Publicidade

Estado de Minas

Fiat Argo, o novo hatch da marca italiana, é lançado a partir de R$ 46.800

Novo compacto da Fiat chega com a missão de resgatar o primeiro lugar no segmento, mas tem preço muito diferente da concorrência. Versão mais cara custa R$ 70.600


postado em 31/05/2017 10:26 / atualizado em 02/06/2017 07:59

(foto: Fiat/Divulgação)
(foto: Fiat/Divulgação)

De São Paulo *
- Em um cenário nada favorável, com a economia do país seriamente afetada pela instabilidade política, a Fiat está lançando seu novo hatch compacto, o Argo, que chega para substituir as versões topo de linha do Palio e o Punto, que já deixou de ser produzido. A marca estava devendo uma novidade de peso neste segmento, que vem sendo dominado pelo Chevrolet Onix, líder de vendas. E para reverter este quadro, o novo modelo chega com um desenho ousado e polêmico, além de ter o foco na tecnologia, segurança e conforto. Com as opções de motores 1.0 três-cilindros e 1.3 e 1.8 quatro-cilindros, o hatch começa a ser vendido em junho nas versões Drive, Precision e HGT, com câmbios manual, automatizado e automático de seis velocidades.

(foto: Fiat/Divulgação)
(foto: Fiat/Divulgação)

De acordo com o diretor de Planejamento e Estratégia de Produto do grupo FCA, Carlos Eugênio Dutra, “foram quase três anos de desenvolvimento de um projeto que vem sendo considerado o mais importante passo dos últimos anos para a marca Fiat”. O nome Argo vem da mitologia grega e era uma embarcação construída para as aventuras de Jasão e os argonautas. Depois, com a morte de Jasão, a nau virou uma constelação com luz própria, um forte argumento para justificar o batismo do novo hatch como Argo. Carlos Eugênio afirma que trata-se do melhor produto já feito na fábrica de Betim e acrescentou que ele chega para concorrer diretamente com o Chevrolet Onix e Hyundai HB20.

Para isso, os projetistas da Fiat apostaram no design italiano, no equilíbrio das formas e proporções. Na prática, o Argo nos remete a um déjà vu, pois sua parte dianteira tem elementos muito marcantes que lembram o Mobi, como a grade e o desenho dos faróis, além da assinatura com LEDs idêntica à da picape Toro. Visto de lado, o Argo lembra o VW Gol, principalmente no formato da coluna C. E na traseira robusta, o desenho das lanternas e os vincos insinuantes revelam uma influência coreana, entregando certa semelhança com o Hyundai HB20.

Faixa vermelha no painel é exclusiva da versão HGT(foto: Fiat/Divulgação)
Faixa vermelha no painel é exclusiva da versão HGT (foto: Fiat/Divulgação)

Construído sobre a plataforma MP1, que ainda vai gerar um sedã compacto a ser produzido na Argentina, o Argo foi pensado para ser mais leve e seguro. Com 4,0m de comprimento, 2,52m de distância entre-eixos e 1,75m de largura, dimensões semelhantes às do Punto, o hatch chega alardeando seu espaço interno, inclusive no porta-malas, que tem capacidade de 300 litros. A carroceria foi projetada para ser mais leve e proporcionar maior rigidez torcional, com o uso de aços de alta e ultra-resistência. E de acordo com a engenharia da Fiat, o resultado foi um bom desempenho nos testes de colisões frontal e traseira, com o habitáculo sendo preservado.


Além disso, o modelo vai disponibilizar uma série de recursos eletrônicos, como freios ABS com distribuição de frenagem (EBD), controles de tração e estabilidade, auxílio de partida em rampa e direção elétrica com sensor que identifica o torque dado no volante e detecta a necessidade de frenagem. O Argo chega trazendo um pouco do mesmo e algumas novidades, com um bom leque de opções. A Fiat foca na tecnologia, segurança e no design, já que em termos de motorização não há nada de tão novo. A versão HGT 1.8 tem desempenho satisfatório, com boa comunicação entre motor e câmbio manual, mas sem brilho na performance. O carro é equilibrado, na mão, bom de dirigir. Resta saber se vai cair no gosto do consumidor.

 

Versões: preços e conteúdo

 

Argo 1.0 Drive(foto: Fiat/Divulgação)
Argo 1.0 Drive (foto: Fiat/Divulgação)
Argo 1.0 Drive(foto: Fiat/Divulgação)
Argo 1.0 Drive (foto: Fiat/Divulgação)
O sistema multimídia é opcional nesta versão 1.0 Drive(foto: Fiat/Divulgação)
O sistema multimídia é opcional nesta versão 1.0 Drive (foto: Fiat/Divulgação)

1.0 DRIVE A versão de entrada do Argo é a Drive 1.0 com câmbio manual (R$ 46.800). O motor é o três-cilindros de 72cv e 10,4kgfm de torque com gasolina, e 77cv e 10,9kgfm com etanol. Essa versão vem equipada de série com ar-condicionado, rodas de aço de 14 polegadas, sistema Isofix para fixação de assentos infantis, direção elétrica progressiva, trava e vidros dianteiros elétricos, banco do motorista com regulagem de altura, start&stop e pré disposição para rádio.

Argo 1.3 Drive(foto: Fiat/Divulgação)
Argo 1.3 Drive (foto: Fiat/Divulgação)
Argo 1.3 Drive(foto: Fiat/Divulgação)
Argo 1.3 Drive (foto: Fiat/Divulgação)
Volume do porta-malas é de 300 litros(foto: Fiat/Divulgação)
Volume do porta-malas é de 300 litros (foto: Fiat/Divulgação)
Versão 1.3 Drive tem opção de câmbio automatizado de 5 marchas(foto: Fiat/Divulgação)
Versão 1.3 Drive tem opção de câmbio automatizado de 5 marchas (foto: Fiat/Divulgação)

1.3 DRIVE Já a versão Drive 1.3 manual (R$ 53.900) tem motor de 101cv (g)/109cv (e), com torques de 13,7kgfm (g)/14,2kgfm (e), acrescentando na lista de itens de série a central multimídia Uconnect com tela tátil de sete polegadas, volante com comandos de rádio e telefone e a segunda porta USB. A versão Drive 1.3 GSR (R$ 58.900) acrescenta o câmbio automatizado com aletas para trocas de marchas atrás do volante, controlador de velocidade, vidros elétricos traseiros, controles de tração (TC) e estabilidade (ESC), auxílio de partida em rampa (HH) e retrovisor elétrico com tilt down.

Câmbio automático de 6 marchas está disponível nas versões intermediária e topo de linha(foto: Fiat/Divulgação)
Câmbio automático de 6 marchas está disponível nas versões intermediária e topo de linha (foto: Fiat/Divulgação)
Faróis trazem assinatura de LED(foto: Fiat/Divulgação)
Faróis trazem assinatura de LED (foto: Fiat/Divulgação)
Câmera de ré(foto: Fiat/Divulgação)
Câmera de ré (foto: Fiat/Divulgação)
Sistema de informação e entretenimento traz aplicativos(foto: Fiat/Divulgação)
Sistema de informação e entretenimento traz aplicativos (foto: Fiat/Divulgação)

PRECISION A versão Precision manual (R$ 61.800) tem motor 1.8 de 135cv (g)/139cv (e), com torques de 18,8kgfm (g)/19,3kgfm (e), que acrescenta à lista de equipamentos rodas de liga leve de 15 polegadas, assinatura de LED, faróis de neblina, alarme, volante com regulagem de profundidade, banco traseiro bipartido e retrovisores elétricos com tilt down. Tem ainda a versão Precision 1.8 com câmbio automático (R$ 67.800) de seis velocidades, com volante revestido em couro, aletas para trocas de marchas, controlador de velocidade e luzes ambientes.

Argo HGT(foto: Fiat/Divulgação)
Argo HGT (foto: Fiat/Divulgação)
Argo HGT(foto: Fiat/Divulgação)
Argo HGT (foto: Fiat/Divulgação)
Versão HGT tem display de 7 polegadas no painel de instrumentos(foto: Fiat/Divulgação)
Versão HGT tem display de 7 polegadas no painel de instrumentos (foto: Fiat/Divulgação)

HGT A Fiat resgatou a versão HGT, que foi usada no Brava, que agora será a topo de linha do Argo. Com inspiração esportiva, a versão se diferencia pelo acabamento vermelho na grade inferior, spoilers no para-choque, molduras na parte inferior da lateral e nas caixas de roda, ponteira do escapamento cromada, revestimento vermelho no painel e rodas de liga leve com aro de 16 polegadas. De acordo com a Fiat, as suspensões ganharam uma calibração mais esportiva. A versão também oferece opção de câmbio manual (R$ 64.600) e automático (R$ 70.600), com aletas para as trocas de marcha, controlador de velocidade e luzes ambientes. O Argo será o único hatch compacto nacional com rodas de liga leve de 17 polegadas como opcional. Já o teto solar não será oferecido nem como opcional.

Argo Opening Edition Mopar(foto: Fiat/Divulgação)
Argo Opening Edition Mopar (foto: Fiat/Divulgação)
Argo Opening Edition Mopar(foto: Fiat/Divulgação)
Argo Opening Edition Mopar (foto: Fiat/Divulgação)

OPENING EDITION A Fiat preparou uma série especial, limitada a mil unidades, chamada Opening Edition Mopar (R$ 75.200). Baseada na versão HGT 1.8 AT6, a série está disponível somente na cor azul Portofino - conjugada com o teto, retrovisores e aerofólio pintados de preto -, além das rodas de 16 polegadas escurecidas. Por dentro a série oferece protetor das soleiras de porta, tapetes de borracha e carpete e alto-falantes de alta performance.

* Viajou a convite da Fiat

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade