Publicidade

Estado de Minas LANÇAMENTO

Novo SUV da Mitsubishi

Duro é pensar que o Cross em nada lembra o Eclipse do passado


postado em 27/07/2018 09:08


Silhueta nada conservadora com frontal identificado com o estilo global da Mitsubishi (foto: Divulgação)
Silhueta nada conservadora com frontal identificado com o estilo global da Mitsubishi (foto: Divulgação)


O Eclipse Cross, que vai rodar nas lojas da marca nos próximos meses, começa a ser visto pelos fãs do universo 4X4 nas estradas do Brasil. O Flagra de Fabrício Cunha enviado ao Instagram de @jorgemoraes mostra a versão com placa de São Paulo, escondendo as informações do veículo e do fabricante e circulando na região de Uberlândia, MG. A Mitsubishi, silenciosa como sempre, não declara nada aos concessionários mas o filme da campanha publicitária da empresa apresenta para o país o novo crossover lançado em março na cidade de Genebra durante o auto show suíco.

Feito na mesma plataforma do ASX o que se especula no mercado é que naturalmente o Eclipse (que nem de longe lembra o antigo esportivo) poderá ser o sucessor do modelo de três letras. Depende de como vai se comportar o mercado no segmento que mais cresce no Brasil. 
 
 Flagra de Fabrício Cunha enviado ao Instagram de @jorgemoraes (foto: Fabricio Cunha/ Reprodução da Internet )
Flagra de Fabrício Cunha enviado ao Instagram de @jorgemoraes (foto: Fabricio Cunha/ Reprodução da Internet )
 

Bem moderninho, o Eclipse Cross tem uma silhueta nada conservadora com frontal identificado com o estilo global da Mitsubishi (veja que ele herda traços do desenho da grade do Outlander) e atrás não gostei foi desse aerofólio estranho que na foto é diferente do de perto e aí sim dá para perdoar a viagem do projetista. Por dentro, a tela do multimídia é flutuante e a cabine no padrão Mit (simples e direta) será a mais caprichada.

Quanto ao motor existe a opção do 1.5 turbo de 154 cv e 25,4 Kgfm com câmbio CVT ante ao 2.0 que serve ao ASX e ao Outlander por exemplo. Se é melhor ainda não sei mas espero dirigir em breve o carro que precisará amadurecer para respeitar o nome daquele que foi admirado por uma legião de apaixonados pela esportividade do Eclipse nos anos 1990.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade