Publicidade

Estado de Minas ACORDO COM O MPMG

Fiat inicia reparo de vans Ducato com trincas no cabeçote do motor

Serviço na rede de concessionárias Fiat Ducato é nacional e abrange unidades fabricadas de 2010 a 2014, por trincas no cabeçote. Plano de ação atende medida cautelar do Procon-MG


postado em 30/06/2016 17:20 / atualizado em 30/06/2016 17:28

(foto: Cleber Souza/Arquivo Pessoal)
(foto: Cleber Souza/Arquivo Pessoal)
A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) iniciou uma campanha nacional para inspecionar e, caso necessário, reparar as vans Ducato Mutijet 2.3 com perda excessiva do nível do líquido de arrefecimento no radiador, em função de trincas no cabeçote do motor. Conforme antecipou o Portal VRUM, o plano de ação atende decisão cautelar do Procon-MG, órgão do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), que investiga vício de fabricação a partir de reclamações de consumidores. O serviço envolve modelos fabricados de 2010 a 2014 e o atendimento na rede de concessionárias Fiat Ducato pode ser agendado por meio da Central de Relacionamento da Fiat (telefone 0800-707-1000).

O Procon-MG orienta aos usuários de Fiat Ducato que procurem as concessionárias e exijam reparo em garantia caso sejam detectados sintomas de mal funcionamento como fumaça branca no cano de descarga, perda de água do radiador, tampa do óleo do motor esbranquiçada, dificuldade ou impossibilidade de ligar o veículo ou superaquecimento do motor. Os serviços e locações de outras vans durante o reparo devem ser documentados por notas fiscais.

De acordo com o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Amauri Artimos da Matta, os consumidores que já pagaram pela troca do cabeçote do motor do veículo por ter apresentado trincas, devem comunicar o fato ao Procon-MG por meio do site http://www.mpmg.mp.br/areas-de-atuacao/defesa-do-cidadao/consumidor/reclamacao-consultas/, pois há investigação instaurada pelo Ministério Público para pleitear o ressarcimento dos prejuízos sofridos.

HISTÓRICO Em novembro do ano passado, o Procon-MG instaurou processo administrativo contra a FCA, que obrigou a suspensão das vendas do Fiat Ducato em Minas Gerais devido ao vício de qualidade em função da falta de permeabilidade do cabeçote. A empresa, contudo, obteve liminar na Justiça para continuar comercializando o veículo comercial.

Mais informações estão disponíveis por meio do comunicado da FCA, no site http://www.fiat.com.br/comunicado-servico/comunicado-servico-ducato.html.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade