Publicidade

Estado de Minas INJEÇÃO DE NOVIDADES

SUVs e crossovers dominam a cena na abertura do 29º Salão do Automóvel de São Paulo

Apesar da crise, Salão do Automóvel de São Paulo mostra que indústria aposta em lançamentos nos diferentes segmentos, mas com destaque para os utilitários-esportivos


postado em 09/11/2016 10:09 / atualizado em 10/11/2016 16:46

Renault Captur chega em fevereiro, mas terá pré-venda a partir dos próximos dias(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Renault Captur chega em fevereiro, mas terá pré-venda a partir dos próximos dias (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
De São Paulo* - Se o mercado de veículos novos no Brasil não anda lá muito bem, a 29ª edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo é uma demonstração clara de que a indústria automotiva quer espantar a crise com muitas novidades para todos os gostos. São 540 veículos expostos, sendo 150 lançamentos, entre modelos e versões, dispostos na nova casa do salão, o São Paulo Expo, que proporciona muito mais conforto, sem o calor do Anhembi, com ambiente totalmente refrigerado. Os utilitários-esportivos são o destaque da mostra, que abre as portas ao público quinta-feira e se estende até o dia 20.

CHEVROLET A líder de vendas Chevrolet traz como principais lançamentos o hatch médio Cruze Sport6 reestilizado, com a mesma frente do sedã, e as novas gerações do esportivo Camaro e o SUV Tracker. Cruze Sport6 e Tracker equipados com o novo motor 1.4 turbo. Além disso, a marca reforça a conectividade (sistemas Onstar e Mylink) presente em seus carros e expõe o Bolt EV, recém-lançado nos EUA.

FIAT No estande da Fiat, as principais novidades são o Mobi Drive, com motor 1.0 três-cilindros Firefly e as alterações no motor 1.0 Fire, que passou por melhorias, resultando em redução de consumo de até 4%. O Mobi Drive terá preço situado entre as versões Live e Live On e o valor será divulgado nos próximos dias. A linha Mobi passa a contar com o câmbio automatizado Dualogic, que estará disponível em três ou quatro meses. Não causou estranheza as ausências de Bravo, Idea, Linea e Freemont, que, conforme adiantamos, deixam de ser comercializados. E para dar um brilho ao estande da marca italiana, o roadster 124 Spider, que compartilha a plataforma com o Mazda MX-5 Miata.

Fiat Mobi Drive com motor 1.0 três cilindros Firefly(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Fiat Mobi Drive com motor 1.0 três cilindros Firefly (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)


Jeep Renegade Limited(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Jeep Renegade Limited (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
FCA Ainda no grupo FCA, a Jeep lança o Renegade Limited topo de linha e o motor 1.8 flex até 10% mais econômico, q gera até 139cv. A versão chega ao mercado com preço a partir de $97.990, somente com transmissão automática de seis velocidades. A Jeep mostra ainda as novas versões Overland (vendas no primeiro trimestre de 2018) e SRT V8 da Grand Cherokee, além da série limitada Willys do Wrangler, que homenageia os 75 anos do modelo homônimo, e o Dodge Challenger Hellcat.

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)

Honda WR-V fez primeira aparição, ainda sem dados técnicos e preços(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Honda WR-V fez primeira aparição, ainda sem dados técnicos e preços (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
HONDA E depois de muito suspense, a Honda revelou o WR-V. Bem diferente do desenho apresentado anteriormente, que demonstrava visual mais ousado e agressivo, o modelo chega bem mais comportado. Seus dados técnicos e preço ainda não foram revelados. O modelo começa a ser vendido somente no primeiro trimestre de 2017. A Honda revela apenas que o WR-V foi concebido a partir das demandas do consumidor brasileiro, ávido por SUVs. Outra novidade da marca japonesa é o HR-V Touring, que traz novos itens, como faróis e lanternas de LED, navegação integrada ao multimídia e airbags de cortina, com vendas em 2017.

Volkswagen mostrou conceitos e-budd e T-Cross Breeze, que dará origem à inédito SUV compacto(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Volkswagen mostrou conceitos e-budd e T-Cross Breeze, que dará origem à inédito SUV compacto (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
VOLKSWAGEN O principal destaque da Volkswagen é a picape Amarok, que foi reestilizada e ganhou novos conteúdo e acabamento interno, com rodas de 16 e 20 polegadas. Além dela, a VW mostra o conceito budd-e, que tem autonomia de 533 quilômetros e 80% da carga da bateria recarregável em 30 minutos. Estão no estande também o conceito T-Cross Breeze, criado por designers brasileiros e equipado com motor 1.0 TSI, e o Gol GT Concept. A VW anunciou ainda uma nova família de modelos, incluindo um SUV compacto.

Renault Kwid só chega no fim de 2017 e aparece como 'conceito' Outside(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Renault Kwid só chega no fim de 2017 e aparece como 'conceito' Outside (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
RENAULT A Renault aposta pesado nos utilitários-esportivos e ainda mostra os novos motores 1.0 e 1.6 Sce, disponíveis até o fim do mês. Destaque para o Captur, que começa a ser vendido em fevereiro com motores 1.6 SCe, manual ou automático CVT, e 2.0 CVT. O Kwid aparece na versão conceitual Outsider ao lado do Koleos, que será lançado em 2017. O motor 1.6 Sce passa a equipar Sandero e Logan, a partir do fim do mês, e depois Duster e Oroch.

Outro 'conceito' já lançado no exterior é o Toyota C-HR(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Outro 'conceito' já lançado no exterior é o Toyota C-HR (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
TOYOTA A marca japonesa decepcionou, pois o tão esperado Corolla reestilizado ficou para depois. Para compensar a ausência da nova geração do campeão de vendas, a Toyota apresenta o RAV-4 com a frente reestilizada, com lançamento previsto para fevereiro. Além disso, anunciou a extensão no Brasil da garantia de todos os sistemas de tecnologia híbrida para oito anos.

FORD A Ford confirma a chegada do Mustang ao Brasil em pré-venda no ano que vem, com as primeiras unidades entregues em 2018. E apresentou também o Ka Trail, série especial com adereços, e o supercarro Ford GT, como demonstração.

ALEMÃS Das marcas premium, a Audi destaca a segunda geração do R8 V10 plus, com motor de 610cv, que foi apresentado ao lado da belíssima atriz Ísis Valverde. Já a Mercedes-Bens, depois das C43 e C63 Coupé AMG conversíveis, apresenta o novo C300 Cabriolet, que desembarca no mercado brasileiro.

Hyundai trouxe novo Tucson, que convive com o velho, situado abaixo do Creta (à direita)(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
Hyundai trouxe novo Tucson, que convive com o velho, situado abaixo do Creta (à direita) (foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
HYUNDAI A Hyundai revela o novo Tucson, com motor 1.6 GDI a gasolina de 177cv e câmbio de dupla embreagem de sete velocidades, a partir de R$138.900. O modelo terá as versões GL, GLS e a edição especial de lançamento. Mas a Hyundai apresenta ainda o Creta, que traz motor 1.6 Gamma de até 130cv, com câmbio manual ou CVT, e 2.0 de 166cv e CVT. Vale lembrar que o velho Tucson fica posicionado abaixo do Creta.

KIA E como o choro é livre, o presidente da Kia Motors do Brasil, José Luiz Gandini, fez apelo ao presidente Michel Temer e sua equipe de governo para reduzir o IPI para importados, detalhe que limita a atuação da marca coreana no Brasil. A Kia confirma a importação do Rio hatch e sedã em 2017, além de inédito SUV compacto. No estande da marca o público pode ver ainda o SUV híbrido Niro, ainda não disponível para exportação, e o Cerato reestilizado produzido no México.

*Viajou a convite da Anfavea

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade