Agora mais soltinho

Linha 2017 do Jeep Renegade traz motor 1.8 flex aperfeiçoado na performance e consumo

Dirigimos o Jeep Renegade 1.8 flex, que na linha 2017 ganhou motor aperfeiçoado. Confira o que mudou para o modelo ter aprimorado sua performance e consumo de combustível

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/11/2016 16:48 / atualizado em 21/11/2016 17:17 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Studio Cerri/Fiat/Divulgação
De Florianópolis (SC)* - A principal novidade da linha 2017 do Jeep Renegade é o aperfeiçoamento do motor 1.8 flex no sentido de melhorar sua performance e consumo de combustível, justo as principais críticas ao modelo. O motor ganhou até 7cv de potência e 0,2kgfm de torque, totalizando agora 135cv e 18,8kgfm com gasolina e 139cv e 19,3kgfm com etanol.

O ganho de 5% de potência se deu, principalmente, devido à adoção do coletor de admissão variável, que favorece o torque até as 4.000rpm (quando o ar passa por um circuito mais longo), e depois disso prioriza a potência (com o ar percorrendo um caminho mais curto). Esse sistema proporciona respostas mais rápidas em rotações mais baixas, beneficiando o veículo em uso urbano.

Outra evolução do modelo foi a extinção do tanquinho de partida a frio, substituído pelo aquecimento do combustível no tubo distribuidor. O Renegade com motor 1.8 também ganhou modo de condução Sport, acionado por meio de um botão no painel, que fornece respostas mais rápidas e faz as trocas de marchas em giros mais altos.

CONSUMO Já para alcançar uma economia de combustível na ordem de 10%, segundo dados do fabricante, foram adotadas várias evoluções. O sistema start/stop, que desliga o motor quando o carro para e o religa automaticamente quando o motorista tira o pé do freio ou aciona a embreagem (no caso do câmbio manual), passa a equipar o modelo de série. Para diminuir a resistência ao rolamento, o Renegade agora calça pneus “verdes”.

Linha 2017 traz como novidades a versão topo de linha Limited... - Studio Cerri/Fiat/Divulgação Linha 2017 traz como novidades a versão topo de linha Limited...
Falando em pneus, a calibração correta da pressão influencia muito no consumo de combustível, razão pela qual o modelo ganhou monitoramento indireto dessa variável. O alternador inteligente recarrega a bateria quando o veículo não está sendo muito demandado, como nas frenagens, deixando de roubar energia do motor nas horas mais críticas. A bomba de combustível também passa a dosar a pressão de acordo com a demanda, em vez de funcionar o tempo todo. Para quem gosta de subir o giro do motor, o Renegade ganhou o indicador de troca de marchas, com foco em uma condução “ecológica.”

LIMITED Na linha 2017, o Renegade 1.8 flex ganhou uma nova versão topo de linha, a Limited, que traz a grade dianteira, retrovisores e barras de teto prateados,  teto pintado de preto e rodas de 18 polegadas com pintura exclusiva. Entre os equipamentos, destaque para bancos revestidos com couro, chave presencial, faróis de xênon, sensores de faróis e de chuva, rebatimento elétrico dos retrovisores e espelho interno eletrocrômico. As demais versões do SUV compacto também ganharam novos equipamentos. Os preços foram reajustados.

...equipada com o motor 1.8 flex mais potente e econômico - Studio Cerri/Fiat/Divulgação ...equipada com o motor 1.8 flex mais potente e econômico
IMPRESSÕES Dirigimos o Renegade 1.8 flex em trajeto plano, que não exigiu muito do motor. Ainda assim, foi possível perceber que o novo mapeamento do câmbio deixou o veículo mais solto, não hesitando para trocar as marchas. Também está perceptível o ganho de torque mais linear, viabilizado pelo coletor de admissão variável, mas ainda ficou no ar o quanto esse ganho de potência será capaz de tornar o Renegade flex um veículo mais prazeroso de ser dirigido.

Também há novos equipamentos e diferentes opções de acabamento - Studio Cerri/Fiat/Divulgação Também há novos equipamentos e diferentes opções de acabamento
CONSUMO
» 1.8 manual
Cidade: (gasolina) 10,6km/l (10%)/(etanol) 7,3km/l (9%)
Estrada: (g) 11,2km/l (5%)/(e) 7,6km/l (3%)

» 1.8 automático
Cidade: (g) 9,5km/l (7%)/(e) 6,5km/l (7%)
Estrada (g) 10,9km/l (6%)/(e) 7,6km/l (7%)

QUANTO CUSTA?
» 1.8 Flex manual    R$ 72.990
» Sport 1.8 Flex manual    R$ 79.490
» Sport 1.8 Flex AT6    R$ 85.990
» Longitude 1.8 Flex AT6    R$ 90.990
» Limited 1.8 Flex AT6    R$ 97.990
» Sport 2.0 Diesel AT9 4x4    R$ 115.990
» Longitude 2.0 Diesel AT9 4x4    R$ 123.490
» Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4x4    R$ 136.990

* Jornalista viajou a convite da Jeep

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação