem em 360 graus (Around View Monitor). Além disso o Kicks topo de linha virá com ar-condicionado digital e partida por meio de botão.

Embora ainda não tenha divulgado o volume do porta-malas, a Nissan promete uma das maiores capacidades do segmento. Como comparação, o SUV da Ford tem 362 litros de porta-malas, enquanto o HR-V oferece 437 litros e o Jeep Renegade 260 litros. Pelo jeito, um dos mercados mais concorridos do Brasil ficará ainda mais quente.


Teto bicolor com linha baixa é uma das marcas do Kicks - Nissan/Divulgação Teto bicolor com linha baixa é uma das marcas do Kicks
DIMENSÕES DO KICKS

Comprimento 4,29m
Largura 1,76m
Altura 1,59m
Distância entre eixos 2,61m

Tags: nissan kicks crossover suvs 2016' resende brasil aguascalientes méxico produção recursos equipamentos Nissan Kicks Jogos Olímpicos sensor de detecção de objetos monitor com imagem em 360 graus

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação