Publicidade

Estado de Minas CINCO ESTRELAS

Novo Ford Edge leva nota máxima em testes de impacto do Euro NCAP

Ford Edge obteve 85% de proteção para adultos e 76% para crianças nos testes do Euro NCAP. Também à venda no Brasil, novos Mercedes-Benz Classe E e Peugeot 3008 alcançaram resultados semelhantes


postado em 13/12/2016 18:03

Novo Ford Edge após a bateria de testes de impacto(foto: Euro NCAP/Divulgação)
Novo Ford Edge após a bateria de testes de impacto (foto: Euro NCAP/Divulgação)
Lançada no Brasil em julho, a segunda geração do Ford Edge obteve nota máxima na última bateria de testes de impacto do instituto Euro NCAP. O crossover produzido no Canadá obteve cinco estrelas, com 85% de proteção para os ocupantes adultos, 76% para crianças e 67% para pedestres. Já os sistemas de assistência à segurança alcançaram percentual de 89% – nota atribuída à presença de tecnologias como o piloto automático adaptativo com alerta de colisão. Vale dizer que a versão avaliada foi a 2.0 diesel Titanium. No Brasil o Edge está presente com o mesmo nível de acabamento, porém equipado com o motor 3.5 V6 de 284cv (cavalos) de potência. Nos EUA, principal mercado onde é vendido, o modelo da Ford já havia sido classificado com nova máxima pelo instituto IIHS (Insurance Institute for Highway Safety).

Submetidos à mesma bateria, a nova geração do Audi A2 e o híbrido plug-in Hyundai Ionic (exposto no Salão do Automóvel de São Paulo) também conseguiram as cinco estrelas. Recentemente os novos Mercedes-Benz Classe E (já a venda no Brasil) e Peugeot 3008 (chega em 2017) haviam atingido a nota máxima. Já os Fiat Tipo, Suzuki Ignis, SsangYong Tivoli e XLV, em suas configurações de entrada, levaram apenas três estrelas.

Em 2016 o Euro NCAP passou a adotar novos critérios que incluem a classificação dos carros somente com os equipamentos de segurança oferecidos de série em toda a linha. Desta forma, versões dos Fiat Tipo, Suzuki Ignis, SsangYong Tivoli e XLV equipadas com pacote adicional de segurança receberam uma segunda classificação.

(foto: Euro NCAP/Divulgação)
(foto: Euro NCAP/Divulgação)
A proteção para crianças agora é avaliada com manequins maiores – simulando crianças de 6 e 10 anos, em vez dos “dummies” de 18 meses e 3 anos. O controle eletrônico de estabilidade foi removido dos itens de assistência por ter se tornado obrigatório na Europa.

Peugeot 3008(foto: Euro NCAP/Divulgação)
Peugeot 3008 (foto: Euro NCAP/Divulgação)
RESULTADOS Avaliado na versão 1.6 Hdi turbodiesel Active (por aqui só estará disponível com motor 1.6 turbo THP), o Peugeot 3008 apresentou índices de proteção de 86% (adulto), 85% (crianças), 67% (pedestres) e 58% (sistemas de assistência). Já o Mercedes-Benz E 220 d Avantgarde (à venda no Brasil nas configurações E 250 e E 63 AMG), atingiu 95%, 90%, 77% e 62% respectivamente – melhor média na proteção para adultos, crianças e pedestres.

Mercedes-Benz Classe E(foto: Euro NCAP/Divulgação)
Mercedes-Benz Classe E (foto: Euro NCAP/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade